Welcome to Scribd, the world's digital library. Read, publish, and share books and documents. See more
Download
Standard view
Full view
of .
Look up keyword
Like this
5Activity
0 of .
Results for:
No results containing your search query
P. 1
Simulado IV - Perito Criminal Federal - Área 6

Simulado IV - Perito Criminal Federal - Área 6

Ratings: (0)|Views: 270|Likes:
Simulado para o concurso de Perito Criminal Federal - Área 6 - Química e Engenharia Química, baseado em concursos anteriores realizados pelo CESPE. Parte básica para todas áreas e parte específica. Para ver a resolução comentada desse e demais simulados, entre em nosso grupo de estudos (é grátis - basta querer participar... rsrs) no link no final do arquivo ou no meu perfil aqui.
Simulado para o concurso de Perito Criminal Federal - Área 6 - Química e Engenharia Química, baseado em concursos anteriores realizados pelo CESPE. Parte básica para todas áreas e parte específica. Para ver a resolução comentada desse e demais simulados, entre em nosso grupo de estudos (é grátis - basta querer participar... rsrs) no link no final do arquivo ou no meu perfil aqui.

More info:

Categories:Types, Research, Science
Published by: Robson Timoteo Damasceno on Sep 10, 2010
Copyright:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

02/26/2011

pdf

text

original

 
 
Simulado IV
Concurso da Polícia Federal
Perito Criminal Federal
 –
Área 6
 –
Química / Engenharia Química
Questões baseadas no concurso de 2004 Nacional, realizado pelo CESPE.Elaboração das questões: Robson Timoteo DamascenoBons Estudos e Rumo à ANP!
 
 
Conhecimentos Básicos
A química nos primórdios era grandemente relacionada à medicina e à ciência demateriais. O conhecimento era baseado em experimentos e experiência e era passado parauns poucos escolhidos. Utilizavam-se produtos naturais para tratamentos e pela experiência seaprendia o que funcionava e o que não funcionava, mas não havia entendimento das leisnaturais (isto é, a ciência) para agir como guia. Os gregos foram os primeiros a estabelecer aideia de ciência como um sistema ou método de conhecer o mundo.Os gregos podem ter formulado a ideia de ciência, mas foram os práticos romanos queformularam os primeiros elementos essenciais da ciência forense. Um dos crimes maiscomuns, temidos e difíceis de detectar na antiguidade era o envenenamento. Os romanosestabeleceram leis contra o envenenamento e estabeleciam métodos para julgar estes casos.
A palavra “forense” é ligada a palavra latina “fórum”, lugar onde os romanos conduziam
negócios e procedimentos legais. Falar no fórum era falar ao público a verdade, uma boadescrição para os objetivos da ciência forense.Julgue os seguintes itens, a respeito da organização de ideias e de acordo com as ideiascontidas no texto acima.
1
 –
 
Tanto o uso da preposição “em” (linha 1) quanto sua substituição por “de” atendem
às regras gramaticais, mas a preposição usada no texto realça a ideia de tempo.2
 –
Preservam-se as relações de coerência e a correção gramatical do texto ao se inserir
a preposição “de” após “utilizava
m-
se” (linha 3).
 3
 –
Como no primeiro parágrafo, os parênteses demarcam a inserção de umainformação, a sua substituição por duplo travessão preservaria a coerência e a correçãodo texto.4
 –
 
O sinal de crase em “relacionada à medicina” e em “à ciência de materiais” indicaque “relacionadas” tem complemento regido pela preposição “a”.
 5
 –
 
A substituição da forma verbal “formularam” (linha 8) por “formulariam” manteria a
correção gramatical do texto.6
 –
 
Na linha 11, ao se substituir “negócios e procedimentos legais”
 
por “interrogatório” aforma verbal “conduziam” deve necessariamente ir para o singular “conduzia”.
 7
 –
 
O autor do texto considera a palavra “forense” adequada, dada sua origem que
remonta ao objetivo principal da ciência que leva este adjetivo.
 
8
 –
Ciência pode ser definida como o entendimento das leis naturais.9
 –
Preserva-
se a correção gramatical ao se substituir “ciência de materiais” por “ciências”.
 10
 –
Depreende-se do texto que os gregos não eram práticos.
 
 
11
 –
Manter-se-
ia a coerência do texto, caso se substituísse “primórdios” por “exórdios”.
 
Julgue os próximos itens, parte de um texto maior, quanto à correção gramatical.
12
 –
A Química Forense existe onde a ciência e a Lei se sobrepõe.13 - Você poderia pensar que o casamento entre lei e ciência é fácil e natural, masfreqüentemente não é assim.14 - A percepção geral é de que a ciência e o sistema judicial existem para procurar àverdade, mas esta é uma descrição incompleta.15
 –
A intersecção entre ciência e lei é o objetivo principal de ciências forenses, como aquímica forense, por exemplo.16
 –
O químico forense necessita adquirir grandes conhecimentos nas diversas áreas daquímica para exercer sua profissão.
Acerca do direito administrativo, julgue o item a seguir.
17 - Criadas mediante autorização legal sob a forma de sociedade anônima, associedades de economia mista integram a administração indireta do Estado.
Em cada um dos itens que se segue é apresentada uma situação hipotética, seguida de umaassertiva a ser julgada.
18
 –
Ângelo foi vítima de um acidente envolvendo carro policial. Neste caso em questão,a responsabilidade civil do Estado poderá ser afastada se comprovada a culpa exclusivada vítima, ou mitigada a reparação na hipótese de concorrência de culpa.19
 –
Ricardo, capaz e imputável, durante uma discussão com Flávio se irrita e o acertacom um soco. Devido ao soco, Flávio se desequilibra e ao cair acerta a cabeça, vindo afalecer. Neste caso Ricardo teve uma conduta de crime culposo.20
 –
Luisinho pratica a conduta X. Sem desejar, porém assumindo o risco, tendomentalmente antevisto o resultado danifica o patrimônio de Robson. A conduta deLuisinho, no aspecto subjetivo, identifica culpa consciente.21
 –
Renata contrai matrimônio com Roberto, inconsciente, porém, de que este já eracasado. Neste caso, a conduta de Renata constitui erro de proibição.22
 –
Fifi proferiu ofensas pesadas contra Laila, funcionária do banco X, por conta de suademora no atendimento, enquanto conversava com Ovídia no banheiro feminino dobanco. Configura-se um caso típico de desacato ao funcionário público.23
 –
João foi preso em flagrante por prática de crime contra o patrimônio. Neste caso oinquérito deve terminar no prazo de dez dias.24
 –
Cebola, menor de idade, foi indiciado por crime de furto. Diante disto, é dever daautoridade policial lhe nomear curador.25
 –
Mateus está sendo processado por supostamente ter envenenado a comida norestaurante de um concorrente. Durante o curso do processo judicial é permitido aMateus indicar assistente técnico para a perícia, sendo que este pode vir a ser inquiridoem audiência.26
 –
Daniel é réu preso e precisa se interrogado pelo juiz. Obrigatoriamente, Daniel devecomparecer pessoalmente perante a autoridade judiciária, sendo o interrogatóriorealizado em sala própria no estabelecimento em que estiver recolhido.
 

Activity (5)

You've already reviewed this. Edit your review.
1 thousand reads
1 hundred reads
Leandro Sal liked this
Vitor Gabriel liked this

You're Reading a Free Preview

Download
scribd
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->