Welcome to Scribd, the world's digital library. Read, publish, and share books and documents. See more
Download
Standard view
Full view
of .
Save to My Library
Look up keyword
Like this
25Activity
0 of .
Results for:
No results containing your search query
P. 1
Sistema COFEN

Sistema COFEN

Ratings:

4.0

(2)
|Views: 12,707 |Likes:
Published by anon-215376

More info:

Published by: anon-215376 on Jul 17, 2008
Copyright:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as DOC, PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

06/10/2013

pdf

text

original

 
Sistema COFEN/CORENs 2.1. Histórico a)
Criação
- Em 12 de julho de 1973, através da Lei 5.905, foramcriados os Conselhos Federal e Regionais de Enfermagem, constituindoem seu conjunto Autarquias Federais, vinculadas ao Ministério doTrabalho e Previdência Social. O Conselho Federal e os ConselhosRegionais são Órgãos disciplinadores do exercício da Profissão deEnfermeiros, Técnicos e Auxiliares de Enfermagem. Em cada Estadoexiste um Conselho Regional, os quais estão subordinados ao Conselhofederal, que é sediado no Rio de Janeiro e com Escritório Federal emBrasília.  b)
 Direção-
Os Conselhos Regionais são dirigidos pelos própriosinscritos, que formam uma chapa e concorrem à eleições. O mandatodos membros do COFEN/CORENs é honorífico e tem duração de trêsanos, com direito apenas a uma reeleição. A formação do plenário doCOFEN é composta pelos profissionais que são eleitos pelosPresidentes dos CORENs. c)
 Receita-
A manutenção do Sistema COFEN/CORENs é feita atravésda arrecadação de taxas emolumentos por serviços prestados,anuidades, doações, legados e outros, dos profissionais inscritos nosCORENs. d)
 Finalidade-
O objetivo primordial é zelar pela qualidade dos profissionais de Enfermagem e cumprimento da Lei do ExercícioProfissional. O Sistema COFEN/CORENs encontra-se representado em 27 EstadosBrasileiros, sendo este filiado ao Conselho Internacional de
 
Enfermeiros em Genebra. 2.2. Competências 
- Conselho Federal de Enfermagem (COFEN)
 
 Normatizar e expedir instruções, para uniformidade de procedimento e bom funcionamento dos Conselhos Regionais;
Esclarecer dúvidas apresentadas pelos CORENs;
Apreciar Decisões dos COREns;
Aprovar contas e propostas orçamentárias de Autarquia, remetendo-asaos Órgãos competentes;
Promover estudos e campanhas para aperfeiçoamento profissional;
Exercer as demais atribuições que lhe forem conferidas por lei. -
Conselho Regional de Enfermagem (COREN)
 
Deliberar sobre inscrições no Conselho e seu cancelamento;
Disciplinar e fiscalizar o exercício profissional, observando asdiretrizes gerais do COFEN;
Executar as instruções e resoluções do COFEN;
Expedir carteira e cédula de identidade profissional, indispensável aoexercício da profissão, a qual tem validade em todo o territórionacional;
Fiscalizar e decidir os assuntos referentes à Ética Profissional impondoas penalidades cabíveis;
Elaborar a proposta orçamentária anual e o projeto de seu regimentointerno, submetendo-os a aprovação do COFEN;
Zelar pelo conceito da profissão e dos que a exercem;
Propor ao COFEN medidas visando a melhoria do exercício profissional;
Eleger sua Diretoria e seus Delegados a nível central e regional;
Exercer as demais atribuições que lhe forem conferidas pela Lei
 
5.905/73 e pelo COFEN. 2.3.- Sistema de Disciplina e Fiscalização O Sistema de Disciplina e Fiscalização do Exercício Profissional daEnfermagem, instituído por lei, desenvolve suas atividades segundo asnormas baixadas por Resoluções do COFEN. O Sistema é constituídodos seguintes objetivos: a) Área disciplinar normativa: Estabelecendo critérios de orientação eaconselhamento para o exercício da Enfermagem, baixando normasvisando o exercício da profissão, bem como atividade na área deEnfermagem nas empresas, consultórios de Enfermagem, observandoas peculiaridades atinentes à Classe e a conjuntura de saúde do país.  b) Área disciplinar corretiva: Instaurando processo em casos deinfrações ao Código de Ética dos Profissionais de Enfermagem,cometidas pelos profissionais inscritos e, no caso de empresa, processosadministrativos, dando prosseguimento aos respectivos julgamentos eaplicações das penalidades cabíveis; encaminhando às repartiçõescompetentes os casos de alçada destas. c) Área fiscalizatória: Realizando atos e procedimentos para prevenir aocorrência de Infrações à legislação que regulamenta o exercício daEnfermagem; inspecionando e examinando os locais públicos e privados, onde a Enfermagem é exercida, anotando as irregularidades einfrações verificadas, orientando para sua correção e colhendo dados para a instauração dos processos de competência do COREN eencaminhando às repartições competentes, representações. 

Activity (25)

You've already reviewed this. Edit your review.
1 hundred reads
1 thousand reads
Neiva Prestes liked this
Dayse Santana liked this
Raisa Barbosa liked this
Hillana Mousinho liked this
Sandra Soares liked this
Aimée Andrade liked this

You're Reading a Free Preview

Download
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->