Welcome to Scribd, the world's digital library. Read, publish, and share books and documents. See more
Download
Standard view
Full view
of .
Look up keyword
Like this
17Activity
0 of .
Results for:
No results containing your search query
P. 1
MARX, Karl - Fundamentos da história IN Marx - Sociologia (org. Ocatvio Ianni) São Paulo - Ática 1979 pp. 45-61

MARX, Karl - Fundamentos da história IN Marx - Sociologia (org. Ocatvio Ianni) São Paulo - Ática 1979 pp. 45-61

Ratings: (0)|Views: 1,659 |Likes:
Published by Andressa Helena

More info:

Published by: Andressa Helena on Apr 13, 2011
Copyright:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

05/19/2013

pdf

text

original

 
,-
li
..;"
d
Cr'"
r-
...-r'\
(j
"-IU
0'"..
,/
'
l'V
/1
fJ/'
_J
CIP-Brasil.(:atalogaçüo-na-I--<'oJ11cmaraBrasilcir:ldol.iv]"o,SP
Marx,K:III,IXIXIXX\.
M355kKarJ
M;ll'x
~()l'i()J()j~i:l;'
1l1'/'"llliz,Hlol
Id;t
coklú
llC"al(klavio
L1Jllli;
Ill,lllll(:aode)\.1;llia1,'lis:IMasl"art'llil,IS,
IOlll'
,li'
Alldldcl"1';lIlslt)
N.
Pt·lh'/;l'illij.
S:IOP;llllllAlir:l,
l'U'>.(II:lIldcsl"il·llll~.;lat-iStH'i:lis
10)IIIl'JIIIillrICllt\";IO~,(l11I'('r\bl'X
porOC!:lvio
1;11I1Ii.
I.('I:t~~,(,~,~,()l'i;lis2..
('OllllllliSJllll\.('OlllllllisIIlOc
sOí'il'd,Hlc,1.IV1;ll\,Karl,IXIXIX~U
S.
Sociologia
I.lanui,Ol:ivio,
Il)2.h-
11.
Titulo.
('IJIJ
U.\.'HX:WI
\01
\01.,1~
\20..1:12
7'HI1,17.121.,\
SUMÁRIO
Indiccsparacalogosis1emútico:1.ClassessociaisAspectospolíticos32.~.:;2.Classessociais:Sociologia301.443.ClassessociaiseEstado:Ciênciapolítica:n:14.Estadocclassessociais:Ciênciapolílica:123.\.Marxismo:Ciênciapolítica320,532(,.Marxismocsociologia335,4181017.Sociologia101X.Sociologiamarxista31.\-438301
EDIÇÃO
Tradução:
MariaElisaMascarenhas,IonedeAndradeeFaustoN,Pellegrini
Cvpidesque:
MitsueMorissawaeM.CarolinadeA.Boschi
CoordenaçãoEditorial:
t
PauloS,M,Machado
ConsultariaGeral:
Prof.FlorestanFernandesARTE
Capa:
ElifasAndreato
ProjetoGráfico:
VirgíniaFujiwara
ProdãoGráfica:
ElaineReginadeOliveira
EdiçãodeArte:
AdemirCarJosSchneidcr
Fotodecapa:
JoãoBittar
=============1979~_TodososdireitosreservadospelaEditoraÁticaS.AR.BarãodeIguape,110-TeI.:PBX278-9322(50Ramais)C.Postal8656-End.Telegráfico"Bomlivro"-S.Paulo
INTRODUÇAO
(porOctaviolanni),
7
I.
APRODUÇAODASOCIEDADE
1.
FundamentosdaHistória,
452.
Condõeshistóricasdareprodãosocial,
62
3.
Característicasessenciaisdosistemacapitalista,
744.
Infra-estruturaesuperestrutura,
82
11.CLASSESSOCIAISECONTRADÕESDECLASSES
--
5.
Asclassessociais,
99
6.
AestruturadeclassesnaAlemanha,
1027.
Classessociaisebonapartismo,
1108.
Oexércitoindustrialdereserva,
125
9.
QuestionáriosobreasituãooperárianaFrança,
133
-
11I.EXISNCIAECONSCIÊNCIA
'10.
Aprodãodaconsciência,
14511.
Fetichismoereificão,
159
f\
li
 
