Welcome to Scribd, the world's digital library. Read, publish, and share books and documents. See more ➡
Download
Standard view
Full view
of .
Add note
Save to My Library
Sync to mobile
Look up keyword
Like this
1Activity
×
0 of .
Results for:
No results containing your search query
P. 1
Despachopr792007_reg Matriculas Inscricoes

Despachopr792007_reg Matriculas Inscricoes

Ratings: (0)|Views: 379|Likes:
Published by Pedro Pimenta
REGULAMENTO DE MATRÍCULAS E INSCRIÇÕES
REGULAMENTO DE MATRÍCULAS E INSCRIÇÕES

More info:

Categories:Business/Law
Published by: Pedro Pimenta on Nov 20, 2010
Copyright:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as PDF, TXT or read online from Scribd
See More
See less

11/20/2010

pdf

text

original

 
Regulamento de Matrículas e Inscrições
INSTITUTO POLITÉCNICO DO CÁVADO E DO AVE1
REGULAMENTO DEMATRÍCULAS E INSCRIÇÕESArtigo 1(Âmbito)
O presente regulamento fixa as regras gerais relativas a matrículas e inscrições nos cursosministrados nas Escolas do IPCA.
Artigo 2.º(Competência)
A gestão das matrículas e inscrições é da responsabilidade dos Serviços Académicos do IPCA.
Artigo 3.º(Conceitos)
1.
 
«Matrícula» -
Acto pelo qual um estudante se regista, num curso ministrado nas Escolas doIPCA, independentemente de, no ano lectivo anterior, ter ou não frequentado um outroestabelecimento de ensino superior. A matrícula, por si só, não dá direito à frequência numcurso, é necessário proceder à inscrição anual nas unidades curriculares que integram o planode estudos do respectivo curso em que o estudante se matricula.2.
 
«Inscrição» -
Acto pelo qual o estudante, tendo matrícula válida no curso, fica emcondições de frequentar as unidades curriculares em que se inscreve.O estudante inscreve-se nos Serviços Académicos do IPCA nos prazos fixados para o efeito. Onúmero de unidades curriculares e/ou número de créditos a que o estudante se podeinscrever em determinado ano curricular encontra-se fixado no RIAPA da ESG, para os cursosda ESG, e no RIAPA da EST, para os cursos da EST.Cada estudante
apenas pode estar matriculado e inscrito num único estabelecimento
e
num único curso de ensino superior
. Quando esta condição não seja observada, considera-seapenas válida a primeira matrícula e inscrição.
3. «Matricula e Inscrição Válida» -
Um estudante possui uma matrícula e inscrição válidaquando em relação à mesma o estudante possui o seu processo completo e regularizado nostermos dos artigos 5.º, 8.º e 13.º do presente Regulamento.
4. «Inscrição para exames» -
Acto pelo qual o estudante se inscreve para realizar exame auma ou mais unidade curricular nas respectivas épocas de avaliação, nos períodos fixadospelos Serviços Académicos e nos períodos fixados nos Regulamentos de Estatutos e RegimesEspeciais.
 
Regulamento de Matrículas e Inscrições
INSTITUTO POLITÉCNICO DO CÁVADO E DO AVE2
5. «Interrupção de Inscrição» -
A inscrição de um estudante é interrompida quando umestudante validamente inscrito e matriculado num ano lectivo não realiza inscrição no anolectivo subsequente.
6. «Anulação de Matricula» -
A anulação de matrícula implica a anulação/eliminação detodos os actos académicos. O estudante ao anular a matricula deixa de ter registo académicono IPCA, implicando novo ingresso no ensino superior através dos regimes de acesso/ingressolegalmente previstos. A anulação da matrícula é solicitada a Presidente do IPCA.
7. «Anulação de Inscrição» -
A anulação da inscrição implica a anulação/eliminação dasinscrições realizadas no respectivo ano lectivo
.
Caso o estudante pretenda activar a inscriçãoterá de o fazer mediante o Regime de Reingresso. A anulação da inscrição é requerida aoPresidente do IPCA.
8
. «
Unidade Curricular» -
Unidade de ensino com objectivos de formação próprios que éobjecto de inscrição administrativa e de avaliação traduzida numa classificação final. Aunidade curricular substitui o anterior conceito de «disciplina». Inclui-se neste conceito oEstágio, Projecto, Simulação Empresarial, entre outros. O conjunto organizado de unidadescurriculares em que o estudante deve obter aprovação forma o plano de estudos do curso.
9. «Plano de estudos de um Curso» -
Conjunto organizado de unidades curriculares em queum estudante deve ser aprovado para (1) obter um determinado grau académico, (2) concluirum curso não conferente de grau, (3) reunir uma parte das condições para obtenção de umdeterminado grau académico
10.
 
