Welcome to Scribd, the world's digital library. Read, publish, and share books and documents. See more ➡
Download
Standard view
Full view
of .
Add note
Save to My Library
Sync to mobile
Look up keyword or section
Like this
35Activity
×
0 of .
Results for:
No results containing your search query
P. 1
TemaIII a Numeros Complexos

TemaIII a Numeros Complexos

Ratings: (0)|Views: 25,982|Likes:
Published by andrewsgaleno

More info:

Published by: andrewsgaleno on Apr 13, 2011
Copyright:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as PDF, TXT or read online from Scribd
See More
See less

06/04/2013

pdf

text

original

 
TEMA IIITrigonometria e Números Complexos
Miguel Moreira Júlia Justino Mariana Dias
 
Conteúdo
1 Trigonometria 1
1.1 Introdução . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 11.2 O conceito de ângulo . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 11.3 Algumas propriedades de triângulos planos . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 31.4 As funções Seno e Coseno de ângulos entre
0
e
π 
2
. . . . . . . . . . . . . . . . 71.4.1 A relação entre o Seno e o Coseno . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 91.5 As funções Secante e Cosecante para ângulos entre
0
e
π 
2
. . . . . . . . . . . 121.6 As funções Tangente e Cotangente para ângulos entre
0
e
π 
2
. . . . . . . . . . 131.7 O círculo trigonométrico . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 151.7.1 O Seno e o Coseno no círculo trigonométrico . . . . . . . . . . . . . . 151.7.2 A Tangente e a Secante no rculo trigonométrico . . . . . . . . . . . 201.7.3 A Cotangente e a Cosecante no círculo trigonotrico . . . . . . . . . 241.8 Valores de fuões trigonométricas para ângulos arbitrios . . . . . . . . . . 281.8.1 Redução de um ângulo arbitrário ao intervalo
[
0,2
π 
[
. . . . . . . . . . 281.8.2 Redução de uma função trigonométrica ao 1
o
quadrante . . . . . . . 291.9 Equações com funções trigonométricas . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 301.9.1 Equação sen
x
=
sen
α 
. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 301.9.2 Outras equações . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 311.10 Algumas importantes rmulas trigonotricas . . . . . . . . . . . . . . . . . 331.10.1 O seno da soma . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 331.10.2 O coseno da soma . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 341.10.3 A lei dos senos . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 351.10.4 A lei do coseno . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 371.11 Exercícios Propostos . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 391.12 Soluções . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 44
2 Números Complexos 48
2.1 Introdução . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 482.2 Forma algébrica dos números complexos e sua representação geométrica . . . 492.3 Operações com números complexos na forma algébrica . . . . . . . . . . . . 532.4 Forma trigonométrica dos números complexos e suarepresentação geométrica . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 572.5 Operações com números complexos na forma trigonotrica . . . . . . . . . 612.6 Domínios planos e condões em varvel complexa . . . . . . . . . . . . . . . 662.6.1
|
1
2
|
como distância entre dois pontos . . . . . . . . . . . . . . . . 682.6.2
|
1
|
=
|
2
|
como mediatriz de um segmento de recta . . . . . . 702.6.3 arg
(
1
) =
θ
como semi-recta . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 712.7 Exercícios Propostos . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 722.8 Soluções . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 75
 
1 Trigonometria
1.1 Introdução
"A palavra
trigonometria 
é uma combinação de duas palavras gregas,
trigonon 
, que signi
catriângulo e
metron 
, medir. A palavra apareceu na imprensa em
nais do século XVI quandofoi usada como título de um trabalho de
Bartholomaeus Pitiscus 
, publicado pela primeiravez em 1595 como suplemento de um livro sobre esferas. A palavra grega para ângulo é
gonia 
, e antes falava-se de goniometria como sendo a ciência da medida dos ângulos."
in 
TomApostol, Os Primórdios da História da Humanidade, Boletim da SPM-n
o
47.
1.2 O conceito de ângulo
A noção de ângulo encontra-se rigorosamente caracterizada na obra de Euclides, matemáticoe geómetra da antiguidade, chamada
Elementos 
. Esta obra encontra-se dividida em trezelivros. A oitava de
nição presente no primeiro livro é precisamente a de
nição de ânguloplano:
De
nição 1
Um ângulo plano é a inclinação mútua de duas rectas que se cruzam num mesmo plano.
Basicamente o conceito de ângulo mede a
inclinação relativa 
de duas rectas que se intersec-tam.Diz-se que a rotação plana de uma recta em torno dum seu ponto descreve um
ângulopositivo
se a rotação se veri
car no sentido anti-horário. Se a rotação se veri
car no sentidohorário o
ângulo descrito diz-se negativo
.
 β α  β α 
Figura 1: Ângulo
α 
(positivo) e
β
(negativo)Os ângulos podem ser medidos em
graus
,
radianos
ou
grados
.1
M aio de 2006

Activity (35)

You've already reviewed this. Edit your review.
1 hundred reads
1 thousand reads
João Ribeiro liked this
Junio Carneiro liked this
João Simoes liked this
Mara Alves liked this
Toni Santos liked this
SandroFonseca liked this

You're Reading a Free Preview

Download
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->