Welcome to Scribd, the world's digital library. Read, publish, and share books and documents. See more
Download
Standard view
Full view
of .
Save to My Library
Look up keyword
Like this
26Activity
0 of .
Results for:
No results containing your search query
P. 1
Recurso Especial e Recurso Extraordinário

Recurso Especial e Recurso Extraordinário

Ratings: (0)|Views: 5,465 |Likes:
Published by sdsn_advocacia

More info:

Categories:Types, Research, Law
Published by: sdsn_advocacia on Dec 01, 2010
Copyright:Traditional Copyright: All rights reserved

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

07/18/2013

pdf

text

original

 
Recurso Especial e Recurso Extraordinário: características gerais,requisitos de admissibilidade e a questão da repercussão geral
1
 Elisângela Franco Lopes 
2
Stephanos Demetriou Stephanou Neto
3
Sumário
: Introdução – 1. Requisitos de admissibilidade e questões emcomum 2 – Da petição dos recursos e a interposição simultânea 3 – Prequestionamento 4 – Exame de admissibilidade: dupla ou bipartida 5 – Sobre o exame da existência da repercussão geral 6 – Dos efeitos dosrecursos 7 – Do Recurso Especial 8 – Das hipóteses de cabimento doRecurso Especial 9 – Do Recurso Extraordinário 10 – Das hipóteses decabimento do Recurso Extraordinário 11 Repercussão geral 12 O processamento dos processos múltiplos 13 – Bibliografia consultada.
Resumo
:
 
O presente artigo tem como finalidade a análise dos Recursos Especial eExtraordinário, destacando as características comuns; hiteses passíveis deinterposição e o cabimento simultâneo; os requisitos de admissibilidade próprios decada recurso; as consequências para o processo da aceitação ou negativa destes pelotribunal respectivo, sopesados de maneira clara e objetiva. A questão da repercussãogeral introduzida no parágrafo III, do artigo 102, da Lei Máxima, pela emendaconstitucional nº. 45 de 2004, regulamentada pela Lei nº. 11.418 de 2006, é determinada pela existência da relevância social, política, econômica ou jurídica, requisitos preliminares de admissibilidade.
Palavras-chave
: Recurso Especial – Recurso Extraordinário – Prequestionamento – Repercussão geral.
Abstract
:
The aim of this article is to analyse the Special and the ExtraordinaryAppeals, pointing out their common features. The subjects here discussed are thehypotheses of submittance and the possibility of simultaneous submittance of  both forms of Appealing before a Higher Court; the requirements for their admissibility and the consequences for the legal case if they are accepted or refused before this Higher Court. The preliminary requirement of admissibilityfor these appeals is the general repercussion determined by the existence of social, political, economical or juridical relevance. This subject of generalrepercussion was inserted in the paragraph III of the article 102 of theConstitution by the constitutional amendment no. 45 of 2004 and furtherlyregulated by the Law no. 11.418 of 2006.
Key words
: Special Resources -
Special Appeals - Extraordinary Appeals
-
Prequestioning - General repercussion.
Área do Direito
: Constitucional; Processo civil; Processo penal.
1
Publicado originalmente na Novatio Iuris – Revista do Curso de Direito da ESADE. Porto Alegre: Escola Superior deAdministração, Direito e Economia, 2008.
2
Acadêmica de Ciências Jurídicas e Sociais da Escola Superior de Administração, Direito e Economia – ESADE,Estagiária da Defensoria Pública do Rio Grande do Sul e Estagiária Forense junto a 2ª Vara do Júri do Foro Central dePorto Alegre.
3
Acadêmico de Ciências Jurídicas e Sociais da Universidade do Vale do Rio dos Sinos – UNISINOS e EstagiárioForense da Defensoria Pública do Rio Grande do Sul.
 
 
Introdução
Os Recursos Especial e Extraordinário são caracterizados pelo exame dequestões de direito, o que significa análise apenas da negativa de vigência ou deviolação à lei federal ou da Constituição Federal e da impossibilidade de apreciação de provas, conforme salienta a Súmula 07 do STJ: “
a pretensão de simples reexame de prova não enseja recurso especial.”
e Súmula 279 do STF:
“para simples reexame de prova não cabe recurso extraordinário.”
 
4
Aos Tribunais Superiores, portanto, não se atribui o reexame de provas,devendo os fatos da demanda serem considerados conforme os da versão do acórdãorecorrido, porque as instâncias ordinárias decidem soberanamente a respeito deles.Importante salientar exemplos de questões de direito: a qualificação jurídica do fatoincontroverso ou a valorização de prova. Os Recursos Especial e Extraordinário
“sãomeios de impugnação que estão à disposição das partes, mas que visam na verdade àtutela do próprio direito federal, prestam-se somente ao reexame de questões dedireito, excluída a análise de matéria de fato; e, finalmente, são cabíveis apenas nashipóteses taxativamente elencados nos art. 102, III (recurso extraordinário) e 105, III (recurso especial) da Constituição Federal...”
5
  No Recurso Especial, julgado pelo Supremo Tribunal de Justiça, existecontrole do direito federal: caso um tribunal deixe de reconhecer ou apliqueerroneamente a lei federal ou o tratado. A negativa de vigência ocorre quando omagistrado consagra determinado dispositivo legal em lugar de outro que seria ocorreto; a violação ocorre, por outro lado, quando o tribunal emprega erroneamentedeterminada lei federal.De outro modo, no Recurso Extraordirio, julgado pelo SupremoTribunal Federal, a negativa de vigência fica evidenciada quando o tribunal deixa delegitimar 
 
