Welcome to Scribd, the world's digital library. Read, publish, and share books and documents. See more
Download
Standard view
Full view
of .
Save to My Library
Look up keyword
Like this
1Activity
0 of .
Results for:
No results containing your search query
P. 1
Infra Pré-Sal 2010

Infra Pré-Sal 2010

Ratings: (0)|Views: 33 |Likes:
Published by 0z1cr4n

More info:

Published by: 0z1cr4n on Oct 22, 2010
Copyright:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

10/22/2010

pdf

text

original

 
 
1/10
Chamada Pública MCT/FINEP/AT- Infraestrutura Laboratorial para o "Pré-Sal" –2/2010
 
SELEÇÃO PÚBLICA DE PROPOSTAS PARA APOIO FINANCEIRO AINFRAESTRUTURA LABORATORIAL DAS INSTITUIÇÕES DE PESQUISA CIENTÍFICAE TECNOLÓGICA PARA O DESENVOLVIMENTO DE PROJETOS RELACIONADOS ÁEXPLORAÇÃO DE PETRÓLEO NA CAMADA DO PRÉ-SAL
1. OBJETIVO GERAL
Selecionar propostas para apoio financeiro à criação, adequação e capacitação delaboratórios de
Instituições de Pesquisa Científica e Tecnológica
, com possibilidade defutura inserção no Sistema Brasileiro de Tecnologia (SIBRATEC), visando atender asdemandas dos fornecedores da cadeia de Petróleo e Gás (P&G), relativas aos serviçostecnológicos decorrentes dos desafios provenientes das descobertas de reservas nacamada do Pré-Sal.
1.1. OBJETIVOS ESPECÍFICOS
Nas linhas de atuação especificadas pretende-se apoiar o aperfeiçoamento derecursos humanos, a criação, a implantação e a atualização tecnológica de instalaçõeslaboratoriais, a implantação e ampliação de escopo de sistemas de gestão doslaboratórios de ensaios, testes e análises, referentes às três linhas mencionadasabaixo, assim como temas correlatos, visando ao atendimento dos requisitos deintegração futura ao componente de Serviços Tecnológicos do Sistema Brasileiro deTecnologia,
SIBRATEC (http://www.mct.gov.br/index.php/content/view/69616.html)
 
LINHA 1 – LABORATÓRIOS DE ENSAIOS DE DESEMPENHO DE VÁLVULAS EACESSÓRIOS DE TUBULAÇÃO
.Esta linha visa apoiar ações voltadas para adequação à norma NBR 15827:2007 – “Válvulas Industriais para instalações de exploração, produção, refino e transportes deprodutos e petróleo – Requisitos de Projeto em Ensaio de Protótipo”, que possibiliterealizar testes de protótipos de válvulas e produtos correlatos para plantas de processoem conformidade com os requisitos dos códigos internacionais ASME, ASTM, API e BSpertinentes, além da ISO CD 27509 e da NORSOK L-005, em todas as faixas depressões e temperaturas contempladas nos referidos códigos. No que tange à áreasubmarina, deverá ser usada como referência a ISO 13628-4, considerando pressõespróximas de 10.000 psi (curto prazo igual a 5 anos) e 15.000 psi (após 5 anos) etemperaturas entre – 45º e 600º C.
LINHA 2 – LABORATÓRIOS DE ENSAIOS DE PRODUTOS DE SEGURANÇA SIS-SIL
Esta linha visa apoiar laboratórios com vistas a ampliar as capacidades de testesde produtos de segurança SIS-SIL (
Safety Instrumented Systems – Safety Integrity Leve 
l), que permitam às indústrias nacionais contar com entidades capacitadas pararealizar ensaios, visando a obtenção de futuras certificações SIS-SIL.
 
