Welcome to Scribd, the world's digital library. Read, publish, and share books and documents. See more
Download
Standard view
Full view
of .
Save to My Library
Look up keyword
Like this
249Activity
0 of .
Results for:
No results containing your search query
P. 1
Peça - Saltimbancos

Peça - Saltimbancos

Ratings:

4.62

(21)
|Views: 48,619 |Likes:
Published by miltonfucci
TEATRO
TEATRO

More info:

Published by: miltonfucci on Jul 22, 2008
Copyright:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as DOC, PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

08/15/2013

pdf

text

original

 
Roteiro da peça teatral: “OsSaltimbancos”
 
Música: “Bicharia” 
 Jumento:
- Bom, eu sou o Jumento, não sou bichinho de estimação não,sou Jumento e pronto! Também conhecido como Jegue. Me botaram paratrabalhar na roça a vida inteira. Trabalhava feito um jumento pra no fim,nada! Nem um capinzinho fresquinho, nem uma cenourinha, só grama,grama seca! Vai ver que é por isso que de vez em quando me chamamde burro. Ah! Mas eu nem ligo, sabe que outro dia eu estava subindouma ladeira carregando um peso danado nas costas, me aparece umcara e grita assim: “Anda logo mula preguiçosa!”. Ah não, aí eu parei.Parei porque preguiçoso vai lá, mas mula?! É demais! Resolvi dá no pé. Tomei a estrada que leva a cidade e fui seguindo naquela escuridão quenem sei: Olha, eu não sou disso não sabe, mas naquela hora me deuuma vontade danada de chorar, chorar e chorar aos soluços. E eupensava com meus borbotões: Música: “O Jumento” 
 Jumento:
- Pois é, onde é que eu estava mesmo?... Ah! Estava indo paraa cidade. E fazer o que na cidade? Bom, eu pensava que quando alguémnão sabe fazer mais nada, mais nada mesmo na vida hoje em dia podevirar artista, músico. “Hoje todo mundo canta”, como dizem aqueles quenão sabem cantar. Então eu estava ali andando quando de repente, queé que eu vejo estendido no meio da estrada? O pobre cachorro, coitadotodo esfarrapado.
Cachorro:
- Au, au,au!
 Jumento:
- Parecia até que tinha chegado da guerra.
Cachorro:
- Me dá meu osso! Ladrão, ladrão, ladrão!
 Jumento:
- Ele estava dormindo e tinha sonhos terríveis e pesadelos decão. Cachorro, cachorro, acorda!
Cachorro:
- É pra já! Sim senhor (5x)
 Jumento:
- Nossa, o que aconteceu com você?
Cachorro:
- Eu estou fugindo...
 Jumento:
- Da guerra?
Cachorro:
- Guerra?! Pior que isso meu chapa. Eu estou fugindo é dafazenda onde eu trabalhava. O meu patrão, aproveitador, me
 
atormentava o dia inteiro. “Entra cachorro, pega isso, abana o rabo,deita, levanta”. Ufa! Eu não agüentava mais. Música: “Um dia de cão” 
 Jumento:
- Opa, calma, calma companheiro. Eu não quero ser seupatrão, não quero ser seu patrão.
Cachorro:
- O quê?! O senhor não quer ser meu patrão?
 Jumento:
- Claro que não, deixa disso. Eu sou um pobre coitado comovocê, sou um pau de arara.
Cachorro:
- Ah sim! “Seu Pau de Arara” às suas ordens, em que possoservi-lo, onde quer que eu o leve?
 Jumento:
- Eu não quero que me leve a lugar nenhum, eu estou indopara a cidade procurar emprego como músico! Ah, você poderia meacompanhar e assim poderíamos formar um duo! Já imaginou doisanimais cantando juntos?
Cachorro e Jumento:
- Acho que vai ser a maior sensação! (musiquinha) 
Cachorro:
- Ufa! Andamos pra burro!
 Jumento: -
O quê?!
Cachorro:
- Ah desculpe seu asno, jumento, cavalo eh?! Eu acho quedois animais cantando juntos vai ser muito bom!
Galinha:
- Pó, pó, pó! Três animais cantando juntos vai ser maisfantástico ainda.
 Jumento:
- Uma galinha!
Cachorro:
- Bom dia, vossa galinência!
Galinha:
- Bó-bó-bom dia co-có-companheiros.
 Jumento:
- Já vi tudo. Fugiu também, né?
Galinha:
- Então não...?
Cachorro:
- Por que?
Galinha:
- Sabe, eu vivia numa fazenda linda, cheia de plantas, rodeadapor todos os meus pintinhos. Até que um dia meu patrão, rabugento,resolveu matar todos os meus pintinhos e a mim também, me fazendode canja de galinha.
 Jumento e Cachorro:
- Ooooooh! Música: “A Galinha” 
 Jumento e Cachorro:
- Bravo! Bravo!
 Jumento:
- Bom, já que você quer ser cantora...
Cachorro:
-...pode entrar no nosso conjunto. Aliás, pensando bem, coma sua voz e eu com a minha podemos formar um duo altamentesensacional.
 
