Welcome to Scribd, the world's digital library. Read, publish, and share books and documents. See more
Download
Standard view
Full view
of .
Save to My Library
Look up keyword
Like this
18Activity
0 of .
Results for:
No results containing your search query
P. 1
SOBRE A PROFISSÃO DE SERVIÇO SOCIAL

SOBRE A PROFISSÃO DE SERVIÇO SOCIAL

Ratings:

4.81

(21)
|Views: 30,346|Likes:
Published by Cristiane Eulalio

More info:

Published by: Cristiane Eulalio on Oct 29, 2007
Copyright:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as DOC, PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

12/02/2012

pdf

text

original

 
SOBRE A PROFISSÃO DE SERVIÇO SOCIAL
Texto elaborado pela Comissão de Orientação e Fiscalização Profissional -COFI - CFESS
Definição da profissão:
 A profissão Serviço Social foi regulamentada, no Brasil, em 1957, mas asprimeiras escolas de formação profissional surgiram a partir de 1936.É umaprofissão de nível superior e, para exercê-la, é necessário que o graduadoregistre seu diploma no Conselho Regional de Serviço Social (CRESS) do estadoonde pretende atuar profissionalmente; há 24 CRESS e 3 delegacias de baseestadual e o Conselho Federal de Serviço Social (CFESS), órgãos de fiscalizaçãodo exercício profissional no país, dando cobertura a todos os estados. A Lei quea regulamenta é a 8662/93. Desde seus primórdios aos dias atuais, a profissãotem se redefinido, considerando sua inserção na realidade social do Brasil,entendendo que seu significado social se expressa pela demanda de atuar nasseqüelas da questão social brasileira, que em outros termos, se revela nasdesigualdades sociais e econômicas, objeto da atuação profissional, manifestasna pobreza, violência, fome, desemprego, carências materiais e existenciais,dentre outras. A atuação profissional se faz, prioritariamente, por meio deinstituições que prestam serviços públicos destinados a atender pessoas ecomunidades, que buscam apoio para desenvolverem sua autonomia,participação, exercício de cidadania e acesso aos direitos sociais e humanos;podem ser da rede do Estado, privada e ONG's. A formação profissional égeneralista, permitindo apreender as questões sociais e psicosociais com umabase teórico-metodogica direcionada à compreeno dos processosrelacionados à economia e política da realidade brasileira, contexto onde segestam as políticas sociais para atendimento às mazelas da sociedade. Para umcompetente exercício profissional é necessário um continuado investimento naqualificação, podendo dispor de cursos de aperfeiçoamento, especialização,mestrado e doutorado disponíveis, capacitando-se em suas práticas específicas.
 
Áreas de atuação:
A atuação do assistente social se faz desenvolvendo ou propondo políticaspúblicas que possam responder pelo acesso dos segmentos de populações aosserviços e benefícios construídos e conquistados socialmente, principalmente,aquelas da área da Seguridade Social. De modo geral, as instituições querequisitam o profissional de Servo Social se ocupam de probleticasrelacionadas a: criaas moradoras de rua, em trabalho precoce, comdificuldades familiares ou escolares, sem escola, em risco social, comdeficiências, sem falia, drogadictas, internadas, doentes; adultosdesempregados, drogadictos, em conflito familiar ou conjugal, aprisionados, emconflito nas relações de trabalho, hospitalizados, doentes, organizados emgrupos de interesses políticos em defesa de direitos, portadores de deficiências;idosos asilados, isolados, organizados em centros de convivência,hospitalizados, doentes; minorias étnicas e demais expressões da questãosocial. Devido à experiência acumulada no trabalho institucional, a (o)Assistente Social tem-se caracterizado pelo seu interesse, competência eintervenção na gestão de políticas públicas e hoje contribuindo efetivamente naconstrução e defesa delas, a exemplo do Sistema Único de Saúde - SUS, da LeiOrgânica da Assistência Social - LOAS e do Estatuto da Criaa e doAdolescente - ECA, participando de Conselhos Municipais, Estaduais eNacionais, bem como das Conferências nos 3 níveis de governo, onde se traçamas diretrizes gerais de execução, controle e avaliação das políticas sociais.
 
Características profissionais:
 A formão do (da) Assistente Social é de cunho humanista, portanto,comprometida com valores que dignificam e respeitam as pessoas em suasdiferenças e potencialidades, sem discriminação de qualquer natureza, tendoconstruído como projeto ético/ político e profissional, referendado em seuCódigo de Ética Profissional, o compromisso com a Liberdade, a Justiça e aDemocracia. Para tal, o (a) Assistente Social deve desenvolver como posturaprofissional à capacidade crítica/reflexiva para compreender a problemática e aspessoas com as quais lida, exigindo-se a habilidade para comunicação eexpressão oral e escrita, articulação política para proceder encaminhamentostécnico-operacionais, sensibilidade no trato com as pessoas, conhecimentoteórico, capacidade para mobilização e organização.

You're Reading a Free Preview

Download
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->