Welcome to Scribd, the world's digital library. Read, publish, and share books and documents. See more
Download
Standard view
Full view
of .
Save to My Library
Look up keyword or section
Like this
18Activity

Table Of Contents

SUMÁRIO
AGRADECIMENTOS
LISTA DE FIGURAS
LISTA DE TABELAS
RESUMO
ABSTRACT
INTRODUÇÃO
CAPÍTULO 1
1.1 ENERGIA E EFICIÊNCIA ENERGÉTICA
1.2 LEI DA EFICIÊNCIA ENERGÉTICA
CAPÍTULO 2
2.1 SENSOR DE PRESENÇA
Tabela 2.1 - Sensores de presença: potenciais de conservação
2.2 MINUTERIAS
2.2.1 MINUTERIA INDIVIDUAL
2.2.2 MINUTERIA ELETRÔNICA
2.3 VARIADOR DE TENSÃO - DIMMER
2.4 CÉLULA FOTOELÉTRICA
2.5 INTERRUPTOR CARTÃO
2.6.1 COMUTADORES FOTOELÉTRICOS
Figura 2.1 - Fotocélula Exatron
Figura 2.2 – Esquema de regulação da luminosidade da Fotocélula Exatron
Figura 2.3 - Fotocélula Coel
2.6.1.1 OUTROS FABRICANTES E/OU REPRESENTANTES
2.6.2 SENSORES DE PRESENÇA
Figura 2.8 - Sensor de presença Merlin Gerin
Figura 2.11 – Sensor de presença com minuteria Exatron
Figura 2.12 - Sensor de presença conjugado com luz e minuteria da Alfatronic
2.6.2.1 OUTROS FABRICANTES E/OU REPRESENTANTES
2.6.3 INTERRUPTOR-CARTÃO PARA GERENCIAMENTO DE ILUMINAÇÃO
Figura 2.13 - Interruptor cartão Schneider Electric
2.6.4 DIMMER
Figura 2.15 – Dimmer tradicional Exatron Fonte: [11]
2.6.4.1 OUTROS FABRICANTES E/OU REPRESENTANTES
2.6.5 MINUTERIAS
Figura 2.16 – Minuteria Merlin Gerin
Figura 2.17 – Minuteria Siemens
2.6.5.1 OUTROS FABRICANTES E/OU REPRESENTANTES
CAPÍTULO 3
3.1 DEFINIÇÃO
3.2.1 SISTEMA DE EXPANSÃO DIRETA
3.2.2 SISTEMAS DE EXPANSÃO INDIRETA
3.3 SISTEMAS DE AR CONDICIONADO
3.3.1 APARELHOS JANELA
3.3.2 SELF-CONTAINED
3.3.3 SPLIT
3.4 TERMOACUMULAÇÃO
3.5 TERMOSTATO
3.6.1 TERMOSTATOS
Figura 3.1 - Sensor de Temperatura Digital Johnson Controls
Figura 3.2 - Termostato Honeywell – Série Xe70
Figura 3.3 - Termostato Honeywell – Série Xe72
3.6.1.1 OUTROS FABRICANTES E/OU REPRESENTANTES
3.6.2 CONTROLADORES PROGRAMÁVEIS
Figura 3.4 - Controlador programável Johnson Controls
Figura 3.5 - Controlador Programável Digital Johnson Controls
3.6.2.1 OUTROS FABRICANTES E/OU REPRESENTANTES
CAPÍTULO 4
4.1 TIPO DE PROGRAMA
4.2 MEIO DE TRANSMISSÃO
4.3 PROTOCOLOS DE COMUNICAÇÃO
4.3.1 PROTOCOLO TCP/IP
4.3.1.1 APLICAÇÕES
4.3.1.1.1 Mapeamento dos Endereços
4.4 CAPACIDADE DE MEMÓRIA
Tabela 4.2 - Requisitos de armazenamento por tipo de comunicação
4.5 MEDIDORES
4.6 PROTOCOLO MODBUS
4.6.1 TRANSMISSÃO SERIAL
Tabela 4.3 - Funções principais do Modbus
4.7 REGISTRADOR DE PULSOS
4.8 ENERGIA REATIVA
4.9.1 REGISTRADOR DE PULSOS
Figura 4.1 - Registrador de Pulsos Analo
4.9.1.1 OUTROS FABRICANTES E/OU REPRESENTANTES
4.9.2 MEDIDORES DE ENERGIA
Figura 4.2 - Modelo Painel do medidor CCK
Figura 4.3 - Modelo Fundo de Painel do medidor CCK
