Welcome to Scribd, the world's digital library. Read, publish, and share books and documents. See more
Download
Standard view
Full view
of .
Save to My Library
Look up keyword
Like this
1Activity
0 of .
Results for:
No results containing your search query
P. 1

Ratings: (0)|Views: 148 |Likes:
Published by PerolaNews

More info:

Published by: PerolaNews on Apr 19, 2011
Copyright:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

05/22/2011

pdf

text

original

 
5ª EDIÇÃOLADÁRIO-MS, 30 DE ABRIL DE 2009 R$ 1,00
www.perolanews.com.br 
DETRAN iniciou a construçãodo prédio próprio em Ladário
Página
02 
Vereador Baguá e o Eng. Eduardo na área de construção do DETRAN 
Deputado Estadual Maurício Picarelli-PMDB visita Ladário 
Página
06 
Deputado Maurício Picarelli entre o Vereador Pastor Iranil e sua esposa Nara 
Prefeito José Antônio, de Ladário,da continuidade a administraçãoMendes SampaioCampeonato Amador da Liga deEsportes de Ladário 2009
Prefeitos Ruiter e Assad no lançamento do "Plano de Ação" 
Página
05 
Partida realizada no dia 26 no Estádio Vicentão em Ladário 
Página
07 
EDITORIAL : Novos prefeitos e velhos vícios
Página
02 
ADURRA : Brincando com coisa séria
Página
03 
"Criança no Esporte, Cidadão no Futuro"
Página
07 
2º Circuito da Federação Desporto Aquáticos
Página
07 
Comunidade São José (festival de prémios)
Página
07 
Falar até papagaio fala, quero ver é escrever"
Página
05 
Grupo Onça Pintada atende Ladário
Página
07 
 
EXPEDIENTE 
02
LADÁRIO-MS, 30 DE ABRIL - 2009
www.perolanews.com.br 
Jornal Pérola do Pantanal NewsCNPJ:
10.500.362/0001-03
Contato:
67-32263226
E-mail:
jornalperola@ibest.com.br
Financeiro:
Douglas Assad Arruda
CORECON Nº. D 1030-MS
Editor Chefe Responsável:
Montero NettoMTB. Nº 32.814-SP
"O jornal não se responsabiliza por 
matérias assinadas ou de origens defnidas. Os originais, mesmoquando não publicados, fcarão noarquivo do jornal".
Editorial
Colunistas
Domingos Salvio de ArrudaGlaucia Assad Arruda
Novos prefeitos e velhos vícios
http://www.ocorreionews.com.br/Colunistas/Manoel-Afonso/2532.html 
5ª EDIÇÃO
Destaque
I
ngenuidade ou demagogia? Boa pergunta! Eu digo que é misto de ambas. O tempo passa, mudamos de século inclusive e os novos prefeitos deste imenso Brasil até pare- cem veteranos pelas suas declarações e atitudes. As notícias mostram que esse pessoal que está estreando nas prefeituras convive com grandes chances de repetir o comportamento incoerente tão criticado nas praças públicas. Aqui mesmo no Estado alguns exemplos já são conhecidos. A nova prefeita de Coxim ignora a lei e a ética arrumando uma cadeira especial para acomodar o irmãozinho querido nas tetas da “viúva”.
Em Ladário, quem deve se sair bem é a primeira dama, graças à caneta generosa de seu marido prefeito 
. Mas não ca aí: em 
muitos municípios já são criticadas as nomeações de pessoas tecnicamente incompetente, premiadas pelo companheirismo 
durante a campanha eleitoral. Quem não conhece a gura famosa
do “Aspone” nas prefeituras e câmaras? E o que falar do nível de 
muitos ocupantes dos cargos de conança? É de rir ou de chorar.
Impressiona a falta de memória destes novos governantes. Até se parecem com Fernando Henrique Cardoso quando lhe cobraram uma administração coerente com as idéias demonstradas em seus livros. E tem outro aspecto ignorado pela grande maioriados novos prefeitos: eles têm compromisso com toda apopulação e não apenas com seus eleitores. Um cidadão pode não comungar com suas idéias políticas, mas pagaseus impostos e tem direito aos benefícios como munícipe.Claro que todos os prefeitos acabam fazendo política naprefeitura. Mas o que não é concebível é adotar distinção rançosa entre os companheiros e adversários eleitorais. O dia a dia das comunidades interioranas mostra que essapratica ainda está longe de ser exterminada. No próximo século, talvez! Os novos prefeitos não vão redescobrir aAmérica e muito menos reinventar a roda. Entre o discurso e a pratica existem distância e obstáculos complicados.Promessas são acenos de esperança, estimulam criando expectativas. Mas é preciso ir com calma com o andor.Promover o desenvolvimento, acabar com o desemprego,dar saúde e ensino para todos pode parecer tarefa simples,mas não é. Impossível o prefeito estreante se libertar dovelhos vícios, porque ele estará quase sempre atrelado ou comprometido com gente experiente, que mesmo antes daposse já apresentou a “fatura”. E para viabilizar seu governo,terá de rever conceitos e talvez até vender sua alma ao diabo. Faz parte do jogo. Como se diz: é a política muda o homem e não ele que muda a política.
DETRAN iniciou a construção
do prédio próprio em Ladario
“Governo do Estado torna realidade à propositura do Vereador Baguá” 
O
 
