Welcome to Scribd, the world's digital library. Read, publish, and share books and documents. See more ➡
Download
Standard view
Full view
of .
Add note
Save to My Library
Sync to mobile
Look up keyword
Like this
19Activity
×
0 of .
Results for:
No results containing your search query
P. 1
PARECER JURÍDICO cota cobertura condominio

PARECER JURÍDICO cota cobertura condominio

Ratings:

4.67

(3)
|Views: 30,985|Likes:
Published by jake
Rateamento das despesas para quem mora em cobertura segundo o código civil
Rateamento das despesas para quem mora em cobertura segundo o código civil

More info:

Published by: jake on Aug 07, 2008
Copyright:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as PDF, DOC, TXT or read online from Scribd
See More
See less

07/10/2013

pdf

text

original

 
 
ARECERJUDICO
: 06/08/2008
DATA
:
ASSUNTO
 
OTACONDOMINIALDEVIDAPELA
 
OBERTURA
, ,
Cumpre esclarecer prefacialmente que o assunto
 . ,
é bastante controverso Em pesquisa feita na internet é grande a
 ,
discuso sobre o tema muitos defendem a posição de que os
 
proprietários de cobertura devem pagar valor igual aos valores
 . ,
pagos pelos moradores de apartamentos tipo Por sua vez do
 ,
outro lado da discuso muitos defendem que o valor pago pela
 .
cobertura deve ser equivalente à sua área
, , ,
Diante de tal quadro necessário perquirir então o
 .
que a lei diz a respeito
, 2002
Neste sentido o Código Civil de determina
 :
que
. 1.315.
rt
 
O condômino é obrigado, naproporção de sua parte, a concorrer para asdespesas de conservação ou divisão da coisa,e a suportar o ônus a que está sujeita.
 
,
Assim não existindo nada previsto em convenção
 ,
de condomínio as regras quanto ao rateio das despesas de
 ,
conservação ou divisão da coisa comum são reguladas pelo Novo
 .
Código Civil
, ,
Segundo o Código Civil portanto dois
 .
apartamentos comuns devem pagar valores iguais de condomínio
 
E um apartamento com área igual ao dobro do apartamento
 , .
comum deve pagar o valor em dobro do condomínio A regra
 , ,
estabelecida pela lei civilista por conseguinte estabelece a
 1 2.
proporção de para
:
Aplicada a regra Para um apartamento tipo que
 400,00, ,
pague uma taxa condominial de R$ uma cobertura com o
 , ,
dobro da área privada construída deverá pagar
 , 800,00.
proporcionalmente R$
Segundo o civilista CAIO MÁRIO, "é de princípio que atodos os condôminos compete concorrer na proporção de sua parte para asrespectivas despesas. Assim, já dispunha o Código Civil (art. 624), quanto aocondomínio tradicional e assim, continuou sendo, no tocante ao especial, aantiga como a vigente." (Condomínio e Incorporações, Editora Forense, 7
o
Ed. página 142).No mesmo sentido a recente jurisprudência do Tribunal deJustiça de São Paulo:
Ementa:
DESPESAS DE CONDOMÍNIO - COBRANÇA -PROPRIETÁRIO - COMPROMISSO DE COMPRA EVENDA NÃO REGISTRADO - LEGITIMIDADE PASSIVAAD CAUSAM DESTE. Nas ões de cobrança dedespesas condominiais sobre imóvel alienado, mas nãoregistrado no respectivo cartório, o antigo proprietáriotambém é parte legítima para integrar o pólo passivo daação. COBRANÇA. O proprietário da unidade autônomaresponde, na proporção de sua parte, pelas respectivasdespesas condominiais. RECURSO PROVIDO. (grifei)
Relator(a):
Emanuel Oliveira
Comarca:
Guarulhos
Órgão julgador:
34ª mara de Direito Privado
Data do julgamento:
23/07/2008
Data de registro:
29/07/2008
 
Vale lembrar que atualmente, no edifício Siyahga, a taxade condomínio paga a mais pela cobertura foi estabelecida no valor fixo deR$ 148,00 e não segundo dispõe o código civil.
,
Diante da lei e do dissenso dos moradores o
 ,
caminho melhor a ser adotado é a realização de uma reunião
 , ,
onde juntos os moradores podeo atras de consenso ou
 , ,
votação chegar a uma solução diferente do que determina a lei
 
pois estabelecida convenção entre os condôminos esta é que
 , ,
passaa reger a maria em outras palavras falei entre as
 . , :
partes Neste sentido o Superior Tribunal de Justiça
Recurso Especial - Ação de Cobrança - Taxascondominiais - Cririo de rateio expresso naConvenção - Conformidade com a lei 4.591/64 -Validade - Recurso o conhecido. 1 - A teor da jurisprudência desta Corte, havendo disposãoexpressa na Convenção Condominial a respeito docritério de rateio das despesas comuns, emconformidade com o disposto no artigo 12, § 1º, da Lei4.591/64, aquela deve ser observada. 2 - Recurso nãoconhecido."
(STJ, . Turma, REsp 763607/SP, Min.JORGE SCARTEZZINI, Julg. 16/02/2006, Publ. DJ13.03.2006, p. 333) (grifei)
, , ,
Vale lembrar por fim que quem mora em
 
cobertura com fração ideal maior tem direito a voto proporcional
 . ,
nas decies do condonio No caso do Edificio Siyhaga como a
 , , ,
cobertura tem área de uso privativo dobrada o seu voto sempre
 .
valerá o dobro do voto dado por um apartamento comum
Termos em que, com a devida vênia, subscrevo o presenteparecer.

Activity (19)

You've already reviewed this. Edit your review.
1 hundred reads
1 thousand reads
Edson Costa liked this
Tio Sven Zé liked this
mlm6 liked this
Pablo Vitório liked this
Luciane Xavier liked this

You're Reading a Free Preview

Download
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->