Welcome to Scribd, the world's digital library. Read, publish, and share books and documents. See more ➡
Download
Standard view
Full view
of .
Add note
Save to My Library
Sync to mobile
Look up keyword or section
Like this
5Activity
×
P. 1
Questões passíveis de anulação - Prova Técnico Médio de Defensoria Pública

Questões passíveis de anulação - Prova Técnico Médio de Defensoria Pública

Ratings: (0)|Views: 3,662|Likes:
Published by tisurame

More info:

Published by: tisurame on Oct 25, 2010
Copyright:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as PDF, DOC, TXT or read online from Scribd
See More
See less

05/25/2012

pdf

text

original

 
Questões passíveis de anulação
(Prova de Técnico Médio de Defensoria Pública)
O objetivo desse documento é apresentar uma relação das questões que são passíveis deanulação no concurso de Técnico Médio de Defensoria Pública, assim como as justificativas para que isso aconteça, a fim de expor, com base no conteúdo programático e na bibliografia apontada pelo edital, todos os erros e omissões quecomprometem parcela significativa da prova.Cabe ressaltar que somente integram esse documento as questões cuja concordânciaquanto à possibilidade de anulação foi unânime entre o grupo, ficando de fora outrasquestões que também foram contestadas por recursos, mas que divergências de opiniõesentre os candidatos não poderiam garantir que realmente se tratavam de casos deanulação.É possível, com base nessa relação, traçar o seguinte quadro:Língua Portuguesa:
1
entre as 25 questões passíveis de anulação Noções de Direito Constitucional:
8
entre as 15 questões são passíveis de anulação Noções de Direito Administrativo:
5
entre as 15 questões são passível de anulação Noções de Teoria Geral do Processo:
8
entre as 15 questões são passível de anulaçãoLegislação Específica:
3
entre 15 questões são passíveis de anulaçãoInformática:
1
entre 15 questões passíveis de anulação
Total de questões passíveis de anulação
: 26.Em razão do número atípico de questões que deveriam ser anuladas, fato esse que não possui precedente em nenhum outro concurso, o nosso grupo manifesta a preocupaçãode que a Banca Examinadora CEPUERJ possa se valer de subterfúgios para evitar aanulação de todas as questões que, de fato, merecem ser anuladas.Sendo assim, pedimos à Defensoria Pública do Estado do Rio de Janeiro queacompanhe esse processo, tenha ciência das questões passíveis de anulação e queinterceda junto a Banca Examinadora CEPUERJ para garantir a lisura e a transparênciana análise dos recursos interpostos pelos candidatos, a fim de que a resposta a todos osrecursos seja plenamente motivada em face dos argumentos apresentados e que adecisão quanto às possíveis anulações tenha como base apenas critérios objetivos, poisessa é a única maneira de evitar que alguns candidatos sejam beneficiados pelasanulações, enquanto que outros sejam prejudicados por injustamente não terem sidoanuladas questões que também mereciam igual destino.
 
