Welcome to Scribd, the world's digital library. Read, publish, and share books and documents. See more
Download
Standard view
Full view
of .
Save to My Library
Look up keyword
Like this
12Activity
0 of .
Results for:
No results containing your search query
P. 1
FÍSICO-QUÍMICA

FÍSICO-QUÍMICA

Ratings: (0)|Views: 1,069 |Likes:
Published by Rosevania
FÍSICO-QUÍMICA I - Termodinâmica
Respostas às questões propostas
Trabalho está relacionado com o deslocamento de massas observado nas vizinhanças quando ocorre uma transformação física ou química ocorre em um sistema previamente definido.
FÍSICO-QUÍMICA I - Termodinâmica
Respostas às questões propostas
Trabalho está relacionado com o deslocamento de massas observado nas vizinhanças quando ocorre uma transformação física ou química ocorre em um sistema previamente definido.

More info:

Categories:Types, School Work
Published by: Rosevania on Sep 04, 2010
Copyright:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as DOC, PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

04/17/2013

pdf

text

original

 
FÍSICO-QUÍMICA I
- Termodinâmica
Respostas às questões propostas
 Trabalho está relacionado com o deslocamento de massasobservado nasvizinhançasquando ocorre uma transformação físicaou química ocorre em umsistemapreviamente definido.
Questão 1:
O que é uma transformação termodinâmica cíclica?Uma transformação termodinâmica cíclica é processo onde há umaseqüênciade transformações termodinâmicas intermediárias envolvendovariações natemperatura e/ou pressão e/ou volume e/ou quantidade de matériade um sistematermodinâmico bem definido e que, ao final da seqüência detransformações, osistema termodinâmico é restaurado às suas condições iniciais detemperatura
,pressão
 p
, volume
e quantidade de matéria
n
. Resumidamente,para o sistematermodinâmico sofrendo uma seqüência de transformações, umatransformaçãocíclica implica em
(final) =
(inicial),
(final) =
(inicial),
 p
(final) =
 p
(inicial),
n
(final) =
n
(inicial) para o sistema. A Figura 1 abaixo, representadaem um diagramaindicador (um gráfico da pressão
 p
em função da temperatura
),ilustra duastransformações cíclicas realizadas em um sistema termodinâmico.Figura 1. Dois exemplos de transformações termodinâmicas cíclicas.As condições iniciais (
 p
i,
i) de pressão e temperatura dos sistemastermodinâmicos, nesses dois exemplos, estão indicados nosrespectivos diagramas indicadores.
 
Note que o efeito de uma transformação cíclica ocorrido em umsistematermodinâmico produz, em geral, nas suas vizinhanças efeitos detrabalho
ciclo
ecalor
Q
ciclo
diferentes de zero,
ciclo
0 e
Q
ciclo
0. Portanto, comrespeito à posiçãorelativa de massas (efeitos de trabalho) e/ou temperatura (efeitos decalor), asvizinhanças não são restauradas às suas condições iniciais após aseqüência deeventos que resultaram em uma transformação cíclica em umsistema termodinâmico.
(
 p
i,
i)(
 p
i,
i)
Questão 2:OBTENHA
a equação para o cálculo do trabalho de expansãocompressão reversívele isotérmico para o gás hidrogênio, considerando-o como um gás devan der Waals.Solução:A expressão geral para o cálculo do trabalho
exp/comp
deexpansão/compressãode um fluído é dado por,
exp/comp
=
c
 p
op
dV 
[eq.1]Onde
 p
op
é a pressão de oposição sofrida pelo fluído,
dV 
a variaçãoinfinitesimal deseu volume, causado pela ação da pressão de oposição, e aintegração é sobre todosos valores de volumes que o sistema assume ao percorrer umcaminho especificado“C” cujos extremos inicial e final são os volumes inicial
i
e final,
.De acordo com o problema proposto, queremos para o cálculo dotrabalho deexpansão/compressão de um gás por um caminho “C” reversível eisotérmico. Porreversível, mantemos a pressão de oposição
 p
op
submetida ao gáscomo a pressãoinstantânea
 p
gás
que este gás exerce sobre a parede do recipienteque o contém,durante todo o tempo que for necessário para a transformaçãoocorrer. Isto implicaem
 p
op
=
 p
gás
. Admitido que o gás comporte-se como um gás de Vander Waals, temosque
 p
gás
 p
=
RT 
/(
m
b
)
a
/
m
2
. [eq.2]
 
Acima, para o gás hidrogênio, H
2
, as suas constantes de Van derWaals são
a
=0,2420 atm dm
6
mol
2
e
b
=2,65
10
2
dm
3
mol
1
,ver Tabela 6.3 da aula 6.Para prosseguir, levamos a expressão da pressão de oposição daeq.2 na eq. 1do trabalho, integramos, e obtemos:
exp/comp
=
c
 p
op
dV 
=
c
[
nRT 
/(
m
b
)
a
/
m
2
]
dV 
m
=
nRT 
[
dV 
m
/(
m
b
)
a
dV 
m
/
m
2
]
exp/comp
=
nRT 
{
ln
[(
m,f 
b
)/(
m,i
b
)]
+
a
(
m,f 
m,i
) }Note que o número de mol
n
surge na igualdade da segunda linhapela substituiçãodo elemento de volume
dV 
, presente na eq.1, pelo requeridoelemento de volumemolar
dV 
m
. Para essa transformação, a igualdade
n dV 
m
=n d 
(
/
n
) = (
n
/
n
)
dV 
=
dV 
,foi utilizada.As integrais presentes na expressão acima foram resolvidasutilizando osresultados conhecidos (ver Cálculo II):
dx 
/
 x 
=
ln
(
 x 
) + const. [integral indefinida];
ab
dx 
/
 x 
=
ln
(b/a) [integral definida]
dx 
/
 x 
2
=
(1/
 x 
) + const. [integral indefinida];
ab
dx 
/
 x 
2
=
(1/b
1/a) [integral definida]
Questão 3
:Resolva os exercícios
7.3, 7.4, 7.5
Exercício 7.3
: Considere um sistema constituído de 2 mol de umgás ideal,inicialmente a 25°C e 1 atm. O sistema sofre uma expansãoisotérmica em umaúnica etapa até dobrar de volume. Faça o que se pede.(a)
CALCULE
o trabalho envolvido nessa transformação se a pressãode oposiçãonas vizinhanças for de 0,5 atm.Solução:Inicialmente, para 2 mols de um gás ideal à temperatura de 298 K (correspondente a 25
o
C) pressão de 1 atm, temos um volume
ocupado de:
=
nRT 
/
 p,
ou
= (2 mol)
(0,0820574 atm L mol
1
1
)
(298 K)/(1 atm)
= 48,91 L

Activity (12)

You've already reviewed this. Edit your review.
1 hundred reads
1 thousand reads
Nathalia Mattos liked this
8077719 liked this
Sabrina Neves liked this
Elinei Almeida liked this
gabrielaqmc liked this
Letícia David liked this
Carla Meireles liked this

You're Reading a Free Preview

Download
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->