Welcome to Scribd, the world's digital library. Read, publish, and share books and documents. See more ➡
Download
Standard view
Full view
of .
Add note
Save to My Library
Sync to mobile
Look up keyword
Like this
8Activity
×
0 of .
Results for:
No results containing your search query
P. 1
Reformas Legislativas de D. João VI no Brasil

Reformas Legislativas de D. João VI no Brasil

Ratings: (0)|Views: 2,302|Likes:
Published by Flávia Sulz

More info:

Categories:Types, School Work
Published by: Flávia Sulz on Feb 04, 2011
Copyright:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as PDF, DOCX, TXT or read online from Scribd
See More
See less

11/13/2013

pdf

text

original

 
 
Universidade Lusófona de Humanidades eTecnologiasLicenciatura em Direito - 1º Ano |Disciplina: História do Direito IIDocentes: Professor Doutor Rui Marcos e
 
 
Introdução
1. Apresentação do Tema
 
Devido a eminente invasão francesa à Portugal, D. João VI vê-seobrigado a abandonar o seu país rumo as terras de um Estado nascente: oBrasil.Esta atitude do príncipe regente português acaba por fomentar osurgimento de novas formas de legislações dos dois lados do oceano: no Brasil,D. João VI redireccionava a história do direito brasileiro com a Legislação Joanina. E deste lado do oceano (em Portugal), o rosto da soberania portuguesamudava e ganhava espaço, ainda que forçadamente, as legislações napoleónicasescritas por Jean-Andoche Junot, militar francês de confiança de Napolão.Este trabalho visa, entretanto, focar-se no espelho legislativo brasileiro dopríncipe, demonstrando consequentemente a dimensão da importância que onovo quadro político e jurídico levou às terras que até então eram apenas umacolónia.
2. Enquadramento Histórico
 
No século XIX, precisamente em Novembro do ano de 1807, o marparecia ser a única saída para o comandante de um pequeno país europeupressionado pelas duas maiores potências da época. De um lado, o imperadorfrancês Napoleão, expandia seus domínios em uma guerra pelo continenteeuropeu. Do outro lado, a Inglaterra, parceira comercial e militar de Portugal hácentenas de anos, desenvolvia fervorosamente a sua industrialização.Em Portugal, o príncipe regente Dom João era quem tomava as decisões, já que sua mãe, a rainha Dona Maria I, estava impedida pela sua insanidademental.Em meio à guerra de interesses entre franceses e ingleses que afectavatoda a Europa e o mundo, o príncipe regente português opta pela´neutralidadeµ.No entanto, o governo francês insistia em ignorar o compromisso derespeitar a neutralidade de Portugal e exigia a sua ruptura com a Inglaterra. Oque levantava um grave problema económico para a Coroa Portuguesa.Nessas circunstâncias, em 26 de Novembro de 1807, através de umdecreto, Dom João declara sua partida para o Brasil. Foi este Decreto o meioescolhido para justificar aos portugueses a sua atitude de deixar o país, e alémdisso, revelava o seu intuito de evitar um vazio de poder, designava com esteobjectivo os destinos políticos do Reino a uma junta de governadores edestacava a eles que a sua missão cimeira era a realização judicativa do valor da justiça (
Pax opus justitiae
). D. João salientava no Decreto, entre suas justificativasque, como o objectivo de Napoleão era capturar a família real, os seus leaisvassalos seriam menos inquietados se ele se ausentasse do país.Perante este quadro, o príncipe concluía declarando que ele, a Rainha etoda a Família Real, para benefício dos seus próprios vassalos, iriam passar aestabelecer-se no Rio de Janeiro até a Paz Geral voltar a prevalecer.
 
 
D
esenvolvimento
1. Legislação Joanina no Brasil
No Brasil, a chegada de D. João VI representou um grandeacontecimento. O modo de legislar do príncipe regente se intensificou e refulgiuao púlpito de uma sabedoria virada para o modo de agir processual americano.Em uma primeira análise superficial, podemos já afirmar que a históriado direito brasileiro e a história política do Brasil não teriam seguido o mesmocurso se não houvesse essa transferência da Corte. Foi um período de temponão imenso mas capaz de transformar a ordem jurídica brasileira e, no planopolítico, elevar o Estado do Brasil à categoria de Reino.Numa percepção mais aprofundada, centralizaremos na actividadelegislativa joanina, que começa em Janeiro de 1808 (quando a Corte chega àBaía), até Abril de 1821 (altura em que D. João lega instruções para o Governodo Brasil na eminência de embarcar para Portugal), de modo prevalecente aentrever alguns dos alicerces da construção jurídica do Brasil.
2. Periodização da Legislação Joanina no Brasil
 Os diplomas joaninos são, em género, transparentes e compreensíveis eintroduzem-se harmoniosamente no Brasil.Sem negar a artificialidade que está condenada uma tentativa deperiodização em uma realidade jurídica que é por natureza contínua, somostentados a distinguir no processo evolutivo do direito joanino brasileiro duasfases fundamentais, distintas entre si na perspectiva adoptada e nos objectivosque se pretendiam cumprir: antes e depois de 1815, ano em que o Brasil ascendeà categoria de Reino.O primeiro período é marcado por uma enorme aceleração legislativa ecaracterizado pela grande predominância de normas de direito público. Já osegundo período, tem um visível abrandamento dessa aceleração legislativaacompanhado de uma tentativa de aperfeiçoamento dos vários sectores daordem jurídica brasileira, torna-se neste segundo momento uma legislação delargo alcance.
3. Ciclo Legislativo Joanino de Pendor Publicista (antes de 1815)
 O primeiro ciclo legislativo joanino constitui o mais fulgurante,dominado por uma actividade febril, com o rótulo de urgência. Visto que aFamília Real não chega ao Brasil com um direito pronto, um novo direito iriaconstruir-se a partir da sua chegada.Das
 f 
ontes cognoscendi
inscritas neste arco temporal, desvelam-secaracterísticas que permitem compor os distintos rostos da política legislativade D. João VI no Brasil. Os primeiros interesses que realçam centralizam-se nosdomínios da legislação económica, da legislação de forte tendência político-administrativo e da legislação que redefiniu a organização judiciária.
4
. O Princípio da Liberdade Económica no Brasil
No ano de 1808, pouco tempo depois de chegar ao Brasil, o prínciperegente tomou de imediato uma providência de grande alcance económico. Em

Activity (8)

You've already reviewed this. Edit your review.
1 thousand reads
1 hundred reads
antoniodepadua47 liked this
coimbracity liked this
MagnaRibeiro liked this

You're Reading a Free Preview

Download
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->