Welcome to Scribd, the world's digital library. Read, publish, and share books and documents. See more ➡
Download
Standard view
Full view
of .
Add note
Save to My Library
Sync to mobile
Look up keyword
Like this
38Activity
×
0 of .
Results for:
No results containing your search query
P. 1
Contradições Bíblicas

Contradições Bíblicas

Ratings:

4.88

(8)
|Views: 44,775|Likes:

More info:

Published by: Alisson Teles Cavalcanti on May 04, 2007
Copyright:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as PDF, DOC, TXT or read online from Scribd
See More
See less

04/11/2013

pdf

text

original

 
“Contradições”
 
Bíblicas
Por Artur Eduardo, em resposta às questões levantadas poruma jovem satanista.
2
 
Obs.: As refutações expostas estão se referindo à segunda pessoa pois o singelotrabalho foi feito, originalmente, para responder as argumentações de uma feiticeira,adepta da variação da bruxaria conhecida como
Thelema
, que se intitula “DarkHella”,que, vale salientar, é bastante conhecedora das Sagradas Escrituras. Esta moça,segundo seu relato, tem toda a família evangélica, e ela própria já foi membro dedeterminada igreja evangélica. Ela escreve em home pages de satanistas, na Net, e citou,em seus e-mails em correspondência conosco, rios pensamentos do satanismomoderno, propostos por Szandor La Vey. Acrescentamos explicações nas respostas,para seu melhor entendimento. Há muitas supostas “contradições” bíblicas, no e-mailque esta moça me enviou, contudo, várias destas caem no mesmo caso, por isso nosdetivemos em apenas um caso que tipifique outros do mesmo modelo. O e-mail quevocê vai ler foi ligeiramente modificado, e algumas explicações sobre as perguntasforam acrescentadas para melhor situá-lo. Estas explicações estarão em negrito.Quaisquer dúvidas, favor nos contactar via e-mail. Deus os abençoe!
Iremos nos deter às suas argumentões. Espero que voas analise comimparcialidade, pois todo em qualquer pressuposto em argumentações de "contradições" emum livro "histórico" (sim! A Bíblia é também o "Mais importante documento histórico de todos ostempos.!), precisamos de FATOS, e todo e qualquer pressuposto, baseado em crençaspessoais, (no seu caso, predispostas, a contradizer, a achar "erros" nas Sagradas Escrituras)devem ser abolidas.Começaremos isolando suas argumentações. Admira-me a sua "base"! (falo das fontesonde você pesquisou!), pois, pelas tais, podemos ver que, ou REALMENTE NÃO SABEMNADA DE BÍBLIA, ou caem no caso supra citado. São falhas aos extremos! E, desculpe-me,chegam até a serem um pouco infantis, haja vista denotarem um profundo desconhecimento devalores e crenças escriturísticos, presentes em culturas antigas, nem sempre explícitas emobras literárias das mesmas culturas, mas todas já suficientemente comprovadas ao ponto deserem matéria de sala de aula! Quando falei em isolar as argumentações, precisamos isolar osMilagres, propostos por Jesus, como o citado em Marcos 16
(no e-mail que ela me enviou,sua “fonte” cita os milagres como absurdos. Por isto a explicação da
dogmática da fé
)
Os sinais EXISTEM, e aí entra-se no campo da dogmática da fé, e você não crê em nada.Nunca VIU, portanto não pode afirmar que é um absurdo. Isto o é para você, somente. Emsegundo lugar precisamos isolar as informações do Antigo Testamento (Vejo que gosta do AT,"ele deve ter mais contradições", não é?).
(isto porque muitos pensam que o A.T. tem maiscontradições que o novo. Estas são, em sua maioria, narrativas em livros sobre omesmo assunto, tais como Crônicas e Reis, que apresentam discrepâncias. Na verdadenão há discrepâncias. Acontece que um livro geralmente serve de base para outro. Sãoautores diferentes, que põem seus pontos de vista, por exemplo na
idade em que um rei começa a reinar 
de fato ou de direito. Há casos em que o filho reina com o pai, aindavivo (com atos institucionais, inclusive), e por causa deste fato, uns autores dizem queum começou a reinar com “30 anos” (por exemplo.), e outro com “33 anos”. Isto porque,no primeiro caso, o rei era rei de
fato, mas não de direito
, ou seja, seu pai ainda estavavivo. No segundo, o autor registra o início do reinado do rei
na data da morte do seu pai 
,portanto à época em que o rei, assim fora estabelecido,
de direito
. Devemos tomar cuidado, contudo, com as contradições que recebemos. No e-mail enviado ao irmãoMar’Junior, o sr. César Medeiros usa de uma inverdade: 2 Cr. 36:11 e 2 Rs. 24:18 TEM AMESMA IDADE PARA O INÍCIO DO REINO DE ZEDEQUIAS, OU SEJA, 21 ANOS, E NÃO 21
3

Activity (38)

You've already reviewed this. Edit your review.
1 hundred reads
1 thousand reads
Joel liked this
castortoy liked this
Jose de Oliveira liked this
rolingfield liked this
Jose de Oliveira liked this

You're Reading a Free Preview

Download
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->