Welcome to Scribd, the world's digital library. Read, publish, and share books and documents. See more
Download
Standard view
Full view
of .
Look up keyword
Like this
104Activity
0 of .
Results for:
No results containing your search query
P. 1
SEXUALIDADE INFANTIL - www.educacaoevariedades.blogspot.com

SEXUALIDADE INFANTIL - www.educacaoevariedades.blogspot.com

Ratings:

4.78

(9)
|Views: 27,597 |Likes:
Published by educacaoevariedades
SEXUALIDADE INFANTIL
Rozalina Cássia de Andrade Ruas Costa
www.educacaoevariedades.blogspot.com
SEXUALIDADE INFANTIL
Rozalina Cássia de Andrade Ruas Costa
www.educacaoevariedades.blogspot.com

More info:

Published by: educacaoevariedades on Jul 05, 2008
Copyright:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as DOC, PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

05/09/2014

pdf

text

original

 
MANIFESTAÇÕES SEXUAIS DA CRIANÇA NA EDUCAÇÃOINFANTIL:
O Papel do Professor 
RESUMO
Este trabalho aborda a importância da ação do professor nas manifestações sexuais da criançana educação infantil. A pesquisa foi realizada com professores e alunos de uma Escola deEducação Infantil de Montes Claros – Minas Gerais e teve como objetivos analisar possíveisfatores que têm contribuído para as dificuldades dos professores em lidar com os casos queenvolvem a sexualidade das crianças de 0 a 6 anos; Identificar a ação do professor daEducação Infantil em relação à orientação sexual da criança e Investigar a importância daorientação sexual da criança, na Educação Infantil, para o seu desenvolvimento integral.Tratou-se de uma pesquisa qualitativa que, dividida em capítulos, apresenta a concepção ecaracterísticas da sexualidade infantil, enfocando aspectos que podem interferir nodesenvolvimento sexual infantil. A metodologia utilizada no desenvolvimento da pesquisa foicom base em observação e entrevista com professores da educação infantil e os resultados da pesquisa o apresentados em forma de resposta aos questionamentos e vidas de professores da educação infantil sobre como agir em alguns casos de manifestação dasexualidade infantil.
INTRODUÇÃO
A experiência como educadora, trabalhando por muitos anos, como professorae/ou supervisora pedagógica em escolas de Educação Infantil que atendiam crianças comidade entre 02(dois) a 06 (seis) anos, muitas vezes passando por situações embaraçosasquando tinha que responder a alguns questionamentos sobre sexo feitos pelos alunos; vivendotambém momentos de dúvidas e incertezas sobre como agir quando as crianças apresentavamum comportamento que envolvia sexo ou sexualidade é que motivou a escolha desse tema para uma pesquisa.Assim, procura-se discutir nesta pesquisa, o papel do professor no quese refere à orientação sexual das crianças na Educação Infantil.Sabe-se que sensibilizar um educador a desenvolver um trabalho de orientaçãoafetivo-sexual é tarefa difícil, exige a conscientização da importância de sua atuação junto àcriança em busca de auxiliá-la a vencer as dificuldades constantes da trajetória infantil. Por 
 
outro lado, o educador deve ter conhecimentos sicos que possam embasar suasargumentações frente aos diversos questionamentos lançados ao longo do ano letivo.Como desenvolver um trabalho de educação sexual com os alunos da educaçãoinfantil? Esta deve ser uma questão para servir como ponto de reflexão constante por parte do professor que trabalha com a educação infantil e que quer desempenhar também a função deeducador sexual das crianças.O embasamento necessário que o professor deve ter para assumir tarefa detamanha importância passa por uma continua reciclagem voltada a dotá-lo de conhecimentos básicos com toda uma fundamentação teórica, embasamento quanto às noções básicas datrajetória do ser humano desde a definição de seu sexo, a sua identidade sexual, o exercício desua sexualidade, a interação em grupos, enfim, um conhecimento capaz de dar-lhe condiçõesa um diálogo constante e profícuo com seu aluno.Emile Dickson (1999, p. 12) sintetiza a ação do trabalho de Orientação Sexualcom as seguintes palavras “Não tenho ensinamento a transmitir... Tomo aquele que me ouve pela mão e levo até a janela. Abro-a e aponto para fora. Não tenho ensinamento algum, masconduzo a um dialogo.”Tal projeto se fundamenta na concepção de que alunos e professores são sujeitosdo processo educativo e, enquanto sujeitos sócio e politicamente orientados comprometidosem receber e proporcionar uma educação de qualidade, colocam sua competência a serviçodesta qualidade e suas divergências.Com os objetivos de Identificar a ação do professor da Educação Infantil emrelação à orientação sexual da criança e de Investigar a importância da orientação sexual dacriança, na Educação Infantil, para o seu desenvolvimento integral este trabalho é apresentadoem capítulos. No primeiro capítulo apresenta-se as concepções e características da sexualidadeinfantil. No capitulo 2 são enfocados aspectos que vêm interferindo no desenvolvimentosexual infantil. O capítulo 3 apresenta a metodologia utilizada no desenvolvimento da pesquisa e no quarto e último capítulo são informados os resultados da pesquisa em forma deresposta aos questionamentos e dúvidas de professores da educação infantil sobre como agir em alguns casos de manifestação da sexualidade infantil. Nas considerações finais estãocolocadas além da aprendizagem que este estudo nos proporcionou, a certeza de que anecessidade da pesquisa sobre este tema não se encerra aqui pois a própria dinâmica da vida
 
nos imporá a necessidade de prosseguir na busca de respostas para tantas dúvidas que játemos e que continuarão a surgir.
1 SEXUALIDADE INFANTIL: Concepção e características
Os primeiros conceitos sobre sexualidade infantil datam do começo deste século eainda hoje são conhecidas ou aceitas por parte dos profissionais que se ocupam de crianças,inclusive os educadores.Para alguns educadores, as crianças são seres puros e inocentes que não têmsexualidade a expressar e, para estes, as manifestações da sexualidade infantil aparecem comoalgo feio e pecaminoso.Entre outros adultos e educadores, no entanto, já se encontram bastante difundidasas noções da existência e da importância da sexualidade para o desenvolvimento das crianças.
1.1 Concepção de Sexualidade
Os parâmetros Curriculares Nacionais (1997, p. 117), definem Sexualidade comoalgo que:
(...) tem grande importância no desenvolvimento e na vida psiquica das pessoas, pois independentemente da potencialidade reprodutiva, relaciona-secom a busca do prazer, necessidade fundamental dos seres humanos. Nessesentido, a sexualidade é entendida como algo inerente, que se manifestadesde o nascimento até a morte, de formas diferentes a cada etapa dodesenvolvimento. Além disso a sexualidade construída ao longo da vida,encontra-se necessariamente marcada pela história, cultura, ciência, assimcomo pelos afetos e sentimentos, expressando-se então com singularidadeem cada sujeito.
Acrescentamos que, muitas vezes a nossa angústia nos leva a concepção reduzidade sexualidade levando-nos a confundir sexualidade com genitalidade.Sexualidade podemos dizer, é a manifestação, o estudo do comportamento sexualde um povo, de uma cultura.Sexualidade é estudar, conhecer e entender como pessoas sesentem e identificam sua vida sexual. É homem e mulher, masculino e feminino, em ummomento histórico e cultural determinado.

Activity (104)

You've already reviewed this. Edit your review.
1 thousand reads
1 hundred reads
edfloyd liked this
Juliana Azevedo liked this
Daniela Fraga liked this
Roberto Santos added this note
bbyby
renatacattaneo liked this

You're Reading a Free Preview

Download
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->