Welcome to Scribd. Sign in or start your free trial to enjoy unlimited e-books, audiobooks & documents.Find out more
Download
Standard view
Full view
of .
Look up keyword
Like this
7Activity
0 of .
Results for:
No results containing your search query
P. 1
Contabilidade Geral - Aula 03

Contabilidade Geral - Aula 03

Ratings: (0)|Views: 649|Likes:
Published by Custosditoy

More info:

Published by: Custosditoy on Aug 06, 2008
Copyright:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

11/11/2012

pdf

text

original

 
 
José Bonifácio de Souza
 
- Contabilidade Geral
Imprimir
 
Aula 03 | 21/05/04 - Despesas incorridas e não pagas
 
BOA TARDE !!!DESPESAS
INCORRIDAS E NÃO PAGAS
 O que caracteriza uma despesa
incorrida
é o fato gerador ter ocorrido dentro do período emestudo. Ocorrendo este sem o correspondente pagamento deve a empresa fazer o lançamento dadespesa no final do período. São exemplos destas despesas:a)
Salários do período a serem pagos no período seguinte
 
como o empregado trabalhou noperíodo, ele já faz jus a seu salário, e, como este não está sendo pago no final do período, a empresadeve apropriar a despesa correspondente, através do lançamento:Despesa de Saláriosa Salários a Pagarb)
 Provisão para férias dos empregados;
a
 
empresa deverá deduzir no final do período, comocusto ou despesa operacional, a importância destinada a constituir provisão para pagamento futurodos dias de férias a que o empregado játiver direito na data do balanço. O lançamento será:Custo / Despesa Operacionala Provisão para Fériasc)
 Provisão para 13° salário:
a empresa constituirá esta provisão mensalmente com o valorcorrespondente a 1/12 da folha de pagamento. O lançamento sem:Custo / Despesa Operacionala Provisão para 13° SalárioNOTA.: para as empresas que encerram suas demonstrações contábeis no final do ano (31/12) epagam o 13° sem atraso, não existirá saldo nesta conta na data do balanço final.d)
 Provisão para riscos fiscais e outras contingências:
 destina-se a dar cobertura a perdas ou despesas
 já incorridas.
mas ainda não desembolsadas, taiscomo indenizações contratuais. contingências fiscais, contingências trabalhistas. etc. Esta provisãotem ainda as seguintes particularidades:. representa uma apropriação ao resultado do exercício, contrapartida de perdas extraordinárias,despesas ou custos cujo fato
 gerador
 já ocorreu;. deve ser constituída independentemente de a companhia apresentar lucro ou prejuízo no exercício.Além disso como o evento que serviu de base à constituição dessa provisão já ocorreu, não há, emprincípio, reversão dos valores registrados. A pequena sobra ou insuficiência édecorrente docálculo estimativo feito à época de sua constituição;. se a probabilidade for difícil de calcular ou se o valor não for mensurável, há necessidade de uma
 nota explicativa
esclarecendo o fato e mencionando tais impossibilidades.O lanamento corresondente é feito debitando a desesa estimada e creditando a
 
Página 1 de 4Curso Aprovação6/8/2008http://www.cursoaprovacao.com.br/aulasonline/aulas/bonifacio/impressao/press_contabi...
 
