Welcome to Scribd, the world's digital library. Read, publish, and share books and documents. See more ➡
Download
Standard view
Full view
of .
Add note
Save to My Library
Sync to mobile
Look up keyword
Like this
30Activity
×
0 of .
Results for:
No results containing your search query
P. 1
- pronomes - diferenças nas gramáticas tradicionais(prescritivas) e na gramática funcional(descritiva) de perini - by Feli, Jéssica, Luciane, Yanaê

- pronomes - diferenças nas gramáticas tradicionais(prescritivas) e na gramática funcional(descritiva) de perini - by Feli, Jéssica, Luciane, Yanaê

Ratings:

5.0

(1)
|Views: 4,229|Likes:
Published by felifire1
1- O QUE É UM PRONOME? Para responder a esta pergunta utilizamos os livros Novíssima Gramática da Língua Portuguesa, de Domingos Paschoal Cegalla, Nova Gramática do Português Contemporâneo, de Celso Cunha e Lindley Cintra, e Gramática Descritiva do Português, de Mario Perini. Novíssima gramática Cegalla Pronomes
Pronomes são palavras que apresentam os nomes dos seres ou os determinam indicando a pessoa do discurso (pessoa gramatical)

Nova gramática Celso Cunha
Pronomes são morfemas gramaticais
1- O QUE É UM PRONOME? Para responder a esta pergunta utilizamos os livros Novíssima Gramática da Língua Portuguesa, de Domingos Paschoal Cegalla, Nova Gramática do Português Contemporâneo, de Celso Cunha e Lindley Cintra, e Gramática Descritiva do Português, de Mario Perini. Novíssima gramática Cegalla Pronomes
Pronomes são palavras que apresentam os nomes dos seres ou os determinam indicando a pessoa do discurso (pessoa gramatical)

Nova gramática Celso Cunha
Pronomes são morfemas gramaticais

More info:

Published by: felifire1 on Feb 13, 2011
Copyright:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as PDF, DOC, TXT or read online from Scribd
See More
See less

10/21/2013

pdf

text

original

 
1- O QUE É UM PRONOME?
Para responder a esta pergunta utilizamos os livros
 Novíssima Gramática da Língua Portuguesa
, de Domingos Paschoal Cegalla,
 Nova Gramática do PortugsContemporâneo
, de Celso Cunha e Lindley Cintra, e
Gramática Descritiva do Português
, de Mario Perini.
Novíssima gramática -CegallaNova gramática -Celso CunhaGramática descritiva -Perini
 Pronomes
Pronomes são palavras queapresentam os nomes dosseres ou os determinamindicando a pessoa dodiscurso (pessoa gramatical)Pronomes são morfemasgramaticais (
 gramemas
-com significação interna, pois derivam das relações ecategorias levadas em conta pela língua). Podem ser invariáveis, ou variáveis seligados a morfemasgramaticais que expressam ogênero e o númeroPerini acredita que a classetradicional dos pronomes devedesaparecer, pois se compõemde vários grupos comcomportamento sintáticomuito diverso. Pronomes,adjetivos e substantivosdeveriam fazer parte de umagrande
classe dos nominais
. Ogramático considera pronomesos pronomes pessoais retos(como
eu, você, ela
), e osoblíquos e reflexivos (como
me, se, o, nos, lhe
). São umasubclasse do grupo dossubstantivos (são pronomessubstantivos)
 Pron. Substantivos
Aqueles que substituem umsubstantivoDesempenham na oração asfunções equivalentes àsexercidas pelos elementosnominais (representam osubstantivo)Perini estima que os
 substantivos do tipo 1
correspondamaproximadamente aos“pronomes substantivos” dagramática tradicional; e afirmaque as classes dos
 substantivos do tipo 1, do tipo2
, e a dos [+Rel]compreendem todos os“pronomes substantivostradicionais” *
 Pron. Adjetivos
Aqueles que qualificam umsubstantivoAcompanham umsubstantivo determinando-lhe a extensão do significado(modificando o substantivoque acompanham como sefossem adjetivos)Segundo o autor, o restantedas classes ([+PDet], [+Det],[+Poss], [+Qf], e [+Num])compreendem o restante dos pronomes da gramáticatradicional **
Pessoais
Substituem nomes erepresentam as pessoas dodiscurso.Podem ser: retos ouoblíquos; tônicos ou átonos; pronomes de tratamento;não-reflexivos, reflexivose/ou recíprocosTêm três características:- denotam as três pessoasgramaticais (sing. e pl.) etêm a capacidade de indicar no colóquio: quem fala,com quem se fala, de quemse fala;- podem representar, quandona 3
a
pessoa, uma formanominal anteriormenteexpressa;- variam de forma segundo afunção que desempenham naoração e a acentuação quenela recebem.Podem ser: retos ouOs pronomes pessoais retossão parte da classe dos
 substantivos tipo 1
(e formam,necessariamente, um SN por sisó).
 