«Mesmo Curso»
- Cursos com idêntica designação conducentes à atribuição do mesmograu ou cursos com designações diferentes mas situados na mesma área científica, tendoobjectivos semelhantes, ministrando uma formação cientifica similar e conduzindo àatribuição do mesmo grau e/ou atribuição de grau diferente, quando tal resulte demodificação ou adequação entre um ciclo de estudos conducente ao grau de bacharel e umciclo de estudos conducente ao grau de licenciado ou entre um ciclo de estudos conducenteao grau de licenciado e um ciclo de estudos integrado de mestrado.
11. «Duração Normal de um ciclo de estudos» -
Número de anos, semestres e ou trimestreslectivos em que o curso deve ser realizado pelo estudante, quando a tempo inteiro e emregime presencial.
12. «Curso do 1.º Ciclo»
- Ciclo de estudos conducente ao grau de licenciado. No ensinopolitécnico este ciclo de estudos tem 180 créditos e uma duração normal de 6 semestrescurriculares de trabalho dos estudantes. No ensino politécnico o grau de licenciado devevalorizar uma formação que visa o exercício de uma actividade de carácter profissional,assegurando aos estudantes uma componente de aplicação dos conhecimentos e saberesadquiridos às actividades concretas do respectivo perfil profissional.
13. «Curso do 2.º Ciclo» -
Ciclo de estudos conducente ao grau de mestre, que tem 90 a 120créditos e uma duração normal compreendida entre 3 a 4 semestres curriculares de trabalho.No ensino politécnico o ciclo de estudos conducente ao grau de mestre deve assegurar,predominantemente, a aquisição pelo estudante de uma especialização de naturezaprofissional.
 
Regulamento de Matrículas e Inscrições
INSTITUTO POLITÉCNICO DO CÁVADO E DO AVE3
14. «Tempo de Trabalho Total» -
Considera-se que a estimativa do tempo de trabalho adesenvolver por um estudante a tempo em inteiro ao longo do ano curricular, situa-se entremil e quinhentas e mil seiscentas e oitentas horas e é cumprido num período de 40 semanas,ao ritmo de 42 horas por semana.
15. «Horas de Contacto» -
Tempo utilizando em sessões de ensino de natureza colectiva,designadamente em sala de aula, laboratórios ou trabalhos de campo, e em sessões deorientação pessoal de tipo tutorial, nomeadamente:
T – aulas teóricas;
TP – aulas teórico/praticas;
PL – aulas práticas laboratoriais;
OT – orientação tutorial;
S – seminário;
E - estágio;
SM - simulação empresarial
16. «Crédito ECTS» -
Unidade de medida do trabalho do estudante sob todas as suasformas, designadamente, sessões de ensino de natureza colectiva, sessões de orientaçãopessoal de tipo tutorial, estágios, projectos, trabalhos no terreno, estudo e avaliação. É ovalor numérico que expressa o trabalho que deve ser efectuado por um estudante pararealizar uma unidade curricular.O número de créditos correspondente ao trabalho de um ano curricular é de 60. Um (1)crédito corresponde a 28 horas de trabalho do estudante.
17. «Créditos de uma unidade curricular» -
valor numérico que expressa o trabalho quedeve ser efectuado por um estudante para realizar essa unidade curricular.
18.
 
«Ano curricular», «semestre curricular» e «trimestre curricula
- partes do plano deestudos que devem ser realizadas pelo estudante, quando em regime de tempo inteiro epresencial, no decurso de um ano, semestre ou um trimestre lectivo. A cada ano curricularcorrespondem 60 créditos.
19. «Ano Curricular Completo» -
Considera-se que o estudante concluiu um ano curricularcompleto quando em relação a esse ano obteve aproveitamento à totalidade das unidadescurriculares e/ou à totalidade de créditos a que se encontrava inscrito.
20. «Transição de Ano/Passagem de Ano» -
O estudante transita para um ano curricularseguinte se tiver completado o número de unidades curriculares e/ou créditos fixados noRIAPA de cada Escola.
21. «Unidades Curriculares em Atraso» -
Unidades curriculares integradas num plano deestudos de um determinado ano curricular anterior àquele em que o estudante se encontrainscrito e em que não obteve aproveitamento.
22. «Unidades Curriculares de Anos mais Avançados» -
Unidade curriculares pertencentes aum plano de estudos de um ano curricular mais avançado àquele a que o estudante seencontra inscrito

You're Reading a Free Preview

Download
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->