Governador do Estado de MS, André Puccinelli (PMDB),determinou a construção do prédio do DETRAN emLadário. Todo o procedimento iniciou através de umapropositura feita pelo vereador Osvalmir Nunes da Silva (PDT),o Baguá, na legislatura passada. Entretanto, o parlamentar lada-rense não mediu esforços e pediu apoio ao ex-prefeito MendesSampaio (PDT) e ao Deputado Estadual Ary Rigo (PDT), quese aliaram a essa empreitada intercedendo junto aos órgãose autoridades competentes na época para que essa obra setornasse realidade para a população ladarense.A construção está sendo realizada em um terreno, em umaárea de 1.600 m
2 
doado pelo município conforme Lei n° 787/2006,aprovada em tramitação de regime de urgência e sancionadaem 24 de maio de 2006. A referida área está localizada na ruaCorumbá, em frente ao prédio da Prefeitura de Ladário. Apóssua conclusão o referido órgão terá mais espaço e uma maior comodidade aos munícipes, que hoje é atendido de forma pre-cária, devido ao pouco espaço existente.
“Fico feliz em ver a união de esforços para o bem comumse tornar uma realidade, pois quando do início desse processome reuni com os vereadores da legislatura passada e pedi quea tramitação da doação dessa área fosse feita em tramitação deregime especial, onde foi protocolada e feita à primeira votaçãono mesmo mesmo dia e em seguida foi marcada uma sessãoextraordinária para a segunda deliberação. Entretanto, oimportante era ter a documentação necessária para pleitear esse prédio para o município, dentro do tempo exíguo.Contudo, hoje vejo que todo esse esforço valeu apena” 
,destaca o vereador Baguá-PDT, presidente da CâmaraMunicipal de Ladário.
www.manoelafonso.com.br 
   F  o   t  o  :   J   P   P   N  e  w  s   F  o   t  o  :   J   P   P   N  e  w  s   F  o   t  o  :   J   P   P   N  e  w  s
 
03
www.perolanews.com.br 
Transparência e Cidadania
Coluna Pastor Iranil 
ADURRA
LADÁRIO-MS, 30 DE ABRIL - 20095ª EDIÇÃO
Disk - Entrega
Corumbá e Ladário
3231-5859
KORICHÃO
MATERIAIS DE CONSTRUÇÃO
FONE/FAX 3226-1798 
Rua Riachuelo, nº 1.302, bairro Boa Esperança, Ladário-MS 
Avenida Getúlio Vargas
O
 