- Comentários gerais sobre a elaboração da prova:
O grande número de questões anuláveis nos permite fazer os seguintes comentários:1 – A parte da prova que corresponde a “Noções de Teoria Geral do Processo”apresenta erros grosseiros que de nenhuma maneira podem fazer parte de uma provaobjetiva de concurso. Como exemplo, é possível citar as questões 56, 57, 61, 62, 65. Nessas cinco questões, a Banca Examinadora CEPUERJ extraiu suas respostas do livrode Alexandre Freitas Câmara “Lições de Direito Processual Civil” sem antes averiguar se os dois outros livros dos demais autores que também fazem parte da bibliografiaindicada pelo edital poderiam apresentar ou não opinião diversa, como de fatoapresentam.Contrariando aquilo que as demais Bancas Examinadoras evitam fazer, a CEPUERJcolocou entre as opções disponíveis para resposta assertivas que estão de acordo com aopinião minoritária de Alexandre Câmara, dando essas como gabarito, e ao mesmotempo colocando assertivas, dentro da mesma questão, que também estão de plenoacordo com os demais autores que integram o edital, como Cândido Dinamarco e Nelson Nery Júnior – mesmo não sendo pedida a opinião específica de nenhum desses.Em outras palavras, nessas cinco questões há mais de uma resposta correta, cada uma deacordo com a posição de cada autor, o que poderia ser evitado com a simples leitura doslivros dos dois outros livros de Processo Civil apresentados no edital: “Teoria Geral doProcesso” de Dinamarco e outros, e o “Código de Processo Civil Comentado”, de Nelson Nery Júnior.2 – Há um número considerável de questões que estão fora do conteúdo programáticoestabelecido pelo edital. A Banca Examinadora CEPUERJ negligenciou a simplescomparação entre aquilo que se pede na prova com aquilo que consta, de fato, no edital.3 – Há diversas questões com problemas de formulação, como as questões 28, 36, 79 e85, sendo que essa última apresenta como gabarito uma assertiva com um erro que põeem dúvida se houve uma revisão ortográfica adequada do conteúdo da prova.4 – Há questões com problemas de interpretação da própria legislação, como o gabaritoda questão 40, que está baseada em inciso já revogado da Constituição Federal. Outrasque exigem do candidato conhecimento duvido, como a alternativa D da questão 41,que somente é falsa por afirmar que o princípio da eficiência foi introduzido pelaemenda nº 20/98 ao invés da emenda nº 19/98.5 – A prova apresenta duas questões foram copiadas de uma prova de Juiz do Trabalho1ª Região, organizado pelo CESPE-UnB: questões 39 e 51.6 – A CEPUERJ não disponibiliza, em seu site na internet, uma cópia das provas, aocontrário do que fazem as demais bancas examinadoras. Isso certamente dificulta aanálise pública daquilo que foi aplicado aos candidatos.
 
Prova de Técnico Médio da Defensoria PúblicaLÍNGUA PORTUGUESAQuestão 9
9) “...Essas políticas (...) estão diretamente relacionadas ao empreendedorismoimobiliário...”“...Não deve, de forma alguma, ser tratada de forma imediatista, expressando assim ocaráter eleitoreiro de nossas políticas públicas...”A produtividade e a proximidade dos sufixos –ismo e –ista se faz porque:a) o primeiro teve o uso disseminado para designar, no curso dos séculos XIX e XX,movimentos sociais, religiosos e personativos com nomes próprios representativos; já osegundo, está associado ao adepto, seguidor, aderente, partidário b) o primeiro está associado ao adepto, seguidor, aderente, partidário; já o segundo, teveo uso disseminado para designar, no curso dos séculos XIX e XX, movimentos sociais,religiosos e personativos com nomes próprios representativosc) o primeiro teve o uso disseminado para designar, especificamente no curso do séculoXIX, movimentos sociais, religiosos e personativos com nomes própriosrepresentativos; já o segundo está associado ao adepto, seguidor, aderente, partidáriod) o primeiro teve o uso disseminado para designar, especificamente no curso do séculoXX, movimentos sociais, religiosos e personativos com nomes próprios representativos; já o segundo, está associado ao adepto, seguidor, aderente, partidárioGabarito preliminar: letra APedido: AnulaçãoFundamentação: Na questão 9, as únicas diferenças entre as alternativas A, C e D se referem unicamenteao período histórico mencionado (séculos XIX ou XX).A questão, assim, apresenta conteúdo programático fora do estabelecido pelo edital doconcurso, eis que questiona o surgimento histórico do emprego dos sufixos “-ismo” e “-ista”, se no século XIX e/ou XX.O edital do presente concurso, como pode ser observado abaixo, é claro ao mencionar tão
somente variação social e variação regional
no item 2 do conteúdo programáticoda língua portuguesa, nada se referindo à variação histórica.
1-Leitura e compreensão de textos de diferentes gêneros e domínios discursivos;
2 -Variação regional, variação social e registros de usos;
3 - Funções da linguagem; 4- Modos de organização do texto: narração, descrição, exposição, argumentaçãoe injunção; 5 - Coerência e coesão textual; 6 - Pontuação gramatical e expressiva; 7 - Elementos mórficos e processos de formação de palavras; 8 - Emprego das diferentes

Activity (5)

You've already reviewed this. Edit your review.
1 thousand reads
1 hundred reads
Clarice Pessoa liked this
rc_brown liked this
marionetrugilho liked this

You're Reading a Free Preview

Download
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->