t1
1.FUNDAMENTOSDAHISTÓRIA
*
1
Ascondõespréviasdasquaispartimososãobasesarbitráriasoudogmas;sãobasesreais,quesópodemosabstrairemimaginação.oosindiduosreais,suaãoesuascondõesmateriaisdeexisncia,asqueencontraramprontas,comotammaquelasquenasceramdesuaprópriaação.Essasbasessão,portanto,verificáveisatravésdeummeiopuramenteempírico.Acondiçãoprimeiradetodahistóriahumanaé,naturalmente,aexistênciadesereshumanosvivos.Oprimeiroestadorealaconstataré,portanto,opatrimôniocorporaldessesindivíduoseasrelaçõesqueessepatrimôniodesenvolvecomorestodaNatureza.Nãopodemos,naturalmente,fazeraquiumestudoaprofundadodaprópriaconstituãofísicadoHomem,nemdascondiçõesnaturaisqueoshomensencontraramprontas:condõesgeológicas,orográficas,hidrográficas,climáticaseoutras.Todahistóriadevepartirdessasbasesnaturaisedesuamodificação,atrasdaaçãodoshomens,nocursodaHistória.Pode-sedistinguiroshomensdosanimais,pelaconscncia,pelareligiãoeportudoomaisquesequeira.Elesmesmoscomeçamasedistinguirdosanimaisdesdequeprincipiama
produzir
osseusmeiosdeexistência,umpassoadianteeconseqüênciadesuaorganização
00
corporal.Aoproduzirosseusmeiosdeexisncia,oshomensproduzem~indiretamenteasuaprópriavidamaterial.)Amaneirapelaqualoshomensproduzemosseusmeiosdeexistênciadepende,primeiramente,danaturezadosmeiosdeexistência
*
ReproduzidodeMARX,K.eENGELS,F."Feuerbach."ln:
L'idéologieallemande.
Paris,ÊditionsSociales,1953.p.11-28.
Apud
IANNI,O.
TeoriasdeEstratitl-caçãoSocial.
Trad.porWilmaKovesi.SãoPaulo,Cia.Ed.Nacional,1972.p.67-83.
1IIIr
!I
 
