Welcome to Scribd, the world's digital library. Read, publish, and share books and documents. See more
Download
Standard view
Full view
of .
Look up keyword
Like this
3Activity
0 of .
Results for:
No results containing your search query
P. 1
Revista Cultural Novitas Nº 7

Revista Cultural Novitas Nº 7

Ratings: (0)|Views: 105|Likes:
Published by Editora Novitas
Participantes dessa edição:

Editorial: David Nobrega
Entrevistas: David Coimbra e Luiz Américo
Resenha Literária: Andrea Lúcia Barros
Opinião: Desapego pelo teu - Letícia Losekann Coelho
Música: Makely Ka
O tempo da espera: Daniela Blanco
Poesias: Flávia Braun, Cristiano Melo, Lú Martins, Flávia Brito, Thiago Azevedo, Sylvia Beirute, Monica Saraiva, Kiara Guedes e Bruno Bossolan.
A artista: Van Luchiari
Contos e crônicas: Álisson da Hora, Tâmara Lopes, Talita Prates, Van Luchiari, André Salviano, Flávia Queiroz, Marcelo Soriano e Tatiana Cavalcanti.
Repensando Propostas: Álisson da Hora
Literatura Contemporânea: Gerana Damulakis
Participantes dessa edição:

Editorial: David Nobrega
Entrevistas: David Coimbra e Luiz Américo
Resenha Literária: Andrea Lúcia Barros
Opinião: Desapego pelo teu - Letícia Losekann Coelho
Música: Makely Ka
O tempo da espera: Daniela Blanco
Poesias: Flávia Braun, Cristiano Melo, Lú Martins, Flávia Brito, Thiago Azevedo, Sylvia Beirute, Monica Saraiva, Kiara Guedes e Bruno Bossolan.
A artista: Van Luchiari
Contos e crônicas: Álisson da Hora, Tâmara Lopes, Talita Prates, Van Luchiari, André Salviano, Flávia Queiroz, Marcelo Soriano e Tatiana Cavalcanti.
Repensando Propostas: Álisson da Hora
Literatura Contemporânea: Gerana Damulakis

More info:

Published by: Editora Novitas on Sep 27, 2010
Copyright:Attribution Non-commercial Share Alike

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

02/01/2013

pdf

text

original

 
[1] — setembro de 2010 — revista cultural novitas nº 7
 
r
evista cultural novitas nº 7 — setembro de 2010 — [2]
Revista CulturalNovitas
Ano II Número VIISetembro de 2010
 
Esta é uma publicação da Editora Novitas emperiodicidade bimestral, distribuída em formaeletrônica e gratuita.Todos os textos, imagens ou qualqueroutra forma de manifestação aqui publicadosforam devidamente solicitados a seus autores, queautorizaram sua utilização por meio de mensagemeletrônica.Imagens não creditadas a outros sãode autoria de David Nobrega, excluindo-se aquelasque sejam relativas aos autores de artigos e dealguma maneira ligada aos entrevistados (imagenspessoais ou de suas obras).
 