Figura 4.4 - Modelo SDA-R Medidor Eletrônico Nansen
4.9.2.1 OUTROS FABRICANTES E/OU REPRESENTANTES
4.9.3 GERENCIADORES DE ENERGIA
Figura 4.5 - Controlador CCK 6000 Modelo Painel
Figura 4.6 - Modelo Fundo de Painel
Figura 4.7 – Entradas para medidores de energia
Figura 4.8 - Controlador HX-600
4.9.3.1 OUTROS FABRICANTES E/OU REPRESENTANTES
4.9.4 CAPACITORES PARA CORREÇÃO DE FATOR DE POTÊNCIA
Figura 4.9 – Capacitores para correção de fator de potência
4.9.4.1 OUTROS FABRICANTES E/OU REPRESENTANTES
CAPÍTULO 5
5.1 MOTOR DE INDUÇÃO TRIFÁSICO
5.1.1 MÉTODOS DE CONTROLE DA VELOCIDADE DE MÁQUINA DE INDUÇÃO
5.2 INVERSORES DE FREQÜÊNCIA
5.3 SOFT STARTER
5.3.1 CONTROLE LIGA-DESLIGA
5.3.2 CONTROLE ÂNGULO DE FASE
5.4.1 CHAVES DE PARTIDA ESTÁTICA
Figura 5.1 – Chaves de partida estática WEG
Figura 5.2 - Soft Starter Siemens
5.4.2 INVERSOR DE FREQÜÊNCIA
Figura 5.3 - Inversores de freqüência WEG
Figura 5.4 - Inversor de Frequência Toshiba
5.4.2.1 OUTROS FABRICANTES E/OU REPRESENTANTES
CAPÍTULO 6
6.1 HISTÓRICO
6.2 BENEFÍCIOS DO CLP
6.3 APLICAÇÕES TRADICIONAIS DO CLP
6.4 ESTRUTURA BÁSICA DOS CLP´S
6.4.1 ENTRADAS
Figura 6.1 - Estrutura Básica de um CLP
6.4.2 SAÍDAS
6.4.3 UNIDADE CENTRAL DE PROCESSAMENTO (CENTRAL PROCESSING UNIT – CPU)
6.4.5 DADOS, MEMÓRIA E ENDEREÇAMENTO
6.4.6 CICLO DE OPERAÇÃO
Figura 6.2 - Visualização do Ciclo de Operação
6.4.7 FONTES DE ALIMENTAÇÃO
6.4.8 DISPOSITIVOS DE PROGRAMAÇÃO
Figura 6.3 - Software para programação do CLP via PC
6.4.9 INTERFACES DE OPERAÇÃO
Figura 6.4 - Terminal Portátil de Programação
6.4.10 - APLICAÇÃO POTENCIAL PARA AUTOMAÇÃO
6.4.11 REQUISITOS PARA APLICAÇÃO
6.5 SOLUÇÕES DISPONÍVEIS NO MERCADO – CLP
Figura 6.5 – Controladores lógicos programáveis da Atos
Figura 6.6 – Controlador programável WEG para médio e grande porte
6.5.1 OUTROS FABRICANTES E/OU REPRESENTANTES
CONCLUSÕES
REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS
ANEXO A
ANEXO B
0 of .
Results for:
No results containing your search query
P. 1
6 - SOLUÇÕES EM AUTOMAÇÃO PARA EFICIENCIA ENERGÉTICA 115-130

6 - SOLUÇÕES EM AUTOMAÇÃO PARA EFICIENCIA ENERGÉTICA 115-130

Ratings: (0)|Views: 12,397|Likes:
Published by Hélder Teixeira

More info:

Published by: Hélder Teixeira on Jan 10, 2011
Copyright:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

08/02/2013

pdf

text

original

You're Reading a Free Preview
Pages 4 to 28 are not shown in this preview.
You're Reading a Free Preview
Page 32 is not shown in this preview.
You're Reading a Free Preview
Pages 36 to 120 are not shown in this preview.
You're Reading a Free Preview
Pages 124 to 130 are not shown in this preview.

You're Reading a Free Preview

Download
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->