Welcome to Scribd, the world's digital library. Read, publish, and share books and documents. See more ➡
Download
Standard view
Full view
of .
Add note
Save to My Library
Sync to mobile
Look up keyword
Like this
105Activity
×
0 of .
Results for:
No results containing your search query
P. 1
Física - optica questões de vestibular 2009

Física - optica questões de vestibular 2009

Ratings: (0)|Views: 30,983|Likes:
Published by japizzirani4064
Questões com resposta de física, Óptica Geométrica, de vestibulares de todas regiões do Brasil do ano de 2009 - princípios da óptica geométrica, leis da reflexão, espelhos planos e esféricos, índices de refração, leis da refração, reflexão total, dioptro plano, lâmina, prismas, lentes, óptica da visão
Questões com resposta de física, Óptica Geométrica, de vestibulares de todas regiões do Brasil do ano de 2009 - princípios da óptica geométrica, leis da reflexão, espelhos planos e esféricos, índices de refração, leis da refração, reflexão total, dioptro plano, lâmina, prismas, lentes, óptica da visão

More info:

Categories:Types, Research, Science
Published by: japizzirani4064 on Mar 26, 2011
Copyright:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as PDF, TXT or read online from Scribd
See More
See less

08/19/2013

pdf

text

original

 
 japizzirani@gmail.com
sumário
óptica geométrica: conceitos básicos
princípios e fenômenos ópticos
reflexão da luz (leis)
espelho plano
espelhos esféricos (estudo gráfico)
espelhos esféricos (estudo analítico)
refração da luz (índices de refração e leis)
reflexão total ou interna (ângulo limite)
dioptro plano, lâmina e prismas
VESTIBULARES 2009.1................................................................................................................ 22VESTIBULARES 2009.2................................................................................................................ 24
lentes esféricas (estudo gráfico)
lentes esféricas (estudo analítico)
óptica da visão
física
óptica geométrica
QUESTÕES DE VESTIBULARES2009.1 (1
o
semestre)2009.2 (2
o
semestre)
 
2 japizzirani@gmail.com
tópico 1:óptica geométrica: conceitos básicos
VESTIBULARES 2009.1
(UFBA-2009.1) - RESPOSTA: a) t = 2,4×10
 –4
s b)
5,2×10
2
HzA medida da velocidade da luz, durante muitos séculos, intrigouos homens. A figura mostra um diagrama de um procedimentoutilizado por Albert Michelson, físico americano nascido na anti-ga Prússia. Um prisma octogonal regular com faces espelhadasé colocado no caminho óptico de um raio de luz. A luz é refletidana face A do prisma e caminha cerca de 36,0 km atingindo oespelho, no qual é novamente refletida, retornando em direçãoao prisma espelhado onde sofre uma terceira reflexão na face Ce é finalmente detectada na luneta.OprocedimentodeMichelsonconsisteemgiraroprismademodoque, quando o pulso de luz retornar, encontre a face B exatamen-te no lugar da face C.Considerando que a velocidade da luz é igual a 3,0.10
5
km/s eque a aresta do prisma é muito menor do que a distância entre oprisma e o espelho,a) calcule o tempo que um pulso de luz gasta para percorrer, idae volta, a distância do prisma espelhado até o espelho;b) calcule a freqüência de giro do prisma de modo que a face Besteja na posição da face C, quando o pulso de luz retornar.(VUNESP/UNICID-2009.2) - ALTERNATIVA: DSuponha que uma das estrelas observadas pela (sonda) Kepler esteja a 100 anos-luz da Terra. Sabendo-se que a velocidade daluz no vácuo é de 3 . 10
8
m/s equeoano-luz éadistânciapercor-rida pela luz durante o tempo de um ano, dentre as ordens degrandeza apresentadas, aquela que melhor representa a distân-cia em quilômetros da Terra a essa estrela éa) 10
30
.b) 10
25
.c) 10
20
.*d) 10
15
.e) 10
10
.(PUCMINAS-2009.2) - ALTERNATIVA: AUma das constantes fundamentais da Física é a velocidade daluz. Ela desempenha um papel importantíssimo no estudo daóptica, do eletromagnetismo, da relatividade, da astronomia, etc.A ideia de que a velocidade da luz é finita começa com GalileuGalilei, ao tentar medir o intervalo de tempo que a luz gastavaparapercorreradistânciadeidaevoltaentreduascolinas.Galileunão conseguiu seu propósito. Naquela época não era possívelmedir intervalos de tempo extremamente pequenos.Galileu deixou plantada a ideia. Coube ao astrônomo dinamarqu-ês O. Roemer (1644-1710) demonstrar pela primeira vez que avelocidade da luz era finita.Conforme ilustrado na figura abaixo,Roemer observou que os eclipses de um dos satélites de Júpiter,observados na Terra, em certas épocas do ano, não ocorriamnos horários previstos por ele. Roemer interpretou o fato da se-guinte maneira: Aluz proveniente do satélite de Júpiter percorre-ria uma distância maior para chegar até a Terra quando ela esta-va no ponto B do que quando ela, a Terra, estava no pontoA, emsua órbita em torno do Sol.Em pleno século XVII, Roemer raciocinou que, em seis meses,enquanto a Terra se deslocava deApara B, Júpiter praticamentenão saia de sua posição em relação ao Sol. Com essas conside-rações, ele mostrou que a velocidade da luz é finita e determinouseu valor como c = 200.000 km/s. Nos anos seguintes, a veloci-dade da luz foi determinada como c = 300.000 km/s. Já no iníciodo século XX, uma nova propriedade para a velocidade da luz foipostulada por Einstein e confirmada experimentalmente pelos ci-entistas americanos Michelson e Morley: a velocidade da luz éabsoluta, ou seja, ela não depende do referencial em relação aoqual ela é medida.Tomando-se como base a experiência de Roemer (c = 200.000km/s) e a figura, e admitindo-se que a órbita daTerra em torno doSol tem um raio médio R = 1,50 x 10
11
m, o atraso de um eclipsedo satélite de Júpiter com a Terra na posição A para um outroeclipse, do mesmo satélite, com a Terra na posição B, seria deaproximadamente:*a) 25 minutosb) 2 horasc) 30 segundosd) 2 dias.
VESTIBULARES 2009.2
 