oblíquos; átonos ou tônicos(estes acompanhados de preposição); pronomes detratamento (construídos como verbo na 3
a
p.); não-reflexivos, reflexivos(aplicados na 3
a
p.) e/ourecíprocos (reflexivos pl.);enclíticos, mesoclíticos ou proclíticos
Possessivos
Referem-se às pessoas dodiscurso atribuindo-lhes posse de algoIndicam o que cabe ou pertence às pessoasgramaticais, acrescentam ànoção da pessoa do discursouma idéia de posse. Variamde acordo com gênero enúmero da coisa possuída, ecom o número de pessoasrepresentadas no possuidor. No caso de substantivaçãodos possessivos no singular,estes designam o que pertence a uma pessoa; já no plural, designam os parentes,amigos, companheiros dealguémFazem parte da classe [+Poss](possessivo)
Demonstrativos
Indicam lugar, posição ouidentidade dos seres,relativamente às pessoas dodiscursoIndicam o que se aproximaou se distancia no espaço eno tempo das pessoasgramaticais (situam a pessoaou coisa designada emrelação às pessoasgramaticais). Sua função pode ser 
deíctica
(situando a pessoa gramat. no espaço outempo) ou
anafórica
(lembrando o ouvinte ouleitor de algo que já foimencionado ou que vai ser mencionado). Os variáveis podem funcionar como pronome subst. ou pronomeadj. e os invariáveis sãosempre pronomes subst.Alguns pronomes (como
isto
ou
aquilo
) fazem parte dogrupo dos
 substantivos tipo 1
.Outros (como
esse
ou
aquele
)são parte da classe [+Det]
(
determinante)
Indefinidos
Referem-se à 3
a
pessoa dodiscurso, designando-a demodo vago, impreciso,indeterminadoAplicam-se à 3
a
pessoagramatical, quandoconsiderada de maneira vagae indeterminada. Podem ser variáveis ou invariáveis.Podem ser substituídas por locuções pronominaisindefinidasAlguns (como
muitos
ou
vários
) são da classe [+Qf](quantificador).Outros (como é o caso de
algum
) são parte da classe[+Det].Os que podem ser numeradores (como
outro
) sãoda classe [+Num].Há ainda os que fazem partedo grupo dos
 substantivos tipo2
(como
alguém, algo, tudo
).
Todos
e
ambos
são os únicositens que podem ser  predeterminantes e por issosão da classe [+PDet]
Relativos
Palavras que representamnomes já referidos, com osReferem-se, de regra geral, aum termo anterior, o
Que, o qual, quem
fazem parteda classe [+Rel]
 
quais estão relacionadas(e/ou permitem reunir duasou mais orações numa sófrase)
antecedente
(este pode ser um subst., pron., adj., adv.,ou oração). Podem ser variáveis ou invariáveis; têmformas simples oucompostas
Interrogativos
Aparecem em frasesinterrogativas (referem-se demodo impreciso à 3
a
pessoado discurso)
Que
,
quem
,
qual 
e
quanto
usados para formular uma pergunta direta ou indireta.Podem ser variáveis emnúmero e/ou gênero, ouinvariáveis. Podem ser empregados de formaexclamativa.
Que, qual, quem
fazem parteda classe [+Rel]*as classes dos
 substantivos tipo 1 e 2
não compreendem apenas pronomes, mas também outras classes de palavras como os próprios substantivos da gramática tradicional** concluímos assim uma vez que Perini cita as classes dos
 substantivos do tipo 1, do tipo 2
, e a dos[+Rel] e comenta que essas compreendem todos os “pronomes substantivos tradicionais”; e, a seguir, citaos cinco grupos restantes, e comenta que as oito classes determinadas anteriormente compreendem todosos pronomes da gramática tradicional (em conclusão lógica as últimas cinco classes devem conter todosos pronomes adjetivos da gramática tradicional)
2- QUAIS AS FUNÇOES SINTÁTICAS DESEMPENHADAS PELO PRONOME?De acordo com a Nova Gramática do Português Contemporâneo
, de Celso Cunha eLindley Cintra, os pronomes podem desempenhar variadas funções sintáticas.
-Pronomes Pessoais:
Retos - podem ser sujeito, predicativo do sujeito, ou vocativo (
tu
e
vós
);Oblíquos (não-reflexivos): Átonos - podem aparecer como objeto direto ou indireto, ouainda como o sujeito de um infinitivo;Tônicos - podem ser complemento nominal, objeto direto ouindireto, agente da passiva, ou adjunto adverbial;Emprego do
 se
- pode ser empregado sintaticamente nas funções de objeto direto ouindireto, sujeito de um infinitivo, ou símbolo/índice de indeterminação do sujeito (podeainda ter as funções gramaticais de pronome apassivador, palavra/partícula expletiva,indicar a forma reflexiva do verbo, ou ainda ser parte integrante de alguns verbosnominais que exprimem sentimento ou mudança).
-Pronomes relativos:
Podem aparecer como sujeito, objeto direto ou indireto, predicativo, adjunto adnominal,complemento nominal, adjunto adverbial, ou agente da passiva.

Activity (30)

You've already reviewed this. Edit your review.
1 hundred reads
1 thousand reads
Lucas Meneses liked this
Beatriz Barros liked this
Thomaz Isabela liked this
magkampus liked this
Faby Souza liked this
Faby Souza liked this
Faby Souza liked this

You're Reading a Free Preview

Download
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->