Welcome to Scribd, the world's digital library. Read, publish, and share books and documents. See more
Download
Standard view
Full view
of .
Save to My Library
Look up keyword
Like this
7Activity
0 of .
Results for:
No results containing your search query
P. 1
Celso Ribeiro Bastos - Curso de Direito Constitucional - 1999 - 20a Ed

Celso Ribeiro Bastos - Curso de Direito Constitucional - 1999 - 20a Ed

Ratings: (0)|Views: 165 |Likes:
Published by Nelsonkratsch

More info:

Published by: Nelsonkratsch on Apr 16, 2011
Copyright:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as RTF, PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

04/29/2014

pdf

text

original

 
CURSO DE DIREITO CONSTITUCIONALCelso Ribeiro Bastos
Advogado. Professor de Pós-GraduaçãO de Direito Constitucional e de Direito dasRelações Econômicas InternacionaiS da Pontifícia Universidade Católica de SãoPaulo. Diretor-Geral do Instituto Brasileiro de Direito Constitucional - IBDC.Ex-Procurador do Estado de São Paulo.1. Direito constitucional
 NOTA À 2ª.EDIÇÃO
Após a Constituição de 1988, evidentemente, tivemos de atualizar a obra deacordo com a nova Carta. Isto, contudo, foi feito sem que a Constituição tivessesido comprovada na realidade e, em conseqüência, sofrido as interpretaçõesdoutririas e jurisprudenciais que m merecendo dos tribunais e dosjulgadores.Hoje, sentimo-nos em condições de levar a efeito sua reestruturação com doisobjetivos. Primeiro, trazer para o Texto Constitucional não apenas a nossaopinião, mas também a da jurisprudência, assim como a de outros juristas quetratam proficientemente do tema. Segundo, dar um tratamento a certos capítulosda Constituão de 1988, que mais m que ver com a lei ordiria do quepropriamente com a Magna Carta. No entanto, a prática tem demonstrado que essasmarias, pelo fato de estarem reguladas na Constituão, repercutemintensamente na vida do nosso direito. Não há quase demanda judicial que possaser travada sem que esteja presente alguma faceta da própria Constituição.Conhecê-la, pois, não é exclusivo de alguns especialistas, mas é obra que seime a todos que lidam com o direito. Daí a rao de ser do alargamentodispensado a diversos capítulos, o que acabou por encorpar de forma sensível otexto original.Esperamos, assim, ter melhorado nosso modesto curso. De qualquer forma, quem odirá é o leitor, com cuja opinião gostaríamos enormemente de contar paracontinuarmos aperfeiçoando o trabalho no futuro.Agradecemos a Dra. Patrícia de Castro e Colher Coeli pelas pesquisas quelevou a efeito com grande afinco.ÍNDICE GERALPARTE ITEORIA DO ESTADO E DA CONSTITUIÇÃOTÍTULO INOÇÕES DE TEORIA DO ESTADOCAPÍTULO ICONCEITO E NATUREZA DO ESTADO1. Sociabilidade do homem1.1. Fatores que levam o homem a socializar-se2. O poder e a sociedade3. Estado-governo e Estado-sociedade4. Pressupostos ou elementos integradores do EstadoCAPÍTULO IIO PODER1. Poder social2. Poder político3. Direito e política4. O Estado se subordina inteiramente ao direito?5. Estado e soberaniaCAPÍTULO IIIO PODER CONSTITUINTE1. Legitimidade e legalidade2. O pensamento político-jurídico de Sieyès3. Natureza e titularidade do poder constituinte4. Espécies de poder constituinte: originário e derivado
 