 
2/10
LINHA 3 – LABORATÓRIOS DE ENSAIOS DE QUALIFICAÇÃO E ANÁLISE DEUMBILICAIS
Esta linha visa apoiar a capacitação de laboratórios de
Instituições de PesquisaCientífica e Tecnológica
– que já realizam pesquisas, desenvolvimento e testes dequalificação de umbilicais – para desenvolver as tecnologias de testes necessárias paraatender a demanda das empresas, incluindo a utilização de ferramentas de análisecomputacional, especificamente, com relação às normas internacionais adotadas noBrasil (DNV-RP-C203 e ISO 13.628-5), considerando somente como faixa de interesseos umbilicais para operação com pressão mínima de 5000 psi e máxima de 15000 psi,como também a faixa para profundidade de aplicação, mínima de 2000 metros emáxima de 3000 metros de lâmina d’água, sendo adotados tais umbilicais comoreferência para definição dos equipamentos de laboratório necessários para suaqualificação.
2. ELEGIBILIDADE DAS INSTITUIÇÕES PARTICIPANTESInstituição Proponente/Convenente:
Órgão ou entidade da Administração Pública diretaou indireta de qualquer esfera de governo, ou Instituição de Pesquisa Científica eTecnológica, pública ou privada sem fins lucrativos. A Instituição Proponente/Convenenteserá responsável pela execução gerencial e financeira do projeto. As instituições acimapoderão ser representadas por Fundações/ Instituições de Apoio.
Instituição Executora:
Instituição de Pesquisa Científica e Tecnológica - ICT, pública ouprivada sem fins lucrativos, ou órgão ou entidade da Administração Pública direta ouindireta de qualquer esfera de governo, ou entidade privada sem fins lucrativos quepossua competência e atuação na área em questão.
Instituição Interveniente Cofinanciadora
: Instituição ou empresa brasileira,individualmente ou em conjunto, interessada nos resultados do projeto e que deleparticipa com aporte de recursos financeiros e/ou não financeiros.As instituições privadas sem fins lucrativos somente poderão participar da presenteChamada Pública se tiverem no mínimo 03 (três) anos completos de existência, emobservância ao disposto no art. 39, inciso IV da Lei 11.514/07 – LDO 2008.
3. CARACTERÍSTICAS DAS PROPOSTAS
Cada Instituição somente poderá apresentar uma proposta por Laboratório, sendoque cada Laboratório só poderá participar em uma das Linhas da presente Chamada.
3.1. CARACTERÍSTICAS GERAIS
Em relação ao orçamento FNDCT, as propostas deverão:
Apresentar, para os equipamentos e materiais permanentes (nacionais eimportados) destinados à infraestrutura de gestão e capacitação laboratorial(como anexos à proposta impressa), orçamentos detalhados de fornecedoresou
invoices 
, a fim de consubstanciar os valores unitários e totais solicitados;
apresentar, para cada um dos serviços a serem prestados por pessoas físicas e jurídicas (como anexos à proposta impressa), termos de referência contendo,no mínimo, o detalhamento do escopo e finalidade do serviço (considerando-se
 
 
3/10
a convergência com as metas físicas do projeto), a composição de custos(conforme apropriado ao tipo de serviço) e parâmetros de preços praticados nomercado, a fim de consubstanciar os valores solicitados;
apresentar pré-projeto com memorial descritivo no caso de solicitação derecursos para obras e instalações;
solicitar ao FNDCT o valor mínimo de R$ 1.000.000,00 (um milhão de reais) porLaboratório, incluindo o valor destinado a bolsas;
apresentar Termo de Compromisso de Adesão Futura ao Sistema Brasileiro deTecnologia – SIBRATEC.
 
Nesta Chamada poderão ser previstos recursos para treinamento de pessoal.
3.2. CARACTERISTICAS ESPECÍFICAS
A proposta de criação, adequação e/ou capacitação do laboratório deverá serelaborada a partir de uma justificativa criteriosamente embasada que identifique asvocações e competências da
Instituição de Pesquisa Científica e Tecnológica,
suadisponibilidade de recursos humanos e materiais, bem como o estágio atual daprestação de serviços tecnológicos às empresas da região e, mais especificamente, dacadeia de fornecedores do setor de P&G.Os projetos deverão conter, dentre outras, as seguintes informações:
Indicação explícita da linha de atuação do laboratório aderente aos objetivos daChamada;
apresentação da justificativa da criação/ampliação do Laboratório;
apresentação da estratégia de reconhecimento de competência e estruturaçãodo Sistema de Gestão do laboratório;
descrição do projeto, ressaltando sua aplicação no âmbito do setor de P&G esua importância para os desafios a serem superados no cenário do Pré-Sal;
detalhamento do orçamento em relação ao valor solicitado à FINEP, às bolsas eà contrapartida – quando aplicável;
apresentação do quadro técnico qualificado e a ser qualificado do laboratório.Os currículos devem estar atualizados na Plataforma Lattes;
explicitar no cronograma físico do projeto as atividades, os indicadores, erespectivos prazos de execução;
detalhamento do planejamento e da metodologia a ser adotada adequando aosobjetivos e às metas.
4. RECURSOS FINANCEIROS A SEREM CONCEDIDOS
No âmbito desta Chamada Pública, serão comprometidos recursos nãoreembolsáveis no valor de até R$ 30.000.000,00 (trinta milhões de reais) provenientes doFNDCT/Fundos Setoriais, sendo R$ 10.000.000,00 (dez milhões de reais) para cada umadas linhas.

You're Reading a Free Preview

Download
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->