Welcome to Scribd. Sign in or start your free trial to enjoy unlimited e-books, audiobooks & documents.Find out more
Download
Standard view
Full view
of .
Look up keyword
Like this
153Activity
0 of .
Results for:
No results containing your search query
P. 1
Neurociência - (Introdução à Ciência Cognitiva) - mente - cérebro - emoções

Neurociência - (Introdução à Ciência Cognitiva) - mente - cérebro - emoções

Ratings:

4.82

(1)
|Views: 22,394|Likes:
Published by MaxNel

More info:

Published by: MaxNel on Aug 07, 2008
Copyright:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as DOC, PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

02/24/2014

pdf

text

original

 
Neurociência
 
A neurociência é o estudo da realização física doprocesso de informação no sistema nervoso humano animale humano. O estudo da neurociência engloba três áreasprincipais: a neurofisiologia, a neuroanatomia eneuropsicologia.A neurofisiologia é o estudo das funções do sistemanervoso. Ela utiliza eletrodos para estimular e gravar areação das células nervosas ou de área maiores do cérebro.Ocasionalmente, separaram as conexões nervosas paraavaliar os resultados.A neuroanatomia é o estudo da estrutura do sistemanervoso, em nível microscópico e macroscópico. Osneuroanatomistas dissecam o cérebro, a coluna vertebral eos nervos periféricos fora dessa estrutura.A neuropsicologia é o estudo da relação entre asfunções neurais e psicológicas. A principal pergunta daneuropsicologia é qual área específica do cérebro controlaou media as funções psicológicas. O principal método deestudo usado pelos neuropsicólogos é o estudo docomportamento ou mudanças cognitivas que acompanhamlesões em partes específicas do cérebro. Estudosexperimentais com indivíduos normais também sãocomuns.
Estrutura e funcionamento do sistema nervoso
Observando a estrutura do sistema nervoso,percebemos que eles têm partes situadas dentro do cérebroe da coluna vertebral e outras distribuídas por todo corpo.As primeiras recebem o nome coletivo de sistema nervosocentral (SNC), e as últimas de sistema nervoso periférico(SNP). É no sistema nervoso central que está a grande
 
maioria das células nervosas, seus prolongamentos e oscontatos que fazem entre si. No sistema nervoso periféricoestão relativamente poucas células, mas um grandenúmero de prolongamentos chamados fibras nervosas,agrupados em filetes alongados chamados nervos.Os nervos (conjunto de neurônios) podem ser divididosem nervos que levam informação para o SNC e nervos quelevam informação do SNC. Os primeiros são chamadosfibras aferentes e os últimos de fibras eferentes. As fibrasaferentes enviam sinais dos receptores (células querespondem ao estímulo sensorial nos olhos, ouvidos, pele,nariz, músculos, articulações) para o SNC. As fibraseferentes enviam sinais do SNC para os músculos e asglândulas.Os neurônios são formados por três partes: a soma, osaxônios e os dendritos. A parte central, corpo celular ousoma, contém o núcleo celular. Pode-se observar que asoma possui grande número de prolongamentos,ramificando-se múltiplas vezes como pequenos arbustos,são os dendritos. É através dos dendritos que cadaneurônio recebe as informações provenientes dos demaisneurônios a que se associa. O grande número de neurôniosé útil a célula nervosa, pois permite multiplicar a áreadisponível para receber as informações aferentes. Saindoda soma também, existe um filamento mais longo e fino,ramificando-se pouco no trajeto e muito na sua porçãoterminal, é o axônio. Cada neurônio tem um único axônio, eé por ele que saem as informações eferentes dirigidas àsoutras células de um circuito neural.A região de contato entre um terminal de fibra nervosae um dendrito ou o corpo (mais raramente um outroaxônio) de uma segunda célula, chama-se sinapse, econstitui uma região especializada fundamental para oprocessamento da informação pelo sistema nervoso. Nasinapse, nem sempre, os sinais elétricos passam semalteração, podem ser bloqueados parcial oucompletamente, ou então multiplicados. Logo, não ocorre
 
apenas uma transmissão da informação, mas umatransformação durante a passagem.A transmissão sináptica pode ser química ou elétrica.Na sinapse elétrica, as correntes iônicas passamdiretamente pelas junções comunicantes (região deaproximação entre duas células) para as outras células. Atransmissão é ultra-rápida, já que o sinal passapraticamente inalterado de uma célula para outra. Nasinapse química, a transmissão do sinal através da fendasináptica (região de aproximação entre duas células, bemmaior que as junções comunicantes) é feita através deneurotransmissores. A sinapse química pode ser exitatória,quando ocorre um aumento no estímulo recebido peloneurônio pós-sináptico, ou inibitória, quando ocorre umadiminuição do estímulo no neurônio pós-sináptico. Sãoessas transformações ocorridas durante a sinapse quegarantem ao sistema nervoso a sua enorme diversidade ecapacidade de processamento de informaçãoUma das melhores maneiras de perceber a influênciados neurotransmissores na cognição é observando aquantidade de drogas cujo efeito provêm da modificação daatividade dos neurotransmissores, como a nicotina.
Plasticidade
Plasticidade é a capacidade do sistema nervoso alteraro funcionamento do sistema motor e perceptivo baseadoem mudanças no ambiente.Estudos comprovam a hipótese sobre odesenvolvimento neural e a aprendizagem na qual funçõesparticulares de processamento de informação sãocontroladas por grupos especiais de neurônios, mas quandouma dessas funções fica inutilizada, os neurôniosassociados a ela passam a controlar outra função. Porexemplo, se os neurônios que normalmente recebiamestímulos do olho esquerdo pararem de receber esseestímulo, eles se tornariam responsáveis pelos estímulos doolho direito. O inverso também é verdadeiro, quando as

Activity (153)

You've already reviewed this. Edit your review.
psychoze liked this
1 thousand reads
1 hundred reads
gustavooc liked this
fhmarq1034 liked this
Marcelo Khan liked this
Eliana Reyss liked this

You're Reading a Free Preview

Download
scribd
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->