Welcome to Scribd, the world's digital library. Read, publish, and share books and documents. See more
Download
Standard view
Full view
of .
Look up keyword
Like this
4Activity
0 of .
Results for:
No results containing your search query
P. 1
Programa Homospiritualis de Diversidade Religiosa e Cultura de Paz

Programa Homospiritualis de Diversidade Religiosa e Cultura de Paz

Ratings: (0)|Views: 222|Likes:
texto da comunicação divulgando a experiência do Programa Homospiritualis com a diversidade religiosa e desabrochar do Homo spiritualis, o ser humanizado que se caracteriza pelo predomínio do imaginário dramático e vivencia um processo de (re)envolvimento com sua alma, com seu corpo, com a natureza e com a comunidade local.
texto da comunicação divulgando a experiência do Programa Homospiritualis com a diversidade religiosa e desabrochar do Homo spiritualis, o ser humanizado que se caracteriza pelo predomínio do imaginário dramático e vivencia um processo de (re)envolvimento com sua alma, com seu corpo, com a natureza e com a comunidade local.

More info:

Categories:Types, Research
Copyright:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

01/04/2015

pdf

text

original

 
 
LISBOA | 9 a 13 de maio de 2015 - Religiões, Humanidades, Sociedades
 
PROGRAMA HOMOSPIRITUALIS DE DIVERSIDADE RELIGIOSA E CULTURA DE PAZ: HISTÓRICO E PERSPECTIVAS
Adilson Marques
 – 
 Pesquisador no grupo de pesquisa Resiliência, Copig e Gerenciamento do Stress, da UFSCar, e voluntário na ONG Círculo de São Francisco
1
 
Resumo
 
Criado ano 2000, na cidade de São Carlos/SP, o Programa Homospiritualis possui três eixos de atuação socioeducativa, entre eles
o “Diversidade Religiosa e Cultura de Paz”
 que, anualmente, organiza vários eventos, entre eles, o
 Fórum Permanente de Educação, Cultura de Paz e Tolerância Religiosa.
Desde 2010 coordena um movimento social visando criar no município um Conselho Municipal da Diversidade Religiosa e, em 2014, criou o Observatório Social da Liberdade Religiosa em São Carlos.
 
O Programa Homospiritualis se fundamenta na Antropolitica do (re)envolvimento humano e promove a Animagogia, uma proposta educativa que visa despertar o
 Homo spiritualis
. Na perspectiva durandiana, encontramos evidências que remetem este trabalho às estruturas do imaginário dramático, tendo, em Hermes, um dos seus mitos diretores. Palavras chaves: diversidade religiosa, arquétipos, imaginário, Homo spiritualis
Summary
Created in September 2000, in the city of São Carlos / SP, the
 Homospiritualis Program
 has three areas of socio-cultural and educational activities, highlighting the "Religious Diversity and Culture of Peace". In 14 years of activity, organizes the
 Permanent Forum on Education, Culture of Peace and Religious Tolerance
. The
 Homospiritualis Program
 also coordinates a social movement to create the Council of Religious Diversity
and in 2014 created the Social Observatory of the Religious Freedom in San Carlos  Homospirituais Program
 promotes Animagogia and, according to the concept of Gilbert Durand,
 Homospiritualis Program
 expresses the dramatic imaginary and has the myth of Hermes one of its main archetypes. Keyword: religious diversity, archetypes, imaginary,
 Homo spiritualis
 
Apresentação
Em setembro do ano 2000, um pequeno grupo de espiritualistas criou o Projeto Homospiritualis para trabalhar com Cultura de Paz, Espiritualidade e Diversidade Religiosa na cidade de São Carlos. O objetivo do projeto era atuar durante a década da Cultura de Paz (2001/2010),
1
 Doutor em Educação (USP). E-mail: asamar_sc@hotmail.com
 
