Welcome to Scribd, the world's digital library. Read, publish, and share books and documents. See more
Download
Standard view
Full view
of .
Save to My Library
Look up keyword
Like this
18Activity
0 of .
Results for:
No results containing your search query
P. 1
O significado da História

O significado da História

Ratings:

5.0

(3)
|Views: 8,130 |Likes:
Published by leoniomatos

More info:

Published by: leoniomatos on Jul 23, 2008
Copyright:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

05/17/2013

pdf

text

original

 
 
O significado da História
Frederick Jackson TURNER 
1
Tradução e Apresentação: Arthur Lima de AVILA 
2
 
RESUMO
: Frederick Jackson Turner (1861-1932) foium dos mais importantes historiadores norte-americanos do século XX. Através de sua atuaçãona academia, institucionalizou-se o estudo dachamada “história-problema”, em que a disciplinadeveria fornecer a compreensão do presenteatravés da análise do passado. Defensor do caráterpresentista da História e de um relativismomoderado, Turner estabeleceu vários dospressupostos que se tornariam padrões nasuniversidades dos Estados Unidos, como o estudodas “forças invisíveis” que ritmam e determinam oprocesso histórico e da grande massa de sereshumanos anônimos que ajudaram a construir ademocracia em terras americanas.
PALAVRAS
-
CHAVE
: Frederick Jackson Turner;historiografia norte-americana; presentismo.
 APRESENTAÇÃO
 
O historiador norte-americano FrederickJackson Turner (1861-1932) é considerado o grandepai da historiografia moderna nos Estados Unidos.Mais conhecido por sua famosa frontier thesis, quepostulava a centralidade do processo de expansãopara o desenvolvimento da democracia em terrasamericanas, ele foi um dos primeiros historiadores ainsistir no desvelamento dos fatores econômicos esociais que ritmavam a evolução das sociedades.Durante toda a sua vida profissional, que se estendeu
HISTÓRIA 
,
SÃO PAULO,
 
 v.24,
N
.1,
P
.191-223,
 
2005
 
191
 
 
FREDERICK JACKSON TURNER 
 
de 1890 a 1924, Turner foi um entusiasmadodefensor da função social da disciplina e danecessidade de se estudar a História para umamelhor compreensão do presente.O historiador nasceu em uma pequena cidadede Wisconsin, em 14 de novembro de 1861, erealizou a maior parte de sua formação acadêmica naUniversidade Estadual, localizada em Madison,capital do Estado. No biênio 1888-1889, Turnercompletou seus estudos na prestigiosa UniversidadeJohns Hopkins, em Baltimore, no que era o principalcentro de formação de cientistas sociais do período.Em 1890, o jovem retornou a Madison para assumirum posto como professor, cargo que ocuparia até1910, quando, no auge da fama, foi convidado aassumir uma cátedra em Harvard. Turner seaposentou em 1924 e faleceu na cidade de SanMarino, na Califórnia, em 1932. Quando de suamorte, ele era considerado o maior historiadornorte-americano e um dos principais pensadores dopaís.
3
O sucesso de Turner derivou em grandemedida de sua atuação decisiva no processo deinstitucionalização da profissão nos Estados Unidos(e da conseqüente mudança dos parâmetros deatuação dos historiadores) e da ampla ressonânciasocial encontrada por sua frontier thesis. Esta teoriaconseguiu, de maneira ímpar, não só explicar odesenvolvimento histórico dos Estados Unidos emuma linguagem científica, mas também criou umverdadeiro épico para a origem da nação,transferindo a ação dos grandes personagenshistóricos para a os milhares de anônimos queajudaram a construir a democracia americana.Até fins do século XIX, a historiografia norte-americana estava pautada por dois eixos de atuação:a história “romântica”, realizada por pesquisadoresamadores, e a chamada germ theory ou “teoria
192
 
HISTÓRIA 
,
SÃO PAULO
,
 
 v.24,
N
.1,
P
.191-223,
 
2005
 
 
O SIGNIFICADO DA HISTÓRIA 
 
genética”, defendida pelos poucos historiadoresprofissionais de então. A historiografia romântica,cujo maior expoente foi Francis Parkman, enfatizavaa narração e o aspecto literário da história emdetrimento de uma linguagem, ou mesmo de umametodologia mais científica. Os românticosdefendiam a historia magistra vitae, enfatizando seucaráter pedagógico.
4
 á a teoria genética enfatizava acontinuidade da democracia norte-americana, cujasorigens podiam ser remontadas às florestas daGermânia medieval. Os genes germânicos dos norte-americanos explicariam, portanto, o nascimento desuas instituições democráticas. Segundo esteshistoriadores, a história dos Estados Unidos estavaunida à Europa de maneira perene.
5
Turner e seus discípulos tiveram uma atuaçãodecisiva para a reversão deste quadro. Em 1893 oentão jovem historiador lançou ao mundo seu maisfamoso escrito, “The Significance of the Frontier inAmerican History” (“O Significado da Fronteira naHistória Americana”), onde estabelecia as bases dasua frontier thesis. Em linhas gerais, ele afirmavauma história autóctone para a América. Segundo ele,a fronteira havia sido o grande motor dodesenvolvimento social norte-americano e oprincipal motivo de sua excepcionalidade diante dasoutras nações da Terra. Os diversos pioneiros,homens e mulheres, eram os verdadeiros foundingfathers da nação. Mais do que isso, ele abandonava aidéia de uma fronteira fixa, como a européia, eintroduzia a noção de uma fronteira processual, istoé, em constante movimento, do Atlântico aoPacífico. Neste sentido, ele introduzia o estudo dosdiversos elementos econômicos e sociais que haviamsido determinantes para o movimento expansionista.Eram estas “forças invisíveis” que agiam sob asuperfície dos acontecimentos políticos e que deviam
HISTÓRIA 
,
SÃO PAULO,
 
 v.24,
N
.1,
P
.191-223,
 
2005
 
193
 

Activity (18)

You've already reviewed this. Edit your review.
1 hundred reads
1 thousand reads
chicolee1 liked this
Julia Buiatte liked this
Washington Vidal liked this
notrevenila liked this
daniso liked this
Cleverton Ramos liked this

You're Reading a Free Preview

Download
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->