5. Exercício do poder constituinte6. Limitações ao poder de reforma constitucional6.1. Cláusulas pétreas7. Modernas tendênciasTÍTULO IITEORIA DA CONSTITUIÇÃOCAPÍTULO ICONSTITUIÇÃO1. Conceito2. Constituição em sentido muito amplo3. Constituição em sentido material4. Constituição em sentido substancial5. Constituição em sentido formal5.1. Posição hierárquica superior das normas constitucionais em rela-ção às infraconstitucionais6. Existência, ou não, de Constituição em todos os Estados, conforme aacepção, substancial ou formal, que se atribua ao vocábulo7. Critério mais relevante para o direito na conceituão deConstituição: oformal8. Constituições escritas e costumeiras9. Constituições rígidas e flexíveis10. Direito ConstitucionalCAPÍTULO IICONSTITUIÇÃO COMO UM SISTEMA DEPRINCÍPIOS E NORMAS1. O papel dos princípios2. Espécies de princípios3. Espécies de normasCAPÍTULO IIIINTERPRETAÇÃO. INTEGRAÇÃO. APLICAÇÃO1. Interpretação1.1. Interpretação conforme a Constituição1.2. Singularidade das normas constitucionais do ângulo da sua interpre-tação2. Integração2.1. Lacunas no direito constitucional3. Interpretação e integração: realidades lógicas distintas4. Aplicação4.1. Aplicação das normas constitucionais no tempo4.1.1. A nova Constituição e o direito constitucional anterior4.1.2. Direito constitucional novo e direito ordinário anterior4.2. Aplicação das normas constitucionais no espaçoCAPÍTULO IVCONSTITUIÇÕES ORGANICAS E IDEOLÓGICAS1. Normas programáticas1.1. A crise das normas programaticas2. Graus de determinabilidade das normas constitucionais3. O cotejo entre as normas-fins e os princípios4. Relação da norma programática com os seus destinatários5. Até que ponto é lícito a uma Constituição ser mais diretiva e menosorganizacional?TÍTULO IIIHISTÓRICO DAS CONSTITUIÇÕES BRASILEIRASCAPÍTULO ICONSTITUIÇÃO DE 18241. Antecedentes históricos2. Ideologia da Constituição Imperial3. Aspectos principais da Constituição de 18243.1. Divisão dos poderes políticos3.2. Semi-rigidez da Constituição Imperial
 
CAPÍTULO IICONSTITUIÇÃO DE 18911. Fatores determinantes2. O Decreto n. 1 e suas principais mudançasCAPÍTULO IIICONSTITUIÇÃO DE 19341. Pontos principais2. Constituição democrática e socialCAPÍTULO IVCONSTITUIÇÃO DE 19371. O golpe de 372. Inaplicabilidade da Constituição de 1937CAPÍTULO VCONSTITUIÇÃO DE 19461. Principais influências2. Aspectos fundamentaisCAPÍTULO VICONSTITUIÇÃO DE 19671. A Revolução de 19642. Os governos na vigência da Constituição de 19672.1. O governo Médici2.2. O governo Geisel2.3. O governo Figueiredo2.4. O governo SarneyCAPÍTULO VIICONSTITUIÇÃO DE 19881. Instalação e funcionamento da Assembléia Nacional Constituinte2. Histórico da ConstituintePARTE IIDIREITO CONSTITUCIONAL POSITIVOTÍTULO IDOS PRINCÍPIOS FUNDAMENTAISCAPÍTULO ÚNICOPRINCÍPIOS E OBJETIVOS DO BRASIL, NA ORDEMINTERNA E NA INTERNACIONAL1. Princípios constitucionais1.1. República1.2. Federação1.2.1. Histórico1.2.2. Princípio federativo1.2.3. Características da federação1.3. Estado Democrático de Direito2. Fundamentos da República Federativa do Brasil3. Tripartição dos poderes4. Objetivos fundamentais5. O Brasil na ordem internacional5.1. O Mercosul e a nova ordem mundialTÍTULO IIDOS DIREITOS E GARANTIAS FUNDAMENTAISCAPÍTULO IDOS DIREITOS INDIVIDUAIS CLÁSSICOS AOS MODERNOSDIREITOS SOCIAIS1. Liberdades públicas2. A Declaração Francesa3. A Declaração Americana4. Novas perspectivas dos direitos individuais5. Evolução dos direitos individuais6. Os direitos individuais sob a égide da Constituição de 19677. Situação atual dos direitos individuais8. A Declaração Universal dos Direitos do Homem8.1. Conteúdo da Declaração

You're Reading a Free Preview

Download
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->