Welcome to Scribd, the world's digital library. Read, publish, and share books and documents. See more ➡
Download
Standard view
Full view
of .
Add note
Save to My Library
Sync to mobile
Look up keyword
Like this
25Activity
×
0 of .
Results for:
No results containing your search query
P. 1
Relatorio Quimica Farmaceutica

Relatorio Quimica Farmaceutica

Ratings: (0)|Views: 6,414|Likes:
Published by Cristiano Baiotto

More info:

Published by: Cristiano Baiotto on Oct 11, 2010
Copyright:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as PDF, DOC, TXT or read online from Scribd
See More
See less

10/02/2013

pdf

text

original

 
UNIJUÍ – Universidade Regional do Noroeste do Estado do Rio Grande do SulDCSa – Departamento de Ciências da SaúdeCurso de FarmáciaQuímica Farmacêutica I
RELATÓRIO DAS AULAS PRÁTICAS DA ANÁLISE DA MATÉRIA-PRIMASÓLIDA
Cristiano Sartori BaiottoDarlan Gonçalves Neiva Fatima MoroProfª. Karla Renata de OliveiraIjuí/RS2008
 
INTRODUÇÃO
O Ácido Acetisalicilico (AAS) é um fármaco do grupo do grupo dosantiinflamatórios não-esteróides (AINE) e também um antiplaquetar, utilizado comoantiinflamatório, antipirético, analgésico e inibidor da agregação das plaquetas sangüíneas(OGA, 2003).Sua ação primária é a inativação da ciclo-oxigenase por acetilação irreversível da prostaglandina sintase, enzima que catalisa a primeira fase da biossíntese da prostaglandinaa partir do ácido araquidônico. Com isso, há inibição da síntese de prostaglandinas, as quaisestão especialmente associadas com o desenvolvimento da dor que acompanha a lesão ou ainflamação. Baixam, também, a febre por dilatação dos vasos sanguíneos periféricos,aumentando a dissipação do calor por transpiração (GOODMAN & GILMANN, 1995).O AAS é absorvido em parte pelo estômago, e na sua maioria pelos segmentos proximais do intestino delgado. Tanto o ácido acetilsalicílico como o ácido salicílico liga-seamplamente às proteínas plasmáticas e são rapidamente distribuídos a todas as partes dooganismo. Os salicilatos o majoritariamente hidrolisados a salicilato no tratogastrintestinal, no fígado, e no sangue, e será posteriormente metabolizado no fígado(OGA, 2003).A realização do controle de qualidade nas farmácias de manipulação e homeopáticasé de suma importância para que a qualidade microbiológica e físico-química dos insumosutilizados e dos produtos acabados seja assegurada, garantindo eficácia, segurança ecredibilidade dos medicamentos manipulados e dispensados à população (KOROLKOVAS,1984; BARBOSA, 2001; GENNARO, 2004).O controle de qualidade visa também estabelecer condições apropriadas dearmazenamento e acondicionamento para que a qualidade dos produtos e matérias-primasseja mantida de acordo com o prazo de validade estabelecido e avaliar a adequação dosmétodos utilizados para produção dos medicamentos (PRISTA, 1996; FORCINIO, 1999).Para a realização do controle de qualidade de matérias-primas e produtos acabados devem-se seguir parâmetros analíticos ditados pelas farmacopéias vigentes (SOUZA, 2005).
 
A farmácia tem por obrigação submeter todas as matérias-primas, e por amostragemos produtos acabados, aos testes exigidos, sendo que a farmácia pode decidir por realizar outerceirizar os testes de teor de prinpio ativo e pureza microbiológica. A empresaresponsável por realizá-los deve estar tecnicamente capacitada para esse fim. As análisesexigidas pela RDC 33 são: peso médio, propriedades organolépticas, pH, friabilidade,dureza, desintegração, grau ou teor alcoólico, densidade, volume, viscosidade, teor do princípio ativo e pureza microbiológica (BRASIL, 1999).

Activity (25)

You've already reviewed this. Edit your review.
1 thousand reads
1 hundred reads
Vítor Rabelo liked this
Mayara Moraes liked this
kasss liked this
Lisiane Bajerski liked this

You're Reading a Free Preview

Download
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->