Welcome to Scribd. Sign in or start your free trial to enjoy unlimited e-books, audiobooks & documents.Find out more
Download
Standard view
Full view
of .
Look up keyword
Like this
9Activity
0 of .
Results for:
No results containing your search query
P. 1
Formas Persuasivas de Comunicação Política - Resenha

Formas Persuasivas de Comunicação Política - Resenha

Ratings:

4.0

(1)
|Views: 1,001|Likes:
Published by Franciele Finck
Resenha do livro Formas Persuasivas de Comunicação Política.
Resenha do livro Formas Persuasivas de Comunicação Política.

More info:

Categories:Types, School Work
Published by: Franciele Finck on Aug 09, 2008
Copyright:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as DOC, PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

07/07/2010

pdf

text

original

 
P
ONTIFÍCIA
U
NIVERSIDADE
C
ATÓLICA
 
DO
IO
G
RANDE
 
DO
S
UL
FF
ACULDADEACULDADE
 
DEDE
CC
OMUNICAÇÃOOMUNICAÇÃO
SS
OCIALOCIAL
RResenha do Livro:esenha do Livro:“Formas“Formas Persuasivas dePersuasivas de ComunicaComunicaçção Pol ão Pol íticaítica – – PropagandaPropaganda Pol Pol ítica eítica e Publicidade Eleitoral Publicidade Eleitoral 
 Nomes:
 F
RANCIELE
F
INCK 
Curso:
 Jornalismo
Disciplina:
 Introduçãoçãoà Publicidade e Propaganda
 Nível:
II
Professora:
Neusa Demartini GNeusa Demartini Gomes
 
Porto Alegre – RS, 14de maio de 2003.de maio de 2003.
 R Resenha do Livro:esenha do Livro:“Formas“Formas  Persuasivas de Comunica Persuasivas de Comunicaçção Pol ão Pol íticaítica –  –   Propaganda Propaganda  Pol  Pol ítica e Publicidade Eleitoral ítica e Publicidade Eleitoral 
Em seu livro, “Formas Persuasivas de Comunicação Política”, Neusa faz uma amplaanálise do período da campanha eleitoral, nos mais diversos aspectos, enfatizando a idéiade que a informação é essencial, tanto ao candidato quanto ao eleitor. Destaca quatrofatores necessários ao sucesso da campanha: grande capital, boa máquina eleitoral, apoios ealianças e, por fim, disponibilidade de meios de comunicação em massa. Todos estes sãofatores que, quando combinados, resultam na vitória eleitoral do candidato.As campanhas devem ser informativas, e não restritas ao período eleitoral, masconstruir a história de um candidato ao longo de sua vida política, além de divulgar seusfeitos enquanto governante.Mas há casos em que a campanha não necessariamente tem cunho informativo,como quando há apenas um candidato disputando o cargo e existe a obrigatoriedade dovoto. Assim, outras idéias devem ser adotadas, tais quais: a necessidade do povo de líderesque atuem em seu favor; a interatividade entre candidatos e eleitores; a legalização dosistema político a fim de igualar direitos e deveres entre os candidatos; a focalização dacampanha em um ponto central, interessante ao candidato (ou seu partido/coligação) e à população; a campanha deve adotar símbolos, sejam eles visuais ou apenas ideológicos;maior direcionamento das campanhas à politização da população; renovação da chapaeleitoral; um histórico da vida política do candidato, expondo seus valores morais aoeleitorado, seus pontos positivos.Em se falando de comportamento durante a campanha eleitoral, são destacados taisfatores influentes na decisão do voto: filiação ou simpatia de um determinado indivíduo por tal partido; “fatores geográficos espaciais em função da sua composição espacial global,sua cultura política particular, sua estrutura econômica e os aspectos locais dascaracterísticas de uma campanha e uma eleição particular”; a influência que um eleitor exerce sobre outro com sua decisão; a crença que os eleitores têm, por influências culturaiscaracterísticas da região, em determinado ideal político; o voto de uma comunidade emdeterminado candidato por conveniência, algum favor a ser prestado pelo político; votoinfluenciado pela qualidade da campanha ante os demais candidatos; a influência de umeleitor sobre outros através de suas opiniões; a decisão do voto é influenciada pela opiniãoda comunidade (voto de integração); instabilidade na opinião do eleitorado, já que “o votodos brasileiros continua sendo muito mais emocional que racional, embora as campanhaseleitorais durem tanto tempo”. Neusa também destaca a diferença entre marketing político e marketing eleitoral. O primeiro, é a promoção de um candidato ou partido político em qualquer época,indiferentemente de estarem ocorrendo eleições ou não. É um trabalho feito a longo prazo.Já o segundo, é a promoção da imagem de determinado candidato com o objetivo de elegê-lo no corrente período eleitoral, uma campanha de resultados quase que instantâneos. Aautora também apresenta um planejamento para a promoção do candidato ou do partido.

Activity (9)

You've already reviewed this. Edit your review.
1 hundred reads
1 thousand reads
fabriicio liked this
jo3lma liked this
budpoa liked this
ruanhmeneses liked this
Herik Bianke liked this
cravmg liked this
dacgp liked this

You're Reading a Free Preview

Download
scribd
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->