Welcome to Scribd, the world's digital library. Read, publish, and share books and documents. See more
Download
Standard view
Full view
of .
Save to My Library
Look up keyword
Like this
8Activity
0 of .
Results for:
No results containing your search query
P. 1
Fichamento_Escola e Democracia

Fichamento_Escola e Democracia

Ratings: (0)|Views: 1,293 |Likes:
Published by LUCIANA3108
SAVIANI, Dermeval. Escola e democracia. 41 ed. Campinas, SP: Autores Associados, 2009. - FICHAMENTO DO LIVRO
SAVIANI, Dermeval. Escola e democracia. 41 ed. Campinas, SP: Autores Associados, 2009. - FICHAMENTO DO LIVRO

More info:

Published by: LUCIANA3108 on Mar 16, 2011
Copyright:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as DOC, PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

05/09/2013

pdf

text

original

 
SAVIANI, Dermeval.
Escola e democracia.
41 ed. Campinas, SP: Autores Associados,2009.Pág. 3- 32
CAPITULO 01 – AS TEORIAS DA EDUCAÇÃO E O PROBLEMA DAMARGINALIDADE1) O problema
- Marginalidade = como compreender a marginalização e como combatê-la através dediferentes teorias de educação.
Teorias Não-Críticas
- Sociedade = harmoniosa- Marginalidade = acidente da sociedade e que pode ser corrigido. Problema individual.- Educação = papel de superar a marginalidade, reforçando laços sociais e integrando oindivíduo à sociedade.
Teorias Crítico-Reprodutivas
- Sociedade = dividida em classes (dominante – dominado).- Marginalidade = Classe dominada. A estrutura da sociedade define quem serão osmarginalizados.- Educão = Instrumento de marginalizão, uma vez que a educão reflete asociedade.
2) As teorias não-críticas
Pedagogia Tradicional 
- Excluído é o sujeito ignorante desprovido de conhecimento enciclopédico.- Repassa conteúdos em quantidade, estanques e sem articulação conceitual que permite acrítica.- Escola = ensinar conteúdos para combater a ignorância enciclopédica.
Pedagogia Nova
- Excluído é o sujeito deslocado socialmente, frente às instituições democráticas.- Desloca o eixo do conteúdo para os processos de aprendizagem.- Promete a inclusão total e promove uma pseudo-inclusão social.- Além de não efetivar o que prometeu, ainda eliminou o que se tinha antes, o conteúdo e
 
a valorização do mesmo.- Escola = ensinar para incluir socialmente.
Pedagogia Tecnicista
- Excluído é o sujeito incompetente para as funções produtivas sofisticadas.- Enfoca a capacidade instrumental de pensamento e de ação corporal.- Promove a disciplinarização do comportamento de acordo com o modelo industrial.- Destitui a importância dos conteúdos humanísticos em favor da hipervalorização dasciências exatas.- Escola = ensinar para capacitar tecnicamente para o setor produtivo.
3) As teorias crítico-reprodutivas
- Seguem orientação marxista e foram concebidas no campo da sociologia por teóricoseuropeus.- Descrevem mecanismos sociais de segregação, de alienação e de dominação,destacando o papel reprodutivista da educação na escola: a escola reproduz a segregaçãoem uma sociedade dividida em classes opostas e caracterizadas pela posse dos meios deprodução pela burguesia dominante e da força de trabalho pelo proletariado dominado.- Função Social da Escola = Denunciam que a função social da escola é a de atender aocapitalismo, excluindo conteúdos críticos, formando mão-de-obra especializada e dócil ereproduzindo a estrutura de classes.
Teoria do sistema de ensino como violência simbólica
- Bourdieu e Passeron- São marginalizados os membros de grupos ou de classes sociais dominados.- Marginalização dupla = é SOCIAL porque não possuem força material (capitalfinanceiro) e é SIMBÓLICA porque não possuem força axiológica (capital cultural).- A escola repassa a todos os valores da classe dominante, negligenciando os valores doproletariado. O efeito é um contingente de educados pobres financeira e culturalmente,dados a desejar a condição impossível do dominador.
A escola como aparelho ideológico de Estado
- Louis Althusser - São marginalizados os expropriados, a classe trabalhadora.- O Estado mantém aparelhos ideológicos que agem pela força da ideologia e depois pela
 
repressão (escolas, igrejas, meios de comunicação social...) e também aparelhosrepressivos que agem antes pela repressão e depois pela ideologia (polícia, exército...).- Os aparelhos ideológicos do Estado são utilizados pelo Estado a favor do capital peloconvencimento (ideologia) ou pela força (repressão) e colaboram para manter (reproduzir) a divisão social em classes econômicas.
Escola Dualista
- Baudelot e Stablet- São marginalizados os expropriados, a classe trabalhadora.- A escola é organizada em dois níveis básicos: Secundário Superior (os trabalhadoresque gerenciam) e Primário Profissional (os trabalhadores que executam).- Critica a divisão do trabalho, que reproduz na escola e nos locais de trabalho a mesmaestrutura social, dividida em classes, em que uns mandam e outros obedecem.
 
P 33-52
CAPÍTULO 02 – A TEORIA DA CURVATURA DA VARA
- Abordagem política do funcionamento interno da escola de 1º grau.- Que funções políticas o ensino de 1º grau desempenha?
1ª Tese: filosófica-histórica:
-
“Do caráter revolucionário da pedagogia da essência e do caráter reacionário dapedagogia da existência”.- “Todos os homens são essencialmente iguais, com os mesmos direitos”.- A escolarização era condição para converter os servos em cidadãos, para que todosparticipassem do projeto político para consolidação da democracia (interesse daburguesia).- Após ascender ao poder, já não interessa mais a burguesia transformar a sociedade: aescola tradicional, a “pedagogia da existência”: os homens são essencialmente diferentese temos que respeitar a diferença entre eles. Aí está o caráter reacionário da pedagogia daexistência legitimando as desigualdades, privilégios e sujeição.
2ª Tese: Pedagógico-metodológica:
- Do caráter científico do método tradicional e do caráter pseudocientífico dos métodosnovos.- Considera-se como científico o caráter do método tradicional, pois os cincos passosformais de Herbert (preparação, assimilação, comparação e generalização) se baseavamno esquema do método científico indutivo de Bacon.

Activity (8)

You've already reviewed this. Edit your review.
1 hundred reads
1 thousand reads
Renata Brito liked this
LUCIANA3108 liked this

You're Reading a Free Preview

Download
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->