Welcome to Scribd, the world's digital library. Read, publish, and share books and documents. See more ➡
Download
Standard view
Full view
of .
Add note
Save to My Library
Sync to mobile
Look up keyword
Like this
19Activity
×
0 of .
Results for:
No results containing your search query
P. 1
Sistema Excretor e Osmorregulação

Sistema Excretor e Osmorregulação

Ratings: (0)|Views: 5,468|Likes:
Published by cb_penatrujillo

More info:

Published by: cb_penatrujillo on Dec 14, 2010
Copyright:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as PDF, TXT or read online from Scribd
See More
See less

04/23/2013

pdf

text

original

 
Sistema Excretore Osmorregulação
Excreção
-Processo que permite
eliminar
do organismo os
resíduos dometabolismo celular
(substâncias tóxicas ou em excesso).
Osmorregulação
-Processo que permite
regular
as
concentrações de água e solutos
noorganismo. Para que ?-Para manter a
Homeostase
:-Capacidade de manter o meio interno constante e independente devariações ambientais.-Como os órgãos excretoresrealizam essas funções ?-
Ultrafiltração
e
reabsorção
Estruturas excretoraseosmorreguladorasnos animais
-Animais com
vacúolos contráteis
: esponjas de água doce, hidras-Animais com
protonefrídeos
: platelmintos, alguns filos de animais pseudocelomados-Animais com
metanefrídeos
: anelídeos-Animais com
túbulos de malpighi
: insetos-Animais com
rins
: vertebrados
Vacúolos contráteis
-Problema de esponjas e hidras de água doce: influxo de água (a águaentra por osmose). Qual seria a solução?-Solução: eliminar a água em excesso através
vacúolos contráteis
: ovacúolo acumula a água e depois a elimina repentinamente. E como osresíduos metabólicos são eliminados nesses animais?Excreção por difusão simples
 
Protonefrídeos
-Tubos com fundo cego (
células-flama
) e comacesso ao meio externo por meio de um
poroexcretor
FluidoscorporaisÁgua etoxinasReabsorçãoDuctosPoro excreto
Metanefrídeos
-O tubo faz conexão com a cavidade do corpo por meio de uma estruturaem forma de funil chamada
nefróstoma
nefridiodutonefridiópororede capilar (reabsorção) bexiganefróstomaintestinoMetanefrídeos-Sequência: celoma-nefróstoma-nefridioduto-bexiga-nefridióporoQuais são as diferençasentre os protoemetanefrídeos?
Túbulos de Malpighi
-Túbulos com fundo cego presentes na cavidade do inseto,desembocando no intestino.Funcionamento:-
Os excretas passam da cavidade (hemocele) para o túbulo de Malpighi-a condução dos excretas para o intestino posterior onde ocorre a
reabsorção
(de água esolutos) através de glândulas retais e
precipitação de ácido úrico
, que éeliminadonas fezes
Adaptação importante para a irradiação dosinsetos no meio terrestre!
Sistema excretorde vertebrados
Quais são os órgãos do sistema excretorde mamíferos?
Estrutura do néfron: glomérulos
são massas de capilares envolvidas por umacápsula, que filtram o sangue e conjunto de
túbulos
(proximal, alça de henledistal), envoltos por capilares, que coletam o material filtradono glomérulo.
Sistema ÓrgãoUnidade renal: néfron(4,5 milhões)
 
Mecanismo de formação da urina
1:
Filtração
do sangue no gloméruloformação do filtrado glomerular(água, sais,glicose, AAs, uréia) que segue para ostúbulos2:
Reabsorção ativa
(com gasto deenergia) e seletiva (glicose e sais)3:
Reabsorção passiva
da água (sem gastode energia)4: Coleta e eliminação da urina (água, uréia,sais)
Capacidade de reabsorção de água derins humanos:
1.600 litros passam pelosrins, 180 são filtrados e 178 sãoreabsorvidos produzindo-se cerca de 1 a 2litros de urina por dia
Evolução dos Rins dos vertebrados
Quais foram as tendências evolutivas ?
CiclóstomosPeixes e anfíbios Répteis, aves e mamíferos
Classificação dos animais segundoos tipos de excretas
Amonotélicos
(amônia): maioria dos animais aquáticos
Ureotélicos
(uréia): animais aquáticos e terrestres
Uricotélicos
(ácido úrico): adaptação a ambientes com pouca água (aves,répteis e insetos)AMÔNIAURÉIAÁCIDO ÚRICODiminuição da solubilidade em água e da toxicidadeAQUÁTICOSTERRESTRES
Osmorregulaçãonos vertebrados
Peixes
-
de água doce
: para evitar influxo de água: urinamuito diluída e captação ativa de sais pelas brânquias-
de água salgada
: para evitar perda de água:aumento da ingestão de água e eliminação de sais pelas brânquias
Anfíbios
-para evitar influxo de água: urina muito diluída ecaptação ativa de sais pela pele
Répteis
-
de água doce
: urina muito diluída-
terrestres
: eliminação de ácido úrico

You're Reading a Free Preview

Download
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->