Welcome to Scribd, the world's digital library. Read, publish, and share books and documents. See more
Download
Standard view
Full view
of .
Look up keyword
Like this
0Activity
0 of .
Results for:
No results containing your search query
P. 1
MED1

MED1

Ratings: (0)|Views: 9 |Likes:

More info:

Published by: Manuel De Castro Nunes on Apr 01, 2011
Copyright:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as DOC, PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

04/01/2011

pdf

text

original

 
O Amolador 
TRATADO DE NECROLOGIA.OU ARTE E CIÊNCIA DE EMBALSAMAR OS CADÁVERES, COM ENSINAMENTOS PRECIOSOSSOBRE A CORRUPÇÃO DAS PARTES E ORGÃOS E DOS SEUSPRINCÍPIOS.Os fundamentos da arte da dissecação,as drogas e espécies animais e vegetais antissépticase odoríferas;e um método seguro para vaticinar e adivinhar,pela observação das entranhas.A Medicina Forense emétodos para decifrar a conjuntura,na ocorrência da morte.Segue paralelo ao discurso e exposição da doutinao relato de três casos,que dão corpo e contexto a todosos ensinamentos.E serve para contestar aANDREA VESALIO.
 
2
 
PRÓLOGO
Diglutidores de cartapácios e roedores de notas de rodapé, em afãquotidiano e tenaz mas sempre pouco gratificante, serenos na sua humildade ecultores de nio e dilincia alheia, os compiladores foram no passado osimprescindíveis testemunhos de uma transmissão ininterrupta dos saberes e dasculturas. Sábios de coisa nenhuma, mas manipuladores intrépitos de todas as artese ciências, a sua colossal erudição foi sempre proporcional de uma discriçãocultivada quase até ao anonimato. Quando todos se alucinavam com o novo,dedicaram-se com empenho sereno mas desempoeirado a salvar o antigo, aassegurar que com uma biblioteca escorreita e seleccionada com astúcia qualquer ignorante pudesse fazer figura de sábio.Num só volume, um compilador adestrado podia reunir quanto bastasse deHipócrates, Galeno, Averrois, Avicena, Aristóteles, Homero, Xenofonte, Cícero,Plínio, Ovídio, Aulo Gélio, Dante e Santo Isidoro para que qualquer estudantecábula de Coimbra ou Salamanca se pudesse alçar a Físico Mor do Reino e aindafosse apto a escrever uns vilancetes e animar um sarau de academia de curiosos. Sediligente e aventureiro, ainda escreveria um libelo e corrigiria a alguns mestres.Em verdade, foi o que se passou com Andrea Vesalio. Quando escreveu oDe Humana Corporis Fabrica, era um jovem empreendedor e sanguíneo, com ogénio suficiente para revolver as mentalidades de contemporâneos e coevos com asua irreverência e espírito quesilento. Com imperturbável falta de escrúpulos ehorizontes de referência éticos e morais, alguma esperteza saloia mas muito maisestultícia e umas tantas tesouras e facalhões, julgou-se capaz de observar noscorpos alheios tudo o que os outros não houveram enxergado.Qualquer gourmand bem ilustrado e exercitado, habituado a usar o floretepara esfolar e trinchar uma lebre ou uma perdiz, a procurar nelas as partes maisgostosas e mais estimulantes ao paladar e aquelas que se hão de deitar fora, aseleccionar os ossos para a sopa e as tripas para as galinhas, faria umademonstração mais exuberante da arte e prudência no usar das lâminas. Nem lheseria preciso ler o grego e o latim, nem conhecer as máximas da dialética dePlatão.Vesalio inaugurou então uma disciplina nova por ignorância ou falta decomplacência pela prudência dos saberes antigos, porque dispunha concerteza demás compilações, traduções e resumos deficientes. E não chegara a compreender as razões porque os seus mestres não tinham usado ainda de uma consciência tãoliberal quando se tratava de meter as facas às carnes, músculos e tendões dos seusconterrâneos. Porque não puderam tratar com a sua lógica profana um objecto quecontinuavam a ter por sagrado.Este tratado não resulta então do trabalho de um sábio ou de um mestre,mas tão só de um compilador. Movido das preocupações que já ficaram enunciadase não mais.
3

You're Reading a Free Preview

Download
scribd
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->