inesquecível GetúlioVargas, ex-presidente daRepública do Brasil, élembrado até hoje pelos brasileiros.Em quase todos os municípios oestadista acabou virando nomede ruas e avenidas. Em Ladário a
avenida Getúlio Vargas ca no bairro
Santo Antônio. Porém, se estivessevivo Vargas teria vergonha de vir a Ladário e visitar a via que levaseu nome, já que o estado do localé crítico. O mato tomou conta dacalçada e da praça que circunda o“Cristo Redentor” e uma grande quantidade de lixo é jogadoem vários pontos da “avenida presidencial”. Os pedestres quetrafegam ali usando seu direito constitucional de “ir e vir”, temque andar pela rua dividindo espaço com veículos, colocandoem risco sua integridade física e correndo o risco de ser maisuma vítima de acidente de trânsito. Ora! Esperamos queos responsáveis pela limpeza pública da cidade façam suaobrigação no local e suas imediações. Cabe lembrar que casoisso não ocorra podem acabar ouvindo em coro a comunidadeclamando:
“EU ERA FELIZ E NÃO SABIA”
! O duro é que seisso começar, os ocupantes do Paço Municipal começam a dizer que é marcação, começam a fazer beicinho e coisas do tipo.Atitudes que mais cabem as crianças do ensino fundamentaldo que aos governantes!
Tempestade vermelha
U
m “staff” da política local me condenciou que tinhauma tempestade vermelha utuando no ar da Pérola do
Pantanal. O prefeito Ruiter Cunha de Oliveira (PT) pediua nomeação da companheira, ex-vereadora Evelyn Navarro.O fato só foi consumado no dia 13, cem dias de governo doprefeito José Antonio Assad e Faria (PT). Atendendo ao pedidodo prefeito de Corumbá, Assad nomeou Evelyn Navarro, paraassumir o cargo de Superintendente de Articulação de PolíticasPúblicas para Mulher. “Hummmmm entendi!” Esperamos quea mesma tenha êxito nessa nova empreitada. Conhecemos oseu trabalho, e sabemos que é uma
“CIDADÃ LADARENSE”
de garra, dinâmica, inteligente, competente e muito humana.Com o apoio necessário do gestor público, com certeza, irádesenvolver um bom trabalho na comunidade, mas para issoacontecer é necessário estrutura, isto é, “apoio”. ParabénsEvelyn!
Brava gente brasileira
F
alando em PT, observamos ausência dos históricosPetistas fazendo parte da administração pública lada-rense. Por onde andam esses briosos guerreiros? Issomesmo! Aqueles que sempre marcaram presenças nas grandesbatalhas, empunhando a bandeira petista, inclusive fazendoquestão de estampá-la em seus veículos automotores, e atéem bicicletas. Essa era a maneira orgulhosa e direta de dizer 
“EU SOU PT COM MUITO ORGULHO”
. Como perguntar nãoofende, lá vai: será que o Prefeitão irá lhes estender as mãos?
Éééééé... Que coisa “My Good”. Vamos aguardar mais um
desfecho do capítulo da novela de vida real “PT AdministraLadário”. Eta novela porreta!
Brincando com coisa séria
 N
o dia 2l de abril, recebemos uma denúncia que não tinha médico na Saúde Públicade Ladário. Fomos até o local para averiguar a situação “in loco” e, constatamos a
falta de prossionais para dar atendimento à comunidade. Naquele momento pes
-
soas ligadas à administração avisaram que “o médico só começaria a atender a partir das
19 horas”. Não bastasse essa pouca vergonha, naquele momento chegou um táxi com umasenhora a procura de médicos. A mesma estava com pressão alta, segundo o seu marido. Dito
pelo não dito, não conseguindo seu objetivo (Médico), o casal entrou no táxi e foi à procura
de socorro. Que descaso hein!
Brincando com coisa séria II
D
iante desse descalabro, cabem aqui alguns questionamentos dirigidos ao prefeito eseus secretários. O que é que esta acontecendo com a saúde pública de Ladário?Porque não tinha médico disponível no dia 21 de abril? Porque tanta reclamação defalta de médicos, remédios, exames, fatos que estão virando rotina? De quem é a respon-sabilidade? Já não está na hora de entender que com saúde não se brinca? Será que vamoster que ver famílias ladarenses chorando pela dor da perda de um ente querido, pela falta deatendimento? Quando é que a administração vai parar de fazer discurso e vai trabalhar pararesolver esses problemas? Até quando meu Deus do céu!
Plano de cargos e salários do magistério
 N
o dia 1º de maio é a data base para discutir os salários dos Professores, aqui emLadário. Os recursos provenientes do FUNDEB determinam que 60% devem ser usados para pagamento dos professores em docência. Agora que tal o Senhor Prefeitodo Município de Ladário, José Antonio Assad e Faria (PT), usar como paradigma a atitude doPrefeito dos Corumbaenses, Ruiter Cunha de Oliveira (PT), estabelecendo o novo piso dosalário para o Professor em R$ 1 mil por 20 horas/aulas? Que bom seria para o educador darede municipal de ensino ladarense, que veria o seu trabalho árduo ser compensado. Comcerteza os professores iriam gritar em coro “Viva Zé Antonio, IPI, IPI URRA”. Uns dizem queesse sonho é impossível. Não, não é. Professor! Basta pedir para o Conselho do FUNDEBmostrar a receita mensal