Welcome to Scribd, the world's digital library. Read, publish, and share books and documents. See more
Download
Standard view
Full view
of .
Look up keyword
Like this
2Activity
0 of .
Results for:
No results containing your search query
P. 1
V Encontro de Filme e Vídeo Etnográfico

V Encontro de Filme e Vídeo Etnográfico

Ratings: (0)|Views: 51|Likes:
Published by gabrielufg

More info:

Categories:Types, Speeches
Published by: gabrielufg on Nov 07, 2010
Copyright:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

11/08/2010

pdf

text

original

 
V Encontro de Filme e Vídeo Etnográfico e Testemunhal
13 a 16 de outubro de 2010, Xalapa, Veracruz, México
Conclusões da Mostra
Uma das conclusões do encontro é que o filme e o vídeo etnográfico está sendoenriquecido com a incorporação de novas tecnologias.Nesse sentido é necessário reconhecer a crítica aos processos de representação dadiversidade sócio-cultural, onde os meios audiovisuais têm jogado um rol estacado queimplica várias lógicas de representação da diversidade, assim como aspectos éticos eestéticos relevantes.Reconhece-mos a grande diversidade de participantes procedentes de diferentestradições, o que estende o âmbito de filme e vídeo etnográfico a outras disciplinas egrupos.Adverte-se também o deslocamento do eixo dominante do filme e vídeo etnográfico emMéxico que, por muitas décadas, foi a representação do indígena. Hoje em dia, podemosdizer, como uma crítica a essa representação quase mítica dos povos originários, queassistimos a uma multiplicidade de ensaios que intentam mostrar a vasta gama deexpressões do que é nossa sociedade.Acerca do debate da integração, a identidade e a diversidade cultural do Méxicocontemporâneo, se coincidiu que nossas representações sócio-culturais são o produto deuma realidade marcante, mas também refletem a procura de outros referentes onde o sere o parecer já não implicam, necessariamente, uma contradição.Rafael Corkidhi manifestou que o filme a morto. Coincidimos em tanto que o filme e ovídeo etnográfico não aspiram a constituir-se em uma indústria, e se reconhece um novocenário de produção audiovisual a partir das diferentes possibilidades que se sugere emchamar de Arte Digital.Reconhece-se e aceita uma diversidade metodológica na produção audiovisual onde seadverte que dita produção pode cumprir com o propósito de tradução e interpretaçãocultural, mas também converter-se em um veículo de expressão de setores e grupossociais, assim como ser a referência certeira do repórter ou do viajante. Rafael Rebollar

You're Reading a Free Preview

Download
scribd
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->