Welcome to Scribd, the world's digital library. Read, publish, and share books and documents. See more
Download
Standard view
Full view
of .
Look up keyword
Like this
1Activity
0 of .
Results for:
No results containing your search query
P. 1
POPES Telmo Correia

POPES Telmo Correia

Ratings: (0)|Views: 45 |Likes:
Published by diogo_moura_8

More info:

Published by: diogo_moura_8 on Mar 16, 2011
Copyright:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

03/16/2011

pdf

text

original

 
 1
A Reforma da Administração Pública
Subscritores
Telmo CorreiaJoão Sande e CastroMaria Orísia RoqueJoão Paulo CastanheiraJoão Gonçalves PereiraSilvino RodriguesPedro Morais SoaresDiogo MouraPedro CasteloCarlos PinheiroFilomena AlvesLizette Teixeira do CarmoAndré CarreiraAntónio Carlos Monteiro
 
 2
A Reforma da Administração Pública
Índice:
1. Preâmbulo2. Diagnóstico3. Reformar a Administração Pública4. A Reforma dos Municípios5. As Finanças Locais6. Os Orçamentos de Base Zero7. As Empresas Municipais8. A Reforma das Freguesias9. A Recusa da Regionalização10. A Extinção dos Governos Civis
1º SubscritorTelmo de Noronha Correia
(Presidente da Distrital de Lisboa)
 
 3
A Reforma da Administração PúblicaMenos Estado, Mais Portugal1.Preâmbulo 
A presente proposta de orientação política e económica resulta da reflexão de umconjunto de Militantes, Dirigentes e Autarcas do Distrito de Lisboa e procura ser,antes do mais, um contributo útil para a formulação das políticas do partido, numaárea que conhecemos bem.Escolhemos por isso, numa altura em que a situação do país é de emergência,pensar e fazer propostas relativas à reforma da administração pública, comdestaque para o poder local.No âmbito do continuado insucesso de todas as reformas tentadas e fracassadaspelo Governo socialista, desde a saúde à justiça, passando pela educação, comdestaque para o verdadeiro fiasco que constitui a pseudo-reforma da AdministraçãoPública (PRACE), a qual se resume ao encerramento de postos da GNR, escolas ecentros de saúde do interior do país, onde a população se sente cada vez maisabandonada. Os cidadãos contribuintes não sentem como positivas as reformas doPS: são principalmente os cidadãos do Interior que as sentem, mas na pele.O infeliz resultado de uma reforma da Administração Pública de deficiente execuçãofoi a (re)concentração de serviços e competências, o distanciamento dos serviçospúblicos face aos cidadãos, o crescimento da despesa pública por via do recurso ao“outsourcing” na sua grande maioria sem o desejado concurso público, o aumentoda ineficiência financeira e humana da Administração do Estado.Mais do que um Pais europeu, Portugal parece hoje um país de pequenos egrandes “tachos” sustentados pelo erário público, isto é pelos cidadãoscontribuintes.

You're Reading a Free Preview

Download
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->