provisão correspondente. como no exemplo a seguir:Contingências Fiscaisa Provisão para Contingências Fiscaisf)
Outras despesas a prazo,
tais como a Provisão para oImposto de Renda (PIR) e a Contribuição Social sobre o Lucro (CSSL).
OBSERVAÇÕES
: estas duas provisões (PIR e CSSL) são calculadas com base na legislaçãoespecifica de cada um desses tributos, o que significa dizer que suas
 bases de cálculo
nãocorrespondem exatamente ao
lucro contábbil,
e sim ao
lucro
 fiscal,
que é calculado a partir do lucrocontábil, mas com
 ajustes
especificados pela legislação do Imposto de Renda e pela legislação daContribuição Social sobre o Lucro. Desta forma, pode-se ter lucro contábil em determinado exercícioe não haver Imposto de Renda e/ou Contribuição Social sobre o Lucro devidos, em virtude dessesajustes positivos e negativos feitos ao lucro contábil (e vice-versa, pode-se ter prejuízo contábil, maslucro fiscal, o que indicará que há Imposto de Renda e/ou Contribuição Social sobre o Lucrodevidos). Desta forma, a apuração desses tributos é extracontábil.
RECEITAS
GANHAS
E NÃO RECEBIDAS
 Uma
receita ganha
(
auferida
) e
não recebida
e aquela a que se fez jus dentro do períodocontábil, pois o fato gerador já ocorreu. Se ela ainda não estiver contabilizada na data do balanço,deve ter seu valor calculado com base em critérios razoáveis (contrato, apropriação proporcional daobra já executada, etc.), fazendo-se o lançamento correspondente. Exemplo: serviços já prestados nadata do balanço, cujo recebimento se dará no período seguinte. O lançamento sem:Clientesa Receita de ServiçosATIVOS QUE SE TORNARAM DESPESASSe um desembolso ou uma dívida assumida beneficiar mais de um exercício social, o valorcorrespondente deve ser lançado no Ativo. Ao final do período, é necessário determinar qual aparcela desse ativo que já está consumid
a
 ,
considerando-a como despesa do período, em atendimentoao Princípio da Competência. A parcela restante, ainda não consumida. continuará ativada.Exemplo: em 30/09/03, a empresa adquire uma apólice de seguros por R$ 12.000, com prazo devalidade de 1 ano, a contar do dia seguinte, pagando antecipadamente o valor total. Nesta data, seráfeito o lançamento:Seguros a Vencera Bancos c/Mov.12.000Em 31/12/03. será feita a contabilização correspondente à despesa de seguros relativa aos 3meses de 2003 (R$ 3.000) como segue:Despesa de Seguros a Seguros a Vencera conta Seguros a Vencer 3.000e a conta irá para o balanço pelo saldo de R$ 9.000, referente aos 9 (nove) meses a vencer em 2004.OBS.: o mesmo procedimento será adotado para as contas Juros a Vencer, Aluguéis a Vencer, etc.PASSIVOS QUE SE TORNARAM RECEITASDe forma idêntica ao apresentado no item anterior, sempre que um recurso recebido em
 
Página 2 de 4Curso Aprovação6/8/2008http://www.cursoaprovacao.com.br/aulasonline/aulas/bonifacio/impressao/press_contabi...
 
dinheiro (ou promessa de pagamento por parte do cliente) beneficiar mais de um períodocontábil, a parcela, o valor correspondente deverá ser lançado no Passivo. Ao final do período, énecessário determinar qual a parcela desse passivo que já está
ganha
pela empresa, considerando-acomo receita do período, em atendimento ao Princípio da Competência. A parcela restante, ainda nãoganha (auferida!), continuará registrada no Passivo.Exemplo: em 01/10/03, a empresa recebe um adiantamento de R$ 120.000 de seu cliente, relativo aum contrato de prestação de serviços a ser executados pela empresa, com prazo de validade de 1 ano,a contar da data do recebimento. Nesta data, será feito o lançamento:Caixaa Adiantamentos
de
Clientes 120.000Em 31/12/03, será feita a contabilização correspondente à receita de serviços relativa àprestação dos serviços correspondentes aos 3 (três) meses de 2003 (R$ 30.000)como segue:Adiantamentos de Clientesa Receita de
 
Serviços 30.000e a conta Adiantamentos de Clientes [PC]
 
irá para o balanço pelosaldo de
 
R$ 90.000, referente aos 9 (nove) meses de serviçosa executar em 2004
.
 
EXERCÍCIOS
 
01 - No encerramento das despesas e das receitas em cada exercício, para se apurar o lucro ouprejuízo do ano:
 a) elas são mantidas em aberto;b) as receitas são creditadas e as despesas são debitadas;c) ambas são estornadas;d) as despesas são creditadas e as receitas são debitadas.
02 - A conta Seguros a Vencer corresponde:
 a) obrigação;b) conta do patrimônio líquido;c) despesa paga antecipadamente;d) despesa a pagar.
03 - Considere-se ............, quando ocorre o pagamento sem a ocorrência do fato gerador destadespesa (sem contraprestação):
 a) despesa antecipada;b) despesa a pagar;c)despesa diferida;d) despesa a receber.
 
Página 3 de 4Curso Aprovação6/8/2008http://www.cursoaprovacao.com.br/aulasonline/aulas/bonifacio/impressao/press_contabi...

Activity (7)

You've already reviewed this. Edit your review.
1 thousand reads
1 hundred reads
war7 liked this
fabi0s liked this
Cronoss2010 liked this
Alex_RH liked this
cad2211 liked this

You're Reading a Free Preview

Download
scribd
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->