Welcome to Scribd, the world's digital library. Read, publish, and share books and documents. See more ➡
Download
Standard view
Full view
of .
Add note
Save to My Library
Sync to mobile
Look up keyword
Like this
6Activity
×
0 of .
Results for:
No results containing your search query
P. 1
II. Laplantine - Pré-historia da Antropologia

II. Laplantine - Pré-historia da Antropologia

Ratings: (0)|Views: 4,179|Likes:
Published by carolinapedreira

More info:

Published by: carolinapedreira on Oct 11, 2010
Copyright:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as PDF, TXT or read online from Scribd
See More
See less

04/05/2013

pdf

text

original

 
,
t~
?t~Á,{_h'N-
11~(ffi~
(/qfi)
~fl~
!k-~tof~
~
?~
.'
&~tH'.b~
PRIMEIRAPARTE
MARCOSPARAUMAHISTóRIA
/
DO
PENSAMENTOANTROPOLóGICO
 
1.A
PRÉ-HISTóRIADAANTROPOLOGIA:
adescobertadasdifereaspelosviajantesdoculoXVIeaduplarespostaideológicadadaIdaquelaépocaanossosdias
....
AnesedarefleoantropológicaécontemponedescobertadoNovoMundo.ORenascimentoexploraespa-çosatéenodesconhecidosecomeçaaelaborardiscursossobreoshabitantesquepovoamaquelesespaços.1Agrandequestãoqueéenocolocada,equenascedesseprimeiroconfrontovisualcomaalteridade,éaseguinte:.aquelesqueacabaramdeseremdescobertospertencemàhumanidade?Ocritérioessencialparasaberseconvématribuir-Ihesumestatutohumanoé,nessaépoca,religioso:Oselvagemtem
1.Asprimeirasobservõeseosprimeirosdiscursossobreospovos"distantes'dequedispomosprovêmdeduasfontes:1)asreõesdospri-meirosviajantes,formandooquehabitualmentechamamosde"literaturadeviagem'.DizemrespeitoemprimeirolugaràPérsiaeàTurquia,emseguidaàAmérica,àÁsiaeàArrica.Em1556,AndréThevetescreve
AsSingularidadesdaFrançaAnrtica,
em1558JeandeLery,
AHistóriadeUmaViagemFeitanaTerradoBrasil.
Consultartambémcomoexem-plo,paraumpeodoanterior(séculoXIII),G.deRubrouck(reed.1985),paraumpeodoposterior(séculoXVII)Y.d'Evreux(reed.1985),bomcomoacoletâneadetextosde
J.P.Duviols(1978);2)osrelariosdos
missioriosepartiC1Jlarmenteas"Relões.dosjesuítas(séculoXVII)noCanadá,noJapão,n:lChina.Cf.,porexemplo,as
LettresEdifiantesetCurieusesdeiaChinepardesMissionnairessuites:1702-1776,
Paris,reed.Gamier-Plammarion,1979.
.
 
38
APRJt.HlSTORIADAANTROPOLOGIAAPRENDERANTROPOLOGIA
39
umaalma?Opecadooriginaltammlhesdizrespeito?
-
questãocapitalparaoSmissiorios,jáquedarespostairádependerofatodesaberseépossíveltrazer-Ihesarevelão.Notamosquese,noséculoXIV,aquestãoécolocada,nãoédeformaalgumasolucionada.Elaserádefinitivamenteresolvidaapenasdoisculosmaistarde.Nessaépocaéquecomeçamaseesboçarasduasideo-logiasconcorrentes,masdasquaisumaconsistenosimé-
tricoinvertidodaoutra:
arecusadoestranho
apreendidoa
partirdeumafalta,ecujocorolárioéaboaconsciênciaque
setemsobresiesuasociedade;2
afascinaçãopeloestranho
cujo
corolárioéaconscnciaquesetemsobresiesua
sociedade.Ora,osprópriostermosdessaduplaposiçãoesocolo-cados~desdeametadedoséculoXIV:nodebate,quesetorna'up1acontrovérsiapública,queduraráriosmeses
(emf550,naEspanha,emValladolid),equeopõe
o
domi-nicanoLasCasaseojuristaSepulvera.
bémaInglaterra,aFraa,ealgumasdenossasregiõesdaEspanha.(...)Poisamaioriadessasnaçõesdomundo,seotodas,forammuitomaispervertidas,irra-cionaisedepravadas,ederammostrademuitomenosprudênciaesagacidadeemsuaformadesegovernaremeexerceremasvirtudesmorais.Nósmesmosfomospiores,notempodenossosancestraisesobretodaaextenodenossaEspanha,pelabarbáriedenossomododevidaepeladepravaçãodenossoscostumes".Sepulver~:LasCasas:-~'Aquelesquesuperamosoutrosemprudênciaerao,mesmoqueosejamsuperioresemfoasica,aquelessão,pornatureza,ossenhores;aocontrário,porém,ospreguiçosos,osespíritoslentos,mesmoquetenhamasforçasfísicasparacumprirtodasastarefasnecessárias,sãopornaturezaservos.Eéjustoeútilquesejamservos,evemosissosancionadopelapróprialeidivina.Taissãoasnaçõesbárbarasedesumanas,estranhasàvidacivileaoscostumespacíficos.Eserásemprejustoeconformeodireitonaturalqueessaspessoasestejamsubmetidasaoimpériodepríncipesedenaçõesmaiscultasehumanas,demodoque,graçasàvirtudedestaseàprudênciadesuasleis,elesaban-donemabarbárie.eseconformemaumavidamaishumanaeaocultodavirtude.Eseelesrecusare!1lesseimpério,pode-seimpô-IopelomeiodasarmaseeSsaguerraserájusta,bemcomoodeclaraodireitonaturalqueoshomenshonrados,inteligentes,virtuososehu-manosdominemaquelesqueotêmessasvirtudes"."Àquelesquepretendemqueosíndiossãorba-ros,responderemosqueessaspessoasmaldeias,vilas,cidades,reis,senhoreseumaordempolíticaque,emalgunsreinos,émelhorqueanossa.(...)Essespovosigualavamouatésuperavammuitasnaçõeseumaordel!lpolíticaque,emalgunsreinos,émelhorqueanossa.(...)Essespovosigualavamouatésuperavammuitasnaçõesdomundoconhecidascomopoliciadaserazoá-veis,enãoeraminferioresanenhumadelas.Assim,igualavam-seaosgregoseosromanos,eaté,emalgunsdeseuscostumes,ossuperavam.Elessuperavamtam-Ora,asideologiasqueestãoportrásdesseduplodis-curso,mesmoqueoseexpressemmaisemtermosreligio-.sos;permanecemvivashoje,quatroculosapósapolêmica
:.~endo.asduasvariantesdessafigura:1)acondescendênciaea'proteção;paternalistadooutro:2)suaexclusão.

Activity (6)

You've already reviewed this. Edit your review.
1 hundred reads
1 thousand reads
Blendaa Mendes liked this
Blendaa Mendes liked this
Andrea Sousa liked this

You're Reading a Free Preview

Download
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->