Welcome to Scribd, the world's digital library. Read, publish, and share books and documents. See more ➡
Download
Standard view
Full view
of .
Add note
Save to My Library
Sync to mobile
Look up keyword
Like this
3Activity
×
0 of .
Results for:
No results containing your search query
P. 1
Diferenciação Parte I- Histologia

Diferenciação Parte I- Histologia

Ratings: (0)|Views: 1,537|Likes:
Published by ivan_lalanda

More info:

Published by: ivan_lalanda on Mar 20, 2011
Copyright:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as PDF, TXT or read online from Scribd
See More
See less

11/04/2012

pdf

text

original

 
Sebenta de Diferenciação eDesenvolvimento
2008/2009Ivan Salazar
 
2
Princípios Básicos de Histologia
O nome Histologia foi dado por Meyer em 18219 e como a própria palavra indicasignifica morfologia dos tecidos. Assim, os tecidos têm dois componentes essenciaisque são, as células e a matriz extracelular que se encontra a rodear as células e quepode ser muito abundante ou muito escassa. Ora para se poderem observar estes doiscomponentes teve de se apurar técnicas já existentes, desenvolver novas técnicas eusar novos instrumentos. O microscópio óptico, o microscópio electrónico detransmissão e o de scanning foram os que mais contribuíram para o estudo damorfologia dos tecidos.Focando agora mais os tecidos estes podem ser definidos como um grupo decélulas que devem contribuir para realizar uma mesma função não havendo por isso aobrigatoriedade de serem iguais podendo ser registadas diferenças morfológicas.Todos os tecidos devem ter uma especialização morfofuncional que não é nada maisque uma interacção entre as células e a matriz funcional.Apesar de toda a sua complexidade estrutural, consideram-se que todos osorganismos superiores apresentam quatro tipos de tecidos básicos:
tecido epitelial
,
tecido conjuntivo
(que é um grupo muito heterogéneo onde se incluem as cartilagens,tendões, osso, tecido adiposo e até o próprio sangue),
tecido muscular
e por fim o
tecido nervoso
. Existe uma interacção entre todos estes tecidos variando apenas aproporção em que cada uma existe em diferentes órgãos. O conjunto de tecidos formaos órgãos.
O tecido epitelial
, reveste toda a superfície corporal e de igual modo revesteinternamente cavidades, canais e tubos, sendo constituído por um conjunto de célulasjustapostas, associadas umas às outras por diversos complexos de adesão e junçãocelular. O tecido epitelial localiza-se na interface de compartimentos biológicos,participando ai em actividades e funções vitais para o organismo, como a protecçãomecânica e imunitária, a secreção e a absorção. É característico deste tipo de tecido ofacto de as células serem muito unidas e de haver muito pouca matriz extracelular.
O tecido conjuntivo
serve grosseiramente para juntar ou ligar um epitélio a outro(tecido de conexão). Ao contrário do tecido epitelial, as células do tecido conjuntivoencontram-se separadas por uma grande quantidade de matriz extracelular. Numsentido amplo, consideram-se como principais funções do tecido conjuntivo: 1)suportedos outros tecidos básicos; 2)acondicionamento de tecidos e órgãos, preenchendoespaços e interstícios; 3)armazenamento de lipidos, funcionando como isoladortérmico e reserva energética; 4)protecção através dos mecanismos de defesaimunológica do organismo. Este tipo de tecido é também caracterizado por conferirconsistência e flexibilidade em certas zonas do corpo, por exemplo na traqueia.
 
3
O tecido muscular
, é caracterizado pela sua contractilidade o que possibilitaconverter a energia química em energia mecânica. A unidade estrutural do tecidomuscular é a célula muscular que, devido á sua forma alongada também é designadade fibra muscular. O tecido muscular encontra-se associado ao tecido ósseo no que dizrespeito á motilidade.
O tecido nervoso
é um tecido altamente especializado constituído por células quese diferenciam por reagirem a estímulos e conduzirem esses mesmos estímulos paraoutras partes do organismo podendo desencadear uma resposta. Este tipo de tecido éo mais completo de todos do ponto de vista funcional pois de certa maneira controlatodos os outros três tipos de tecidos. As células do tecido nervoso são constituídas porum corpo central e com prolongamentos em ambas as extremidades que têm comoprincipal função receber um estímulo reenviando-o para outra célula ou órgão efector.
Tecido Epitelial = Epitélios
O tecido epitelial e a sua forma poliédrica deve-se ao facto das células seremjustapostas formando folhetos tridimensionais (podendo ter as mais variadas formas).Possuem uma substancia extracelular muito reduzida e o núcleo deste tipo de célulasque compõem este tecido tem forma característica, variando de esférico até alongadoou elíptico. A forma do núcleo acompanha geralmente a forma das células; assim,células cuboides costumam ter núcleos esféricos e células pavimentosas costumas ternúcleos achatados.Assim, as três principais formas de células do tecido epitelial são achatadas,prismáticas e cuboides. Quanto ao número de camadas de células, se o tecido epitelialapenas possui uma camada é designado de tecido simples mas se por outro ladopossuir mais do que uma camada é designado de estratificado.Praticamente todas as células epiteliais estão apoiadas sobre um tecido conjuntivoestando consequentemente apoiados sobre uma
lâmina fibrosa
que
é constituída porfibras reticulares, matriz de mucolipopolissacarideos
sendo por isso uma parte muitosemelhante ao tecido conjuntivo. Ainda dentro da lâmina fibrosa tem-se uma parteque faz a transição do tecido epitelial para o tecido conjuntivo que se chama
lâmina

Activity (3)

You've already reviewed this. Edit your review.
1 hundred reads
1 thousand reads
Helenageraz liked this

You're Reading a Free Preview

Download
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->