a Constituição, e há violação quando aplica equivocadamente a Carta Magna.
1. Requisitos de admissibilidade e questões em comum
Em termos gerais, para que o Recurso Extraordirio e o RecursoEspecial sejam aceitos pelo Supremo Tribunal Federal e pelo Superior Tribunal deJustiça, respectivamente, são exigidos todos os requisitos de admissibilidade previstosno âmbito do Código de Processo Civil: cabimento, legitimidade, interesse em recorrer,tempestividade, preparo e inexistência de fato impeditivo ou extintivo do poder derecorrer. Todavia, para o cabimento do Recurso Especial e do Recurso Extraordinário,não basta o preenchimento dessas condições genéricas, visto que ambos possuemrequisitos de admissibilidade extremamente rigorosos.Importante observar que, se o acórdão recorrido envolveu questãofederal e constitucional, a parte deverá interpor simultaneamente, em petições diversas e
4
São exemplos de questões meramente de fato: a interpretação de cláusula contratual; defeitos dos atos jurídicos;quantum indenizatório e de pensões; culpa contratual ou extracontratual e intempestividade dos recursos.
5
FERNANDES, Antonio Scarance; GRINOVER, Ada Pellegrini e GOMES FILHO, Antonio Magalhães.
Recursos no processo penal.
São Paulo: Revista dos Tribunais, 2000, p. 267.
 
no prazo comum, o Recurso Especial e Extraordinário, sob pena de a questão nãoimpugnada transitar em julgado. 
6
2. Da petição dos recursos e a interposição simultânea
A divisão da petição de interposição do Recurso Extraordinário eRecurso Especial em tópicos como ordena o texto legal, objetiva a melhor clareza daargumentação: após a exposição do fato e do direito, na qual o recorrente fará umresumo da hipótese concreta que pretende reexaminada em sede excepcional, impõe-sea demonstração do cabimento, postulando ao Presidente ou Vice-Presidente do tribunal
a quo
o deferimento, bem como ao órgão
ad quem
o conhecimento, convencendo-ossobre o enquadramento da espécie em uma ou mais das hipóteses constitucionais derecebimento, além da presença dos demais pressupostos de admissibilidade.Finalmente, supondo que o recurso será processado e
 
conhecido, cumpreao recorrente oferecer ao órgão julgador os motivos pelos quais deve ser adotada novainterpretação a respeito do tema jurídico debatido, com a reforma da decisão recorrida.É preciso, sobretudo, que seja clara e objetiva a fundamentação desses recursos, comexpressa referência à disposição constitucional que os autoriza e, ainda, aos textos da própria Lei Maior ou de leis ordinárias que se relacionam às questões deduzidas perantea Corte.
7
 No caso de interposição simulnea do Recurso Especial eExtraordinário, primeiro se processa e julga o Especial, e depois se remetem os autos aoSupremo Tribunal Federal, para a apreciação do Recurso Extraordinário. Neste sentido,a norma do art. 543, do CPC dispõe que:
“Admitidos ambos os recursos, os autos serão remetidos ao Superior Tribunal de Justiça.§ Concluído o julgamento do recurso especial, serão os autos remetidos aoSupremo Tribunal Federal, para a apreciação do recurso extraordinário, se este nãoestiver prejudicado. § Na hitese de o relator do recurso especial considerar que o recursoextraordinário é prejudicial àquele, em decisão irrecorrível sobrestará o seu julgamento e remeterá os autos ao Supremo Tribunal Federal, para o julgamento dorecurso extraordinário.§ 3º No caso do parágrafo anterior, se o relator do recurso extraordinário, em decisãoirrecorrível, não o considerar prejudicial, devolverá os autos ao Superior Tribunal de Justiça, para o julgamento do recurso especial.”
Outro requisito comum de admissibilidade é a obrigatoriedade deesgotamento de todos os recursos ordinários, inclusive embargos infringentes (Súmula207 do STJ) 
8
. Conforme os arts. 102, III, e 105, III, da CF: somente cabe RecursoExtraordinário ou Recurso Especial em
“causas decididas em única ou últimainstância”
, razão pela qual é possível dizer que ocorrerá a interposição de Recurso
6
Súmula 126 do STJ:
“é inadmissível recurso especial, quando o acórdão recorrido assenta em fundamentosconstitucional e infraconstitucional, qualquer deles suficiente, por si só, para mantê-lo, e a parte vencida não manifestarecurso extraordinário.” 
7
Súmula 284 do STF:
“É inadmissível o recurso extraordinário, quando a deficiência na sua fundamentação não permitir a exata compreensão da controvérsia.” 
8
 
“É inadmissível recurso especial quando cabíveis embargos infringentes contra o acórdão proferido no tribunal deorigem.” 

Activity (26)

You've already reviewed this. Edit your review.
1 hundred reads
1 thousand reads
Dirciane Zatta liked this
Sergio Silva liked this
Kady Labanka liked this
Oscar Perius liked this
Priscila Lima liked this
te_aguardo liked this
Elisangela Muniz liked this

You're Reading a Free Preview

Download
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->