Welcome to Scribd. Sign in or start your free trial to enjoy unlimited e-books, audiobooks & documents.Find out more
Download
Standard view
Full view
of .
Look up keyword
Like this
1Activity
0 of .
Results for:
No results containing your search query
P. 1
Capitulo8

Capitulo8

Ratings: (0)|Views: 25|Likes:
Published by Diego Colares

More info:

Published by: Diego Colares on Dec 02, 2010
Copyright:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

12/02/2010

pdf

text

original

 
Noções de Topografia Para Projetos Rodoviarios
Capitulos
01 - Requisitos02 - Etaqpas03 - Traçado04 - Trafego e Clssificação05 - Geometria06 - Caracteristicas Técnicas07 - Distancia Visibilidade08 - Concordancias Horizontais09 - Locação Curva Circular10 - Superelevação11 - Curvas com Transição12 - Locação Curvas com Espiral13 - Super Largura14 - Greide15a - Ex. Parabola Comp. Minimo15b - Ex. Parabola Simples15c - Ex. Parabola Composta16 - Nota de Serviço17 - Area Seção Transversal18 - Volumes19 - Sobre Parabarabolas Final
 Capitulo 08 
CONCORDÂNCIA HORIZONTAL COM CURVAS CIRCULARES SIMPLES 
8.1. INTRODUÇÃO 
 A geometria de uma estrada é definida pelo traçado do seu eixo em planta e pelos perfislongitudinal e transversal. De maneira simplificada, o traçado em planta é composto detrechos retos concordados por curvas horizontais.Em princípio, uma estrada deve ter o traçado mais curto possível. Porém, ligeirasdeflexões, quando necessárias, podem harmonizar o traçado da estrada com a topografialocal.
8.2. GEOMETRIA DA CURVA CIRCULAR SIMPLES 
 Para concordar dois alinhamentos retos é muito utilizada a curva circular simples, devido asua simplicidade para ser projetada e locada. O estudo deste tipo de curva é fundamental,pois mesmo quando se emprega uma curva de transição a curva circular continua a serutilizada na parte central da concordância.Fig. 8.1: Curva horizontal circular simplesOs elementos apresentados na Fig. 8.1 são:PC = ponto de curva ou ponto de curvatura;PT = ponto de tangente ou ponto de tangência;PI = ponto de interseção das tangentes;D = desenvolvimento da curva;
= ângulo de deflexão;AC = ângulo central da curva;R = raio da curva circular;T = tangente externa;O = Centro da curva;E = afastamento;G = grau da curva;c = corda;
Página 1 de 8Capitulo 0828/06/2008http://www.topografiageral.com/Curso/capitulo%2008.php
 
d = deflexão sobre a tangente.A seguir, serão descritos alguns elementos da curva circular, em maiores detalhes.
a) RAIO DA CURVA (R)
É o raio do arco do círculo empregado na concordância,normalmente expresso em metros. É um elemento selecionado por ocasião do projeto, deacordo com as características técnicas da rodovia e a topografia da região. A escolha dovalor do raio pode ser feita também por meio de gabaritos, que representam, na escala daplanta, trechos de curvas circulares de diversos raios, de valores convenientementeescalonados, como exemplificado na Fig. 8. 2.Fig. 8. 2 : Exemplo de gabarito de uma curva circular simples
b) ÂNGULO CENTRAL (AC)
É o ângulo formado pelos raios que passam pelo PC e PTe que se interceptam no ponto O. Estes raios são perpendiculares nos pontos de tangênciaPC e PT. Este ângulo é numericamente igual a deflexão (
) entre os dois alinhamentos,como pode ser demonstrado:A soma dos ângulos internos do quadrilátero PC,PI,PT,O vale:Portanto:
c) TANGENTES (T)
São os segmentos de retas que vão do PC ao PI ou do PI ao PT(não confundir com a extensão do trecho em tangente entre duas curvas consecutivas).Pode-se determinar o comprimento "T" da seguinte forma:No triângulo PC, O, PI obtém-se:
Página 2 de 8Capitulo 0828/06/2008http://www.topografiageral.com/Curso/capitulo%2008.php
 
 Logo:
d) DESENVOLVIMENTO DA CURVA (D)
É o comprimento do arco do círculo que vaidesde o PC ao PT. A extensão do desenvolvimento da curva circular é obtida da seguinteexpressão:
e) GRAU DA CURVA (G)
Chama-se "grau da curva circular" ao ângulo central, quecompreende uma corda de um dado comprimento (c). O grau é independente do ângulocentral.Considerando a seguinte proporção na Fig. 8.1:Assim:Os valores mais usados do grau são o G20, que compreende uma corda de 20 metros(distância entre duas estacas consecutivas), o G10 (que compreende a semi-estaca ou 10metros) e o G5 que compreende a corda de 5 metros. Assim, teremos:
Página 3 de 8Capitulo 0828/06/2008http://www.topografiageral.com/Curso/capitulo%2008.php

You're Reading a Free Preview

Download
scribd
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->