 (os dois cantam)
  Jumento:
- Já chega! Bom, já que encontrei vocês dois, que tal meajudar a formar uma corrente bem forte, pois afinal de contas agorasomos três. (musiquinha) 
Galinha:
- Ufa! Andamos pra burro!
 Jumento: -
O quê?!
Galinha:
- Ah desculpe seu Jumento, eu acho que três animais cantando juntos vai ser ótimo!
Gatinha:
- Miau! Que tal quatro?
Galinha:
- Eu acho que ouvi um gatinho!
Cachorro:
- Quem é que está aí?
Gatinha:
- Sou eu, uma gatinha... (briga)
  Jumento:
- Parem com isso! Parem com isso!
Cachorro:
- É pra já! Sim senhor (5x)
 Jumento:
- Onde já se viu tratar um semelhante seu dessa maneira, quecoisa horrível, ela é um animal como você.
Cachorro:
- Ah isso não! Desde que me conheço por bicho, todocachorro tem raiva de gato. Isso é tradição: o meu avô, por exemplo,onde estivesse não aparecia nenhum gato, que Deus o tenha. E o meupai então, sempre foi conhecido como o maior caçador de felinos. Aminha mãe puxa a minha mãe...
 Jumento:
- Chega! Chega! Pelo jeito vai ser difícil domar esse cachorroque acha normal seguir uma tradição que gostava de maltratar o seupróprio semelhante. Primeira lição do dia: o melhor amigo do bicho é obicho. Galinha:
Galinha:
- O melhor amigo do bicho é o bicho.
 Jumento:
- Cachorro:
Cachorro:
- O melhor amigo do bicho é o bicho.
 Jumento:
- Todos juntos:
Todos:
- O melhor amigo do bicho é o bicho.
 Jumento:
- Muito bem! Gatinha pode chegar mais.
Gatinha:
- Obrigada Jumento.
Galinha:
- Nós estamos indo para a cidade, nós vamos fazer umconjunto. Você canta também é?
Gatinha:
- Canto, infelizmente.
Todos:
- Por que infelizmente?
Gatinha:
- Porque cantar me custou muitíssimo...

Activity (249)

You've already reviewed this. Edit your review.
1 hundred reads
1 thousand reads
Joana Manarin liked this
pslopes2009 liked this
Rafael Lima liked this
Leandra Pacifico liked this
Maira Pogorelsky liked this
Thaís Estrela added this note
Vou fazer uma adaptação para uma peça natalinha, onde a ordem das personagens é essa: Peru (reclamando que morre no natal e não consegue ver a festa), Rena (diz que o peru tem sorte de comer o ano todo, porque ela só come capim e nunca provou uma ceia de natalalém de ter que carregar o Papai Noel a noite inteira. Ela quer muito comer o Peru), Papai Noel (que diz que pelo menos a Rena descansa o a

You're Reading a Free Preview

Download
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->