46
c
jádadosequeprecisamserreproduzidos.Nãosedeveconsideraressamodalidadedeproduçãosobesseúnicopontodevista,apenascomoareproduçãodaexistênciafísicadosindivíduos.Emverdadejárepresentaummododeterminadodaatividadedessesindivíduos,oumaneiradeterminadademanifestarasuavida,um
mododevida
deter-/minado.Amaneirapelaqualosindivíduosmanifestamasuavida/refletemuitoexatamenteoquesão.Oqueelessãocoincide,portanto,.comasuaprodução,tantocomo
que
produzemquantocoma
maneirapelaqual
oproduzem.Oqueosindivíduossãodepende,portanto,dascondiçõesmateriaisdesuaprodução..Estaproduçãosóaparececomo
crescimentodapopulação.
Elamesmapressupõedesuaparte
relações
dosindivíduosentresi.Aformadessasrelaçõesé,porsuavez,condicionadapelaprodão.(Asrelaçõesentreasdiferentesnaçõesdependemdoestágiodo-)desenvolvimentoemquecadaumadelasseencontra,noqueserefere(àsforçasprodutivas,àdivisãodotrabalhoeàsrelaçõesinternas.Esseprincípioéuniversalmentereconhecido.Noentanto,nãosomenteasrelaçõesdeumanaçãocomasoutrasnações,mastambémtodaaestruturainternadessapróprianação,dependemdoveldedesenvolvimentodesuaproduçãoedesuasrelaçõesinternaseexternas./Podemosreco-,nhecer,demodobastanteclaro,ograudedesenvolvimentoatingido!pelasforçasprodutivasdeumanaçãopeloníveldedesenvolvimentoatingido_pelassuasfoasprodutivas,peloveldedesenvolvimentoatingidopeladivisãodotrabalho.Namedidaemqueestanãoéumasimplesextensãoquantitativadasfoasprodutivasconhecidas(cultivodeterrasvirgens,porexemplo),todanovaforçadeproduçãoprovoca,emconseência,umnovoaperfeoamentodadivisãodotrabalho.Adivisãodotrabalhonointeriordeumanaçãoacarreta,primeiramente,aseparaçãodotrabalhoindustrialecomercial,P9r.umlado,edotrabalhoagrícola,poroutro.Assimsendo,provocaaseparaçãoentreacidadeeocampo,eaoposiçãodosseusinteresses.
/0
seudesenvolvimentoulterioracentuaaseparãodotrabalhocomercialedotrabalhoindustrial.Aomesmotempo,devido
à
diviodotrabalhonointeriordosdiferentessetores,desenvolvem-se,porsuavez,diferentessubdivisões,dentreosindivíduosquecooperamemtrabalhosdeterminados.Aposiçãodessassubdivisõesparticulares,umasemrelaçãoàsoutras,écondicionadapelamodalidadedeexploraçãodotrabalhoagrícola,industrialecomercial(patriarcado,escravatura,ordenseclasses).Asmesmasanalogiasaparecemquandoosintermbiosomaisdesenvolvidos,nasrelaçõesentreasdiversasnações.
I
I
I
47
Osdiversosestágiosdodesenvolvimentodadivisãodotrabalhorepresentamigualnúmerodediferentesformasdepropriedade.Emoutrostermos,cadanovoestágiodadivisãodotrabalhodetermina,aomesmotempo,relaçõesdosindivíduosentresi,notocanteàscoisas,instrumentoseprodutosdotrabalho.Aprimeiraformadapropriedade
é
apropriedadedatribo.Elacorrespondeaesseestágiorudimentardaprodução,quandoumpovosealimentadacaçaedapesca,dacriaçãodegadoou,arigor,daagricultura.Nestecaso,sue-seumagrandequantidadedeterrasincultas.Nesseestágio,adiviodotrabalhoéaindamuitopoucodesenvolvidaeselimitaamaiorextensãodadivisãonaturaldotrabalhoqueaoferecidapelafalia.Aestruturasocialselimita,portanto,aumaextensãodafamília:chefesdatribopatriarcal,tendoabaixodesiosmembrosdatriboe,finalmente,osescravos.Aescravaturalatentenafamíliasomentesedesenvolveaospoucoscomoaumentodapopulaçãoedasnecessidadese,também,comaampliaçãodasrelaçõesexternas,tantopelaguerracomopelatroca.Asegundaformadapropriedade
é
apropriedadeantiga,propriedadecomuna!epropriedadedoEstado,resultantesobretudodareunodeváriastribosnumasócidade,porcontratoouconquista,ondesubsisteaescravatura.Aoladodapropriedadecomunal,apropriedadeprivada,debensveisemaistardeimóveis,sedesenvolve,massobumaformaanormal,esubordinada
à
propriedadecomuna!.Oscidaosnãotêmplenospoderessobreosseusescravos,quetrabalhamemsuacomunidade,oquejáosligaàformadapropriedadecomunal.
É
apropriedadeprivadaeemcomumdoscidadãosativos,osquais,faceaosescravos,sãoobrigadosapermanecernessaformanaturaldeassociação.
É
poressarazãoquetodaaestruturasocialbaseadanessaformae,juntamentecomela,opoderdopovo,sedesagregamàmedidaquesedesenvolveapropriedadeprivadaimobiliária.Adiviodotrabalhojáestámaisadiantada.Jáseencontraaoposiçãoentreacidadeeocampoe,maistarde,aoposiçãoentreosEstadosrepresentantesdointeressedascidadeseaquelesrepresentantesdointeressedocampo.Enointeriordasprópriascidades,encontra-seaoposiçãoentreocomérciomarítimoeaindústria.Asrelaçõesdeclasseentrecidadãoseescravosatingemoseucompletodesenvolvimento.Ofatodaconquistapareceestaremcontradiçãoatodaestaconcepçãodehistória.Atéopresente,encarou-seaviolência,aguerra,apilhagem,obanditismo,etc.,comoaforçamotrizdahistória.
É
necessárioquenoslimitemosaquiaospontoscapitais,razãopelaqual
l'l.ii
ir
I
111111
i'l
ri
i~i

Activity (17)

You've already reviewed this. Edit your review.
1 hundred reads
1 thousand reads
Walkiria Binas liked this
Victor Soares liked this
Wal Dir liked this
dandelmanto liked this
Cecília Fonseca liked this
Victor França liked this

You're Reading a Free Preview

Download
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->