Welcome to Scribd, the world's digital library. Read, publish, and share books and documents. See more
Download
Standard view
Full view
of .
Look up keyword
Like this
10Activity
0 of .
Results for:
No results containing your search query
P. 1
Simulado II - Perito Criminal Federal - Área 6

Simulado II - Perito Criminal Federal - Área 6

Ratings: (0)|Views: 774|Likes:
Simulado para o concurso de Perito Criminal Federal - Área 6 - Química e Engenharia Química, baseado em concursos anteriores realizados pelo CESPE. Parte básica para todas áreas e parte específica. Para ver a resolução comentada desse e demais simulados, entre em nosso grupo de estudos (é grátis - basta querer participar... rsrs) no link no final do arquivo ou no meu perfil aqui.
Simulado para o concurso de Perito Criminal Federal - Área 6 - Química e Engenharia Química, baseado em concursos anteriores realizados pelo CESPE. Parte básica para todas áreas e parte específica. Para ver a resolução comentada desse e demais simulados, entre em nosso grupo de estudos (é grátis - basta querer participar... rsrs) no link no final do arquivo ou no meu perfil aqui.

More info:

Categories:Types, Research, Science
Published by: Robson Timoteo Damasceno on Sep 03, 2010
Copyright:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

01/15/2013

pdf

text

original

 
 
Simulado II
Concurso da Polícia Federal
Perito Criminal Federal
 –
Área 6
 –
Química / Engenharia Química
Questões baseadas no concurso de 2004 Nacional, realizado pelo CESPE.Elaboração das questões: Robson Timoteo DamascenoBons Estudos e Rumo à ANP!
 
 
Conhecimentos Básicos
Em 30 de julho de 1981 uma mulher foi estuprada e teve seu carro roubado no estadoda Geórgia, EUA. Alguns dias após o crime, Robert Clark foi visto dirigindo o carro da vítima.Foi detido por roubo do veículo. Não foi considerado suspeito do estupro, a princípio, pois nãocoincidia com as características descritas pela vítima. Porém, esta situação logo mudouquando ele não foi convincente ao explicar como teria adquirido o carro. Robert Clark foicondenado por estupro em maio de 1982. Em dezembro de 2003, uma entidade chamadaInnocence Project pediu que fosse realizado teste de DNA no material de Robert Clark e com obanco de dados de perfis genéticos de centenas de milhares de criminosos em todos osEstados Unidos. Resultado da comparação: Robert Clark era inocente. Após 21 anos decadeia, ele finalmente obteve liberdade. O DNA do esperma coletado na vítima coincidia com ode outro criminoso já condenado por violência sexual em 1985, Tony Arnold, e que tinha seuperfil genético armazenado no banco de dados.Esta história é uma das inúmeras que a todo momento surgem em países ondeexistem banco de dados de DNA. Já está na hora de contarmos as nossas histórias.DNA x Criminalidade,
Revista Pericia Criminal
. Ano IX,n. 26, pág. 8, jun2007/abr2008 (com adaptações)Julgue os itens seguintes, de acordo com o texto acima.
1
 –
 
Segundo a opinião de alguns gramáticos, na primeira linha do texto a expressão “Em30 de julho de 1981” deveria nece
ssariamente vir seguida de vírgula, assim como ocorre
com as expressões “alguns dias após o crime” (linha 2) e “em dezembro de 2003” (linha
6).2
 –
 
O autor comete um erro gramatical no uso da expressão “a princípio”, pois o corretoé utilizar “em princípio”.
3 - Preservam-
se a correção gramatical e a coerência do texto ao se substituir “não foiconsiderado” por “não consideraram
-
no”.
4
 –
R
espeitaria as regras gramaticais, mas provocaria ambigüidade a substituição de “ocarro da vítima” por “o seu carro”.
 
5
 –
Depreende-se do texto que o Brasil não possui um banco de dados de DNA.6
 –
 
Em “seu perfil”, temos um pronome possessivo, “seu”, usado em referência a Tony
Arnold.7
 –
 
A supressão do conectivo “e” em “e que tinha seu perfil” não prejudica a correção
gramatical do texto.8
 –
O dois-
pontos que precede “Robert Clark era inocente” pode ser substituído por um
travessão.
 
9
 –
 
No trecho “pediu que fosse realizado teste de DNA”, o “que” exerce função de
pronome relativo.10
 –
No
trecho “países onde existem banco de dados”, “onde” pode ser corretamentesubstituído por “no qual”.
 
Julgue os próximos itens, contendo trechos extraídos de um texto, como certos ou errados, deacordo com as regras ortográficas.
11 - Neste Dia de Portugal saudo a todos os portugueses.12 - Esta é uma data festiva, em que Portugal se reencontra consigo mesmo paracelebrar à memória do seu Poeta maior e para saudar as comunidades portuguesasespalhadas pelo mundo.13 - Não é preciso explicar, o motivo pelo qual foi escolhido o Porto como cidade anfitriãdas primeiras comemorações do 10 de Junho do meu mandato presidencial.14 - Daqui houve nome Portugal. E daqui sempre houve o que de melhor existe naportugalidade: uma vontade granítica de triunfar, uma frontalidade orgulhosa e leal, aindomável ambição de ser maior. Aqui, nesta cidade do Porto, na alma livre das suasgentes de trabalho e de palavra, residem os valores mais perenes do País que hojecelebramos.15 - O 10 de Junho é a ocasião mais propícia para Portugal se pensar como futuro. Nãocomemoremos esta efeméride como um ritual passadista em que se exaltamnacionalismos cujo o sentido foi perdido em nosso tempo.16 - E também não vejamos no 10 de Junho o mero pretesto para uma comemoraçãoque, de tão repetida, corre o risco de se esvaziar de sentido.
Discurso do Presidente de Portugal,
Solenidade de comemoração do Dia de Portugal,de Camões e das Comunidades Portuguesas,
2006
 
Acerca do Direito Administrativo julgue os itens a seguir.
17
 –
Cargo é o conjunto de atribuições que a Administração confere a cada categoriaprofissional ou comete individualmente a servidores para a execução de serviçoseventuais.18
 –
A Constituição Federal de 1988 estabelece expressamente 5 princípios básicos paraa Administração: legalidade, impessoalidade, moralidade, publicidade e eficiência.
Julgue os próximos itens sobre o Direito Penal e Processual Penal.
19
 –
O infanticídio é um exemplo de um crime impróprio.20
 –
Luis agrediu sua esposa Ana. Neste caso, Luis é o sujeito ativo da infração penal eAna é o sujeito passivo formal.21
 –
Durante uma caçada Apolo atirou no que pensava ser uma onça, mas atingiu Leona,que estava também caçando naquela região e veio a falecer posteriormente por contadisto. Neste caso, Apolo cometeu um erro de tipo, que exclui o dolo e a punição porcrime culposo.22
 –
Constitui crime contra a ordem tributária suprimir ou reduzir tributo negando oudeixando de fornecer nota fiscal obrigatória. A pena neste caso é de reclusão de 2 a 5anos e multa.

Activity (10)

You've already reviewed this. Edit your review.
1 thousand reads
1 hundred reads
Daniele Mendes liked this
Paulo Senna liked this
Fabio Asano liked this
Márcio Barradas liked this
Roberto Betob liked this
Rcchacal liked this
Vitor Gabriel liked this

You're Reading a Free Preview

Download
scribd
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->