Welcome to Scribd, the world's digital library. Read, publish, and share books and documents. See more
Download
Standard view
Full view
of .
Save to My Library
Look up keyword
Like this
17Activity
0 of .
Results for:
No results containing your search query
P. 1
Doença bipolar - saúde - prevenção - curas naturais - homeopatia - exercícios

Doença bipolar - saúde - prevenção - curas naturais - homeopatia - exercícios

Ratings:

4.0

(1)
|Views: 9,820 |Likes:
Published by hortacasa

More info:

Published by: hortacasa on Aug 02, 2008
Copyright:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as DOC, PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

05/29/2013

pdf

text

original

 
DOENÇA BIPOLAR
Neste Artigo:
-
-
Qual a gravidade do problema?O Distúrbio ou Doença Bipolar, ou Distúrbio Maníaco-Depressivo,caracteriza-se por variações do humor entre dois pólos opostos,alternando períodos de mania (euforia exagerada) e depressão. Adoença bipolar tem confundido os médicos por séculos, masapenas nos últimos 40 anos começou ser realmente compreendidae tratada.
O que causa a Doença Bipolar?
Acredita-se que a doença bipolar seja apenas um elo em umacadeia de doenças psiquiátricas que vão desde a esquizofrenia atéa depressão, diferentes em manifestações e gravidade, porémcompartilhando uma causa biológica comum – mas existem críticosa esta teoria.Exames de ressonância magnética (RM) dos cérebros de pacientescom doença bipolar mostram anormalidades estruturais nohipocampo – o lado esquerdo do hipocampo estava bem maior queo direito. Na esquizofrenia, o hipocampo está diminuído.Ainda que nem todos os casos possam ser caracterizados comohereditários, os fatores genéticos têm um papel importante nadoença bipolar. Os cientistas acreditam que sejam necessáriosvários defeitos genéticos para desencadear a doença bipolar.Fatores ambientais também contribuem. Não existe uma causaúnica para esta doença complexa. Quando hereditária, a doençapode piorar nas gerações seguintes. Porém, não existem testesgenéticos disponíveis para detectar doença bipolar.
Qual a gravidade do problema?
A doença bipolar pode ser grave no longo prazo, ou leve com crisesocasionais. Os pacientes bipolares apresentam uma média de 8 a
 
10 episódios de depressão durante sua vida, mas algumas pessoaspodem passar por vários ciclos de depressão/mania por dia.Estima-se que cerca de 15% a 20% dos pacientes vítimas dedoença bipolar sem tratamento
cometam suicídio
*
– apenas umterço dos pacientes bipolares recebem tratamento.Mesmo com o uso regular dos medicamentos e umacompanhamento criterioso, as crises podem ocorrer. O tratamentosurte mais efeito nos pacientes cuja doença seja mais recente, nosadvindos de classes sociais mais altas e nos que cooperam com otratamento.Apesar de uma pequena porcentagem de pacientes seremaltamente produtivos ou criativos durante as fases maníacas, ascaracterísticas mais constantes durante estas fases são distorçãopensamento e comprometimento da capacidade de julgamento,levando a comportamentos perigosos.No estágio maníaco, por exemplo, a pessoa pode gastar tantodinheiro a ponto de arruinar-se financeiramente. Raiva, paranóia,promiscuidade e mesmo comportamentos violentos não são rarosdurante os episódios maníacos.Os pacientes bipolares necessitam de um apoio enorme para ajudar a evitar comportamentos arriscados e lutar contra a baixa auto-estima e o sentimento de culpa nas fases de depressão. Em todasas fases da doença, devem ser lembrados que as alterações dohumor irão passar e sua gravidade pode ser diminuída com otratamento.Não se deve subestimar efeitos negativos da doença sobre afamília, cônjuges e amigos íntimos. Freqüentemente, os familiaresse sentem estigmatizados na presença de um parente com doençamental e tendem a contemporizar a situação. Mesmo assim, muitosparentes que buscam ajuda para si e para o doente geralmente nãoresistem às mudanças devastadoras de humor, particularmentequando o paciente é verbalmente ou fisicamente agressivo duranteos episódios maníacos.Pouquíssimas pessoas, mesmo aquelas mais íntimas, possuem aobjetividade necessária para não levar um ataque maníaco emtermos pessoais. Em geral, os ataques maníacos são vistos comodeliberados, uma vez que o paciente quase sempre está bem no
 
momento em que tenta justificar seu comportamento. Muitosrelutam em admitir que estes episódios são parte de uma doença enão simplesmente características normais de sua personalidade.Copyright © 2008 Bibliomed, Inc.17 de julho de 2008Fonte:http://boasaude.uol.com.br:80/lib/ShowDoc.cfm?LibDocID=5421&LibCatID=5&fromhome=yes- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -
*
O texto nos informa que: “15% a 20% dos pacientes vítimas dedoença bipolar sem tratamento
cometem suicídio
”.
Muito bem, e qual é a porcentagem de pessoas que cometemsuicídio, e que fazem uso de medicamentos controlados (osmedicamentos de tarja preta!) receitados pelos psiquiatras?
Veja o que diz o Dr. Hagop Akiskal (psiquiatra) sobre pacientescom transtorno bipolar:
“Nossos estudos estão mostrando que muitos tipos dedepressão são, na verdade, transtornos bipolares. Pode-sedizer que acometem de 6% a 8% da população.
Essas pessoas não devem ser tratadas com antidepressivos,esses medicamentos podem fazê-las piorar.
Também éimportante destacar que, em nossos estudos, verificamosque
o perigo do suicídio é realmente alto entre as pessoas deprimidas por transtornos bipolares
. Paraconsumar esse ato, é preciso uma energia que odeprimido clássico não apresenta. Essa é mais uma razãopara buscar um diagnóstico preciso”.
(Dr. Hagop Akiskal,diretor do International Mood Center, do departamento de psiquiatria da Universidade da Califórnia, em San Diego,Estados Unidos).
 
Fonte:

Activity (17)

You've already reviewed this. Edit your review.
1 hundred reads
1 thousand reads
Luís Silva liked this
Gabriel Sar liked this
Juliana Cicero Matrone added this note
obrigada !!!!!
Marcia Martins added this note
nao consigo entender, dizem que tenho bipolaridade, e que essa doença é um problema do cerebro no hipocampo, que é necessario fazer o que os neurotransmissores não fazem, tipo tomar remedio para tirioide , pois ela não funciona mais. e se vc não toma remedio vai piorar cada vez mais, faço tudo o que vc disse acima, dormir, exercitar , comer , ler ... e estou bem pessima,
Rita da Silva liked this
Gilgamesh Tcu liked this
Tereza Portasio liked this
Cátia Almeida liked this

You're Reading a Free Preview

Download
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->