Welcome to Scribd, the world's digital library. Read, publish, and share books and documents. See more ➡
Download
Standard view
Full view
of .
Add note
Save to My Library
Sync to mobile
Look up keyword
Like this
4Activity
×
0 of .
Results for:
No results containing your search query
P. 1
Morte de Francisco Sá Carneiro (1980)

Morte de Francisco Sá Carneiro (1980)

Ratings: (0)|Views: 949|Likes:
Texto do pequeno filme exibido na RTP, acerca do facto mais relevante de 1980, integrado na série "50 anos, 50 notícias".
Texto do pequeno filme exibido na RTP, acerca do facto mais relevante de 1980, integrado na série "50 anos, 50 notícias".

More info:

Copyright:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as PDF, DOCX, TXT or read online from Scribd
See More
See less

07/08/2011

pdf

text

original

 
 
MORTE DE FRANCISCOSÁ CARNEIRO (1980)
 
INFORMAÇÃO IMPORTANTE
O texto que se segue é uma reprodução escrita, compequenas adaptações e esclarecimentos, do programa exibidopela Rádio e Televisão de Portugal, 1980  Morte de FranciscoSá Carneiro integrado na série 50 Anos 50 Notícias, de 2007.Como tal, cumpre-me esclarecer que toda a informaçãoconstante deste documento foi apresentada pela citada estaçãode televisão portuguesa, aquando da exibição do documentárioreferido.Resta-me recordar, em último lugar, que no ano de 2007 aRádio e Televisão de Portugal celebrou o seu quinquagésimoaniversário.
 
MORTE DE FRANCISCO SÁ CARNEIRO (1980)
1980, 4 de Dezembro, campanha eleitoral para a Presidênciada República. Num comício de candidatura do General RamalhoEanes, José Fialho Gouveia anuncia a tragédia:
«Acaba de se confirmar a notícia de que, num desastre,ocorrido há instantes, perdeu a vida o Primeiro-Ministro e outrosdirigentes da Aliança Democrática (AD)»
 Pouco depois, a segunda figura do Governo, Diogo Freitas doAmaral, confirma a notícia perante as câmaras da RTP:
«Num horrível acidente de aviação, morreu hoje, ao princípioda noite, o Primeiro-Ministro de Portugal, Dr. Francisco SáCarneiro. Ignoramos ainda as causas do acidente, que serãoapuradas no mais rigoroso inquérito, de que se procederá deimediato.»
O inquérito atribui a queda do aparelho a causas acidentais,mas rapidamente se torna alvo de críticas dos quadrantes maisdiversos. Ganha força a tese do atentado.(Diogo Freitas do Amaral, Vice-Primeiro-Ministro em 1980)Ainda hoje, quando se lêem os documentos da época, têm-se anoção clara que não foi feita uma investigação completa e bemconduzida.José Manuel Barata Feyo, na altura, responsável peloprograma da RTP Grande Reportagem, critica igualmente otrabalho da Comissão de Inquérito, mas daí não parte para a tesedo atentado.

You're Reading a Free Preview

Download
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->