Welcome to Scribd, the world's digital library. Read, publish, and share books and documents. See more
Download
Standard view
Full view
of .
Save to My Library
Look up keyword
Like this
5Activity
0 of .
Results for:
No results containing your search query
P. 1
estudo sobre dismo

estudo sobre dismo

Ratings: (0)|Views: 2,106 |Likes:
Published by blaucharles

More info:

Published by: blaucharles on Mar 09, 2011
Copyright:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as DOCX, PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

02/04/2013

pdf

text

original

 
 LUCASJOÃOATOSROMANOSI CORÍNTIOSII CORÍNTIOSGÁLATASEFÉSIOSFILIPENSESCOLOSSENSESI TESSALONICENSESII TESSALONICENSESI TIMÓTEOII TIMÓTEOTITOFILEMOMHEBREUSTIAGOI PEDROII PEDROI JOÃOII JOÃOIII JOÃOJUDASAPOCALÍPSEAPÊNDICEContador de VisitasCristo é a VerdadeLondrina-PR Hoje odí z i mo está sendo direcionado para o líder ou para odono da igreja, como também acúpula de organizações religiosas, onde ninguém mais sabe a quefim se destina esse montante. Enfim,odí z i mo não foi criado para assalariar o dirigente da igreja ou para prover as despesas pessoais
 
desses, nem
t
pouco para rea
li
ar obras m
i
ss
i
onár 
i
as ou paracons
t
ru
i
t
emp
l
os.OS DÍZI
M
OS ANTES DA LEIO DÍZI
M
O DE A
BR 
AÃO - Gênes
i
s 14.18-20: Abraão deu od
íi
mo dos despo
 j
os da guerraao
e
i
 
M
e
l
u
i
sedeque, sacerdo
t
e do Deus a
ltí
ss
i
mo, e fo
i
por e
l
eabençoado.O DÍZI
M
O DE JA
C
- Gênes
i
s 28.20-22: Jacó fez um vo
t
o aoSenhor, prome
t
endo d
i
z
i
mar 
t
udo quan
t
o ganhasse, se em sua
 j
ornada fosse porE
l
e pro
t
eg
i
doe abençoado.Em ambos acon
t
ec
i
men
t
os, não há reg
i
s
t
ro na pa
l
avra que
t
enhahav
i
do ordenanças para que sed
i
z
i
massem. Espec
i
i
camen
t
e nesses casos, os d
í
z
i
mos foramoferec
i
dos de forma vo
l
un
t
ár 
i
a,espon
nea, ou por vo
t
o, em re
t
i
 bu
i
ção e agradec
i
men
t
o, honra eg
l
ór 
i
a ao Senhor Deus, pe
l
as bênçãos receb
i
das e pe
l
as v
it
ór 
i
as conqu
i
s
t
adas.Ass
i
m sendo, ho
 j
e não se pode
t
omar como exemp
l
o osd
í
z
i
mosde Abraão e Jacó, comofundamen
t
o para
i
mp
l
an
t
á-
l
os como regra gera
l
de dou
t
i
na na
i
gre
 j
a, com o propós
it
o dereceber bênçãos e sa
l
vação, em nome de uma
l
e
i
que fora por 
C
i
s
t
o abo
li
da.O DÍZI
M
O PELA LEI Números 18.21-26: O pagamen
t
o dod
í
z
i
mo fo
i
ordenado pe
l
a
l
e
i
do An
ti
go Tes
t
amen
t
o, e
ti
nha cará
t
er decar 
i
dade, po
i
s a sua pr 
i
nc
i
 pa
l
i
na
li
dade era supr 
i
as necess
i
dades dosLev
it
as que não
ti
nham par 
t
e nem herança na
t
erra prome
ti
da, e
t
ambém dos es
t
range
i
ros, órfãos ev
i
úvas.Deu
t
eronôm
i
o 14.29: En
t
ão v
i
rá o
l
ev
it
a (po
i
s nem par 
t
e nemherança
t
êm con
ti
go), e oes
t
range
i
ro, e o órfão, e a v
i
úva que es
t
ão den
t
ro das
t
uas por 
t
as,e comerão, e far 
t
ar-se-ão; paraque o Senhor 
t
eu Deus
t
e abençoe em
t
oda a obra das
t
uas mãos que
i
zeres.
 
Es
t
á na pa
l
avra, od
í
z
i
mo fo
i
cr 
i
ado por Deus, com a f 
i
na
li
dadeexc
l
us
i
va de car 
i
dade aosnecess
it
ados, ho
 j
e é empregado para ou
t
ros f 
i
ns, d
i
verso daque
l
eque o Senhor ordenou.
M
as, a
i
nda que os d
i
i
gen
t
es das
i
gre
 j
as rever 
t
essem
t
odo
t
i
 bu
t
odosd
í
z
i
mos eofer 
t
as emobras soc
i
a
i
s, a
i
nda não es
t
avam em conform
i
dade com a pa
l
avrado Senhor, po
i
s a
l
em dod
í
z
i
mo
t
er s
i
do abo
li
do (Hebreus 7.5-12), a ca
i
dade ou amor ao próx
i
mo, éa
l
go mu
it
o profundo, é
i
nd
i
v
i
dua
l
 e
i
n
t
ransfer 
í
ve
l
, é uma obra en
t
re você e o Senhor 
t
eu Deus(
M
a
t
eus 6.1-4).Ou
t
ro de
t
a
l
he
i
n
t
eressan
t
e que prec
i
samos conhecer, quando od
í
 z
i
mo fo
i
 
i
ns
tit
u
í
do pe
l
a
l
e
i
 (Números 18.20 a 24) com a f 
i
na
li
dade de man
t
er os f 
il
hos deLev
i
que adm
i
n
i
s
t
ravam o m
i
n
i
s
t
ér 
i
o nas
t
endas das congregações, os qua
i
s não receberam par 
t
e nemherança na
t
erra prome
ti
da, (Números18.24´b´), o Senhor dec
l
arou que os f 
il
hos de Lev
i
não
t
er 
i
amnenhuma herança no me
i
o dos f 
il
hos deIsrae
l
.
C
omo
t
ambém fora ordenado as dema
i
s
t
i
 bos de Israe
l
, qued
i
z
i
massem aos Lev
it
as, onecessár 
i
o para a manu
t
enção co
ti
d
i
ana, porque não possu
í
amnenhuma herdade. Ho
 j
e, a s
it
uação es
t
áa revés da Pa
l
avra, os
t
raba
l
hadores, a ma
i
or 
i
a de
l
es assa
l
ar 
i
ados,ofer 
t
am od
í
z
i
mo para os que v
i
vemsem
t
raba
l
har, e em abund
â
nc
i
a de bens.O DÍZI
M
O NO EVANGELHO DE
CR 
ISTO No Evange
l
ho de
M
arcos 16. 15, 16, d
i
sse Jesus: Ide por 
t
odo omundo, prega
i
o Evange
l
ho a
t
oda a cr 
i
a
t
ura. Quem crer e for ba
ti
zado, será sa
l
vo, mas quemnão crer será condenado.Observem que o Senhor Jesus mandou pregar o Evange
l
ho, paraque crendo, recebamos asa
l
vação (I
C
or 
í
n
ti
os 15.1, 2). Esse fo
i
o propós
it
o do Senhor aooferecer o seu sangue em sacr 
i
í
c
i
o

Activity (5)

You've already reviewed this. Edit your review.
1 hundred reads
1 thousand reads
Thales Divino liked this
Marques Junior liked this
Marivania Farias liked this

You're Reading a Free Preview

Download
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->