 proposta pela UNESCO. Em março de 2003, o Projeto passou a ser administrado e mantido pela ONG Círculo de São Francisco, criada para colocar em prática a Antropolítica do (re)envolvimento humano, cujo pressuposto básico é que o mundo moderno se insurgiu contra o envolvimento predominante na relação sociedade/natureza, destruindo, praticamente, todos os vínculos comunitários, sociais, religiosos e ambientais próprios das sociedades primitivas, instituindo o que Eliade chamou de
 Homo profanus
. A Antropolitica do (re)envolvimento humano propõe um estilo de vida mais orgânico, capaz de respeitar os ciclos da natureza e revitalizar os laços comunitários, além de tratar o corpo com mais atenção e respeito, seja através de alimentos saudáveis, de partos humanizados etc., e redescobrir, sem dogmatismo ou fanatismo, nossa dimensão espiritual ou transcendental, o
 Homo spiritualis
. o Projeto Homospiritualis, entre os anos de 2001 e 2010 organizou 10 edições do Encontro Ecumênico de Educação e Cultura para a Paz, abordando vários temas como o Budismo, a Baghavad Gita, a Oração de São Francisco, o Evangelho de Tomé, o Espiritismo, a Umbanda, entre outros. Além deste encontro, em 2007, o Projeto Homospiritualis passou a organizar as Jornadas de Saúde e Espiritualidade (anos ímpares) e também as de Educação e Espiritualidade (anos pares) e, em 2010, criou o Fórum Permanente de Educação, Cultura de Paz e Tolerância Religiosa, que começa no dia 21 de janeiro, considerado como Dia Nacional de Combate à Intolerância Religiosa, e se encerra no dia 30 de janeiro, Dia da Não-violência, segundo a ONU, em homenagem à Mahatma Gandhi, assassinado em 1948. Com o término da Década da Cultura de Paz, em 2010, o Projeto Homospiritualis foi encerrado e suas atividades paralisadas, com exceção do Fórum. Porém, em meados de 2012, ele foi reiniciado, transformando-se em um programa permanente da ONG Círculo de São Francisco,  passando a se chamar Programa Homospiritualis de Cultura de Paz, Diversidade Religiosa e Saúde Integral, com três eixos de atuação, entre eles, o Programa Homospiritualis de Diversidade Religiosa e Cultura de Paz, objeto desta comunicação, e que, além de assumir a responsabilidade pela organização do Fórum salientado acima, tem em seu plano de trabalho para os anos de 2013 e 2015, as seguintes metas: 1
 – 
 difundir e trabalhar pela implantação das propostas aprovadas no Manifesto pela Paz e  pela Tolerância Religiosa em São Carlos; 2 - atuar pela criação de um Centro Municipal de Cultura de Paz e Direitos Humanos na cidade de São Carlos; 3
 – 
 criar o Coletivo Empreendedores da Paz, a fim de mapear as organizações que trabalham com os valores da Cultura de Paz no município, ajudando a dar mais visibilidade a elas. 4
 – 
 criar o Observatório Social da Liberdade Religiosa em São Carlos. 5
 – 
 Difundir a Animagogia enquanto um instrumento de educação para a paz e desabrochar do
 Homo spiritualis
.
 
 Nestes 14 anos de atividade, vários indícios apontam para a valorização do
imaginário dramático
 na essência do Programa Homospiritualis, lembrando que, na perspectiva do antropólogo francês Gilbert Durand, há no
 sapiens
 três forças dinâmicas que formam as bases arquetípicas de todo o pensamento e de toda a ação que manifestamos no mundo fenomênico. Assim, seria por intermédio do imaginário que o
 sapiens
 encontra equilíbrio antropológico para enfrentar ou diluir a angústia em relação ao tempo que passa e em relação à consciência da própria morte. Em suma, nossa forma de  pensar, sentir e agir manifesta sempre o nosso relacionamento com a lâmina da foice de Cronos, da qual, mais cedo ou mais tarde, todos nós iremos sentir o sabor. Essas três bases arquetípicas, portanto, universais e encontradas em todos os povos ou culturas, receberam as seguintes denominações: estruturas
“heroica”
,
mística
 e
dramática
. A estrutura heroica do imaginário é aquela que se caracteriza, sobretudo, pelo combate, pela dissociação,  pelo enfrentamento. É a estrutura da discriminação, tanto positiva como negativa. Essa estrutura  parece ser a predominante no mundo moderno e contemporâneo, sobretudo no Ocidente, influenciando significativamente nossa linguagem, seja ela a banal ou a acadêmica. O conflito ou a separação aparece, frequentemente, em palavras-chave da modernidade, seja nas expressões dos militantes políticos (lutar, combater etc.) ou na dos esportistas (adversário, meta, defesa, ataque etc.). Não é sem razão que a hipertrofia da estrutura heroica em nossa psique leva a uma militarização do mundo e, como apontam alguns psicólogos de linha pós-junguiana, como James Hillman, para uma naturalização da esquizofrenia como norma de comportamento, uma vez que a dissociação é sua força motriz. Podemos encontrar também a estrutura heroica do imaginário manifestando-se fortemente por intermédio do chamado paradigma cartesiano, cuja característica é a separação dos objetos em diferentes reinos ou dicotomias (corpo e mente, natureza e cultura, entre outros). O ativismo desenfreado e pouco imaginativo do Ocidente ou sua obsessão pela grandeza é interpretado por James Hillman como uma forma de enfrentamento e não aceitação da morte, das emoções e da natureza. Por outro lado, segundo Durand, a estrutura mística do imaginário é aquela que se caracteriza  pela união, pela mistura, pelo envolvimento. Não é à toa também que essa estrutura do imaginário  predomina nas culturas orientais, de onde surgem expressões como YOGA (palavra do idioma sânscrito que significa integração), REIKI (expressão japonesa que significa união da
energia cósmica
 com a
“energia
vital
) e outras que procuram considerar não mais a existência de dicotomias, mas sim de uma única realidade. Essa estrutura do imaginário também tende a predominar nas culturas não-modernas e esteve fortemente presente nas sociedades matriarcais. No plano linguístico encontramos, por exemplo, outras metáforas se manifestando: é o tecer, o abraçar, o envolver que costumam ser expressos com mais ênfase quando há o predomínio dessa estrutura. No  plano científico, essa estrutura do imaginário se manifesta com mais profundidade naqueles que defendem o chamado paradigma holístico.

Activity (4)

You've already reviewed this. Edit your review.
1 thousand reads
1 hundred reads
o trabalho será apresentando de 11 a 14 de outubro em Buenos Aires.

You're Reading a Free Preview

Download
scribd
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->