Editores:
Letícia Losekann CoelhoDavid Fordiani Nóbrega
Isento de registro ISBN, conforme instruçãoda Biblioteca Nacional.
Editorial
Pois bem, chegamos ao segundo ano de nossa revista. E comlouvor, já que os leitores só aumentam. Bom sinal, minha gente. Aospoucos, sem pressa, vamos acostumando mais e mais pessoas a exercero maior direito do ser humano: usar o cérebro. Sim, pois aqui não seencontra somentes poesias embargadas de sentimentos e sorimentos,ou contos vampirescos. Entrevistas e artigos são uma ótima maneirade ensinar a pensar.Esta edição do que há, nada alta. Mais um ícone da músicapopular brasileira, imerecidamente não lembrado quando dasdiscussões que vemos por aí, o grande Luiz Américo, nos concedeuuma ótima entrevista. E temos música nova e de extrema qualidadecom Makely Ka, em texto genial do jornalista Marcelo Dolabela. NaLiteratura há David Coimbra — nossa primeira entrevista presencial—, que embora se acredite regional, tem ases na manga para maisde um Brasil. Há Van Luchiari, nossa nova autora embora velhaconhecida. E mais artigos, resenhas (inclusive de meu livro “Contosque ninguém conta”), crônicas, contos, poesias. Enim, precisamosaumentar de 20 para 29 páginas, pois com tanto conteúdo dequalidade não houve como cortar algo.Na capa, para quem não sabe, há o símbolo de Libra.Eu sabia disso? Não, mas a sempre presente astrólogaMadalena, também @oiodavida no twitter, me elucidou e veio acalhar. Libra, segundo ela, “ala da busca de equilíbrio da Natureza,renovação de ciclos, um período intermediário onde cada ser(...)” —na íntegra, leia em iodavida.blogspot.com — e acredito pertinentepara o momento que vivemos.Mesmo não sendo este o melhor de lugar para de se tocar emassunto político vale lembrar que, gostando ou não, você terá queescolher quem comandará o país durante os próximos anos. Assim,use Libra ( Veja que interessante, a revista sai sob o signo librianoe esta é a sétima edição. Coincidências...) e mantenha o equilíbrio.Estude. Com tantos escândalos, impossível ser conivente com acorrupção que grassa nosso erário, enriquecendo quem se diz patriota.Não vá pelas cartilhas partidárias, mas use o cérebro, como disse lá noprimeiro parágrao. Tudo bem, você é daqueles que não acredita em Astrologianem em Política? Não há problema... Apenas pense que muita genteque é descrente da vida precisa que você, que tem poder de voto, açauso dele com sabedoria.Pelo bem de todos nós, povo...
David Nobrega
 
[3] — setembro de 2010 — revista cultural novitas nº 7
Editora Novitas: Como é ver os teuslivros virarem peça de teatro (“Saltosde Scarpin”, baseada em “Jogo deDamas” e “Mulheres”)? Tu pensas emescrever roteiro? 
David Coimbra:
O José Pedro que estáazendo um lme sobre meu romance
“Canibais” 
queria que eu escrevesseo roteiro mas dai eu pensei: “Pô, vouescrever o roteiro sobre um troço queeu já escrevi, né?”. Achei demais. Derepente, se der vontade algum dia, seilá....Agora ver a peça assim,como quando eu vi pela primeira vezencenada, oi interessante, divertido,porque é outra linguagem, outra ormade comunicação. Não pode esperar queaquilo que tu escreveu seja parecidocom aquilo que está sendo encenado.Outra orma de se expressar, outralinguagem. E achei divertido, gostei.Esquisito, mas tu vê aquilo que tuescreveu e ca assim: “ Bah! Eu escreviisso!”
 N: Não dá um certo ciúme de ver tuas personagens por assim dizer na mão deoutras pessoas? 
DC:
Não, não chega a isso. Claro quemudaram um monte de coisas e tal.Eu resisto à tentação de car pensando“Ah, poderia car melhor”, porque daiseria de meu jeito.
 N: Aí o roteiro teria que ser teu...
DC:
Sim, claro, assim como a direçãoe outras coisas. Achei bacana, a gentenão pode ter esse tipo de apego. É amesma coisa aqui no jornal, que eusempre digo que tem editor que quermudar tudo que o repórter az, porquequer azer do jeito dele. Mas tem coisasque não precisam ser reeitas, não é?
 N: Alguns escritores gaúchos, principalmente iniciantes, temuma visão de que precisa sair doRS para azer sucesso. Apesar desse pensamento, se ormos vericar a listados mais lidos (com raras exceções),todos são gaúchos: Scliar, Martha Medeiros, Lya Luf, Carpinejar eteus próprios livros. Aqui no RS oque nos parece é que existem ilhas decultura, que não se misturam. Então alta alguma coisa, porque no nal das contas aqui é um grande centrocultural...
DC:
É assim: precisa e não precisa siardaqui. Porque se você não é lido emSão Paulo, você ca restrito a este
Diretor executivo de esportes e colunista do jornal Zero Hora além de comentarista da TVCOMe escritor. Participa do programa Pretinho básico, na rádio Atlântida. É autor de mais de 10 títulos e já ganhou diversos prêmios literários e jornalísticos.Simpático e inteligente, passeia pelos mais diversos assuntos entre seus livros e suas crônicas.Perfeccionista, trabalha em cada texto como se fosse o melhor de sua vida além de pesquisarmuito para escrever.Escreve regularmente no blog http://ht.ly/2BLMF (ClicRBS)Não escreve no twitter, porém há um
fake 
autorizado com a conta @DdCoimbra.

You're Reading a Free Preview

Download
scribd
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->