3 japizzirani@gmail.com
tópico 2:princípios e fenômenos ópticos
VESTIBULARES 2009.1
VESTIBULARES 2009.2 PÁG. 4
(CEFETMG-2009.1) - ALTERNATIVA: AA imagem formada em uma câmara escura de orifício é invertidaem relação ao objeto. Para descrevê-la, deve-se considerar a(o)*a) propagação retilínea da luz.b) reversibilidade dos raios de luz.c) paralelismo geométrico dos raios de luz.d) variação da velocidade da luz na câmara.e) mudança de meio de propagação da luz no orifício.(UEM/PR-2009.1) - RESPOSTA: SOMA = 14 (02+04+08)Um objeto delgado AB , intensamente iluminado, é colocado naposição vertical em frente à face que contém o orifício O de umacâmara escura. A imagem (conjunto de pontos luminosos) A'B'do objeto é formada na face oposta da câmara a uma distância dda face que contém o orifício. Considerando o exposto, assinaleo que for correto.01) Câmaras escuras comprovam o fenômeno de interferênciada luz.02) A imagem formada é invertida.04) A altura da imagem é inversamente proporcional à distânciaentre o objeto e a face da câmara.08) Os triângulos A'OB' e AOB são semelhantes, com razão desemelhança dada por A’B’ / AB = A’O / AO = B’O / BO.16) Se o objeto delgado AB está a uma distância de 1,8 m doorifício e d = 5,0 cm, sua imagem projetada tem altura igual a 1/40 da altura do objeto.(CEFETSP-2009.1) - ALTERNATIVA: ESobre o céu que você vê, analise:I. A Lua, os planetas e o Sol têm seus movimentos aparentescontidos,aproximadamente,nummesmoplano,conhecidocomoplano da eclíptica.II. Nos dias em que há eclipse da Lua, total ou parcial, o fatopresenciado se dá por conta de nosso planeta, que se interpõeaos raios solares que acabam por não iluminar a Lua.III. Quando vemos diariamente o Sol nascer ao Leste, percorrer o céu e se pôr ao Oeste, estamos praticando uma visãogeocentrista do movimento do Sol.Está correto o contido ema) I, apenas.b) II, apenas.c) I e III, apenas.d) II e III, apenas.*e) I, II e III.(VUNESP/FTT-2009.1) - ALTERNATIVA: AO esquema a seguir representa a direção de um feixe de luz.Aalteração da trajetória da luz, ao passar do meioApara o meioB, está relacionada com o fenômeno que ocorre quando a luz*a) muda de direção, ao passar de um meio óptico para outro, eé denominado refração.b) incide sobre uma superfície rugosa e é desviada da sua traje-tória, sofrendo reflexão.c) reflete em uma superfície lisa e muda a sua trajetória e é deno-minado difração.d) incidente é refletida em uma direção diferente do meio materi-al em que propaga.(FURG/RS-2009.1) - ALTERNATIVA: ASe numa sala perfeitamente escura iluminarmos a bandeira bra-sileira com luz amarela, iremos vê-la:*a) Amarela e pretab) Totalmente amarelac) Verde, amarela, azul e brancad) Verde e pretae) Branca, azul e preta(UCS/RS-2009.1) - ALTERNATIVA: AUma pessoa pega um cinzeiro de vidro transparente e, atravésda base do cinzeiro, observa as coisas a sua volta, percebendoque elas parecem menores. A mudança no tamanho das ima-gens devido ao cinzeiro permite concluir que os raios de luz quepassam por ele*a) sofrem refração.b) sofrem polarização.c) não têm freqüência.d) produzem interferência destrutiva.e) produzem interferência construtiva.(UEPG/PR-2009.1)-RESPOSTAOFICIAL:SOMA=07(01+02+04)Sobre o fenômeno óptico da reflexão, assinale o que for correto.01) Quando um raio de luz policromática atinge uma superfícieopaca, a luz refletida é da mesma cor do objeto, e as demaiscores são absorvidas.02) Um objeto reflete apenas as freqüências da luz que o ilumi-na.04) Quando dois feixes de luz de cores distintas incidem sobreum corpo, a luz refletida pode ser uma terceira, diferente dascores incidentes.08) Quando um objeto absorve todas as cores de um raio de luzpolicromática que nele incide, a cor refletida é branca.(UFTM-2009.1) - RESPOSTA: a) 8 horas b) h = 17 mNuma manhã de céu claro, uma pessoa percebeu que às 9 horasos raios solares incidiram na região, fazendo um ângulo de 45°com a horizontal e que um prédio de altura
h
projetou no solohorizontal uma sombra de comprimento
a
. Às 10 horas, os raiosincidiram fazendo um ângulo de 60° com a horizontal, e a som-bra projetada pelo prédio mediu
b
.Considerando que o movimento aparente do Sol seja uniforme,que tg 45° = 1 e tg 60° = 1,7 e que
a
+
b
= 27 m, determine:a) em que horário, nesse mesmo dia e local, os raios solaresincidiram, pela manhã, fazendo um ângulo de 30° com a horizon-tal;b) a altura
h
do edifício.

You're Reading a Free Preview

Download
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->