Welcome to Scribd, the world's digital library. Read, publish, and share books and documents. See more
Download
Standard view
Full view
of .
Save to My Library
Look up keyword
Like this
19Activity
0 of .
Results for:
No results containing your search query
P. 1
VANGUARDAS EUROPEIAS

VANGUARDAS EUROPEIAS

Ratings: (0)|Views: 3,201 |Likes:
Published by Adeilson

More info:

Published by: Adeilson on Mar 29, 2011
Copyright:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as DOC, PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

08/20/2013

pdf

text

original

 
VANGUARDAS EUROPEIAS1. (UEL/PR) Em 1924, os surrealistas lançaram um manifesto no qual anunciaram a força do inconsciente na criação denovas percepções. Valorizavam a ausência de lógica das experiências psíquicas e oníricas, propondo novas experiênciasestéticas.Sobre o Surrealismo, é correto afirmar:a) Acredita que a liberação do psiquismo humano se dá por meio da sacralização da natureza.b) Baseia-se na razão, negando as oscilações do temperamento humano.c) Destaca que o fundamental, na arte, é o objeto visível em detrimento do emocionalismo subjetivo do artista.d) Concede mais valor ao livre jogo da imaginação individual do que à codificação dos ideais da sociedade ou da história.e) Busca limitar o psiquismo humano e suas manifestações, transfigurando-os em geometria a favor de uma nova ordem.2. (ESPM/SP) Verifique o texto:“Beiramarávamos em auto pelo espelho de aluguel arborizado das avenidas marinhas sem sol.Losangos tênues de ouro bandeiranacionalizavam o verde dos montes interiores.”Esse fragmento da obra Memórias Sentimentais de João Miramar, de Oswald de Andrade, revela influência de umacorrente de vanguarda européia do Modernismo. Marque-a:a) Futurismo, pela exaltação à velocidade e à tecnologia automotiva.b) Surrealismo, pois as imagens insólitas apresentadas parecem ter sido extraídas do sonho ou do inconsciente donarrador.c) Cubismo, já que somente partes dos objetos e da paisagem são descritas, a imagem é fragmentária.d) Expressionismo, pela caricaturização, pela deformação da imagem através do exagero.e) Dadaísmo, pois o significado do texto é nenhum, já que as idéias estão misturadas ao acaso.3. (UPE)Enfim, um indivíduo de idéias abertas“A coceira no ouvido atormentava. Pegou o molho de chaves, enfiou a mais fininha na cavidade. Coçou de leve o pavilhão,depois afundou no orifício encerado. E rodou, virou a pontinha da chave em beatitude, à procura daquele ponto exato emque cessaria a coceira.Até que, traque, ouviu o leve estalo e, a chave enfim no seu encaixe, percebeu que a cabeça lentamente se abria.”Marina Colasanti. Contos de Amor Rasgado.Rio de Janeiro: Rocco, 1986. p. 11.Mobilizando as concepções de gênero literário, de estilos estéticos e de efeitos de sentido na produção literária, analise oscomentários seguintes referentes ao texto.I. O texto é narrativo, apresentando uma seqüência de eventos, uma personagem e um narrador na terceira pessoa dodiscurso.II. Como indica o título da obra em que o texto E está inserido, trata-se de um conto, gênero literário que exige um núcleonarrativo complexo e plural.III. O texto revela fortes tendências do Surrealismo, movimento de vanguarda do século XX, que tem por característica,entre outras, aproximar a linguagem da estrutura do sonho.
 
IV. O texto explora a polissemia contida nos vocábulos ‘abertas' e ‘abria'. O final do texto, no entanto, sugere umainterpretação predominantemente literal e, assim, consegue o efeito de estranhamento.V. Pela sua curta dimensão e pelo teor dos fatos narrados, o texto faz parte da antologia da primeira fase do Modernismobrasileiro, quando predominaram os poemas-piada.A afirmativa é verdadeira nos itensa) I, IV e V, apenas.b) II e IV, apenas.c) I, II e III, apenas.d) II, III e V, apenas.e) I, III e IV, apenas.4. (Ufam) A respeito do Surrealismo, um dos movimentos de vanguarda relacionados ao Modernismo brasileiro, pode-seafirmar:a. Pierre Garnier, que o sistematizou, declarava que as profundezas de nosso espírito abrigam forças capazes de superar oaparente equilíbrio da superfície.b. Sua história se confunde com a de seu líder, Marinetti, que, em 1909, lançou em Paris o manifesto do movimento.c. Teve como líder o romeno Tristan Tzara, que privilegiava a exploração do inconsciente, as narrações dos sonhos, asexperiências hipnóticas.d. Tendo como referência o pintor Picasso, seus adeptos pregavam a deformação dos objetos naturais, privilegiando asubjetividade do artista.e. André Breton, que lançou o manifesto do movimento em 1924, considerava o racionalismo absoluto como algoabsolutamente desprezível.5. (Ufam)Leia o texto abaixo, referente a uma “receita” para se fazer um poema:“Pegue um jornal.Pegue a tesoura.Escolha no jornal um artigo do tamanho que você deseja dar a seu poema.Recorte o artigo.Recorte em seguida com atenção algumas palavras que formam esse artigo e meta-as num saco.Agite suavemente.Tire em seguida cada pedaço um após o outro.Copie conscienciosamente na ordem em que elas são tiradas do saco.O poema se parecerá com você.E ei-lo um escritor infinitamente original e de uma sensibilidade graciosa, ainda que incompreendido do público.”TZARA, Tristan. In: TELES, Gilberto Mendonça.Vanguarda européia e modernismo brasileiro. 9. ed. Petrópolis: Vozes, 1986. p.132.Essa “teoria poética”, que tende para o mais completo anarquismo, é uma plataforma do:a) Futurismob) Expressionismoc) Dadaísmod) Surrealismo

Activity (19)

You've already reviewed this. Edit your review.
1 hundred reads
1 thousand reads
Edvaldo Costa liked this
Edvaldo Costa liked this
Janice Simoes liked this
glayci liked this
Mellzita Costa liked this
Rosy Rodrigues liked this
Rafaella Gentile added this note
Olá! Você teria o gabarito dessas questões?

You're Reading a Free Preview

Download
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->