Welcome to Scribd, the world's digital library. Read, publish, and share books and documents. See more
Download
Standard view
Full view
of .
Save to My Library
Look up keyword
Like this
8Activity
0 of .
Results for:
No results containing your search query
P. 1
A CIÊNCIA DO DIREITO

A CIÊNCIA DO DIREITO

Ratings: (0)|Views: 671 |Likes:

More info:

Categories:Business/Law
Published by: Luciano Santos Moreira on Feb 22, 2011
Copyright:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as TXT, PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

05/09/2013

pdf

text

original

 
A CIÊNCIA DO DIREITOAutor: Jonatas LucenaA CIÊNCIA DO DIREITOCIÊNCIAA ciência segundo Aristóteles, tinha por obejto os princípios e as causas. Santo Tomás de aquino, por sua vez, a definiu como 'assimilação da mente dirigida ao conhecimentoda coisa'. Ciência, do latim scire, etimologicamente quer dizer: conhecimento, saber. Aristóteles já a definia: 'é o conhecimento das coisas por sua causas'. Hoje podemos dizer que a ciência é forma particular de conhecimentos, frutos do raciocínio e daobservação aperfeiçoada, da razão e da experiência.A ciência tem como finalidade a busca do conhecimento. Mas, cabe dizer, que quandoa ciência alude acerca do conhecimento, não é qualquer conhecimento, mas apenas o cientifico.Comumente, ouvimas dizer acerca da existência de duas escolas: a 'escola da vida'e a vida' e a 'escola acadêmica'. Pois bem, a escola da vida nos ensina o conhecimeto científico e filosófico.Ao longo da nossa exitência acumulamos uma série de conhecimento, sendo que esta forma de conhecimentos é via de regra vago, incerto, espontâneo, ou seja, sem nenhuma sistematização. A partir do momento que o conhecimento vulgar é sistematizado surge o conhecimento científico. O Prof.º Luiz Antonio Rizzato Nunes, nos ensina que 'O conhecimento cinetífico é uma espécie de otimização desse conhecimento do homem. O cientista éser preocupado com a veracidade e a comprovação de seu conhecimento, o que faz comque construa uma série de enunciados e regras rigorosas, que permitem a descobertae a prova desse conhecimento. Enquanto o senso comum é difuso, deso ncretas. As ciências abstratas abrangem: 1- Matemática; 2- Astronomia; 3- Física; 4- Química; 5- Biologia; 6- Sociologia.A matemática é a menos complexa, porque se ocupa apenas com as relações de quantidade, ea mais geral, pois pode ser aplicada a todas as espécies de fenômenos. A sociologiaé a mais complexa, e ao mesmo tempo a menos geral, porque só se aplica à vida social.Como justificativa do critério utilizado.As ciências abstratas são as que estudam as leis gerais que regem os fenômenos da natureza em todas suas combinações. As concretas, são as que estudam os seres reais, ou seja, as referidas combinações que a natureza cria na realidade.Na classificação proposta por Comte, a ciência do Direito é uma ciência concreta oriunda da sociologia. A Sociologia, também denominada por Comte, como Física Social, seria aCiência Social Geral, da qual seriam partes, a Ciências do Direito, a Ciência Política,a Pedagogia, a Economia, etc.Já AMPERE ? WILHELM DILTHEY, dividiu as ciências em duas partes, utilizando como critério a dicotomia: 1- Ciências Cosmológicas, relativas ao mundo, ou Não-eu; 2- Ciências Noológicas, relativas ao espírito.As ciências do espírito, humanas, culturais, cosmológicas, têm por objeto o mundo físico-natural, sendo o método de estudo a explicação. As ciências do espírito, humanas, culturais, ou noológicas, têm por objeto o mundo do pensamento ou das ações humanas, ou seja, é o mundo da cultura. Cultura é a natureza transformada pelo homem. As ciências do espíritosubjetivo, pó psicológicas, se ocupam do espírito humano no próprio sujeito. As ciênciasdo espírito objetivo, se ocupam do espírito humano nos objetos ou produtos culturaispropriamente ditas, na medida em que descrevem as ações humanas: históricas, morais,sociais, inclusive o direito.
 
ARISTÓTELES dividiu as ciências segundo a atividade humana. Sob o ponto de vista, asciências dividem ?se em: 1- Especulativas ou Teóricas; 2- Práticas; 3- Produtivas ouPoéticas. As ciências especulativas têm como finalidade o conhecimento puro, sem preocupação prática, sendo caracterizadas pelo pensar. As ciências praticas têm como finalidadeas ações humanas, traçando regras para o agir corretamente, sendo caracterizadas peloagir. As ciências produtivas têm como finalidade os meios necessários para realização deobras exteriores, seu fim último é a produção de coisas úteis e belas, caracterizando-se pelo fazer.Conforme vislumbramos a classificação de Aristóteles baseia-se nos três modos da atividade humana: 'saber', 'agir' e 'fazer' .SPENCER com intuito de refutar a classificação de Augusto Comte, através de novo critério classificou as ciências em: 1- Abstratas; 2- Abstrato ? Concretas; 3- Concretas.Nesta classificação, a ciência do Direito, elabora não mencionada expressamente, é uma cicia concreta, sendo parte da sociologia.KARL PEARSON, classificou as ciências em três grupos: 1- Ciências Abstratas; 2- Ciênciasconcretas Física; 3- Ciências Concretas Biológicas. Nesta classificação, a ciência do Dirto não foi mencionada, podendo ser classificada com Ciência Concreta Biológica, como parte da sociologia.HERMANN ULRICH KANTOROWICZ, classificou as ciências agrupando as em três ramos; 1- Ciências da Realidade; 2- Ciências do Sentido Objetivo; 3- Ciências dos valores. Nestaclassificação, a ciência do Direito é classificada como espécie das ciências dos Valores.CARLOS COSSIO, classificou as ciências de acordo com o objeto, em três ramos: 1- Ciências Formais; 2- Ciências Naturais; 3- Ciências Culturais. Nesta classificação, a ciência do Direito é uma ciência Cultural.WILHELM WINDELBAND, classificou as ciências dividindo-as em dois grupos: 1- Nomotéticas, ou de leis; 2- Ideográficas, ou de acontecimentos. As primeiras são as ciências generalizadoras, pesquisam o geral. As segundas são individualizadoras, pesquisam oespecial e o singular. Nesta classificação, a ciência do Direito é uma ciência ideográficna medida em que seu objeto é singular, ou seja, a norma jurídica.HANS KELSEN classificou as ciências em: 1- Explicativas; 2- Normativas. As ciênciasexplicativas se ocupam do 'ser', ao passo que as ciências normativas se ocupam doser 'deve ser'. Nesta classificação, a ciência do Direito é uma ciência normativa, vez quea norma jurídica é seu objeto de estudo.DIREITO NO QUADRO DAS CIÊNCIASConforme vimos, a ciência apresenta um tríplice perspectiva, teórica, moral e técnica. Aciência do direito pode ser considerada ou classificada nas três modalidades, tendoem vista o enfoque empregado para visualizar a realidade científico-jurídica.A teoria do Direito é uma realidade solar, sendo certo que, diuturnamente, estudamos a ciência do direito através das suas respectivas teorias. Qualquer capítulo da realidade jurídica é estudado teoricamente, como por exemplo, teoria dos contratos, Estado, etc.Cabe anotar, a existência de três grandes orientações teóricas, que procuram responder qual a espécie da ciência do direito: naturalismo, formalismo e culturalismo.Sob o prisma das ciências esticas ou morais, quem têm como fulcro a orientação do agir humano, vislumbramos a existência de uma Moral do direito, cuja finalidade é ordenara conduta social dos homens, com a preocupação fundamental da justiça.
 
No campo da Técnica do direito, que se preocupa com normas do fazer, verificamos aexistência das normas técnicas, que nos ensinam como ela elaborar uma petição, recursoou sentença. Outrossim, cabe anotar a existência da técnica legislativa, técnica da interpretação, técnica de aplicação do direito e técnica processual. Ainda se refere à arte ouica do direito, verificamos os aspectos estéticos e artísticos, através do estilo da lei, redação de trabalhos e textos legais, a eloqüência jurídica e as vezes talares.CIÊNCIAS AUXILIARES DO DIREITODo ponto de vista puramente científico o direito apresenta três ciências afins, ou seja, a filosofia do direito, a ciência dogmática do direito e a sociologia.O direito apresenta as seguintes ciências afins:Filosofia do DireitoCiência do DireitoTeoria Geral do DireitoSociologiaEconomiaSegundo a Prof.ª Maria Helena Diniz, a ciência jurídica e a ciências afins podem ser classificadas como:Ciência Jurídica como Ciência SocialCiência do DireitoTeoria Geral do DireitoLógica JurídicaCibernética JurídicaCiência comparada do DireitoPsicologia do DireitoSociologia JurídicaSeguindo a pesquisa, pela doutrina de Maria Helena Diniz, podemos dizer, que a expressão ciência do direito, vem sendo empregada em sentido amplo e em sentido estrito.Em sentido amplo o termo ciência do direito indica qualquer estudo metódico, sistemático, é fundamentado dirigido ao direito, abrangendo nesta acepção as disciplinas jurídicas, tidas como ciência do direito, como a sociologia jurídica, a história do direito, etc.Em sentido estrito, o vocábulo abrange a ciência do direito, propriamente dita, ou ciência dogmática do direito. É preciso não olvidar que não há um conceito unitário de ciêndireito, por depender sua conceituação de diferentes pressupostos filosóficos adotados pelo jurista. Tantas são as direções da rosa-dos-ventos quantas forem as perspectivas jusfilosóficas de que pode lançar mão o jurista.A ciência do direito durante muito tempo teve o nome de jurisprudência, que era a designação que lhe foi dada pelos romanos. Deveras, para os jurisconsultos romanos a disciplina com que estudavam o direito era jurisprudência, definida como, 'divinarum et humanarum remum notitia, justi, justi atque injusti scientia'.A jurisprudência, para os romanos, abrangia, como se infere dessa definição, um vastocampo do saber, por se ater não só aos problemas da justiça mas também às coisas divinas ehumana.Atualmente, como vimos, a ciência do direito contém um campo de abrangência bem menor,mas isso não impede que nos tempos atuais ainda seja denominada jurisprudência, pois pensamos como Miguel não impede que nos tempos atuais ainda seja denominada jurisprudência, pois pensamos como Miguel Reale, que se deve manter essa designação, tão den

Activity (8)

You've already reviewed this. Edit your review.
1 hundred reads
1 thousand reads
Dênnia Lima liked this
Fernanda Aguiar liked this
Aline Pereira liked this

You're Reading a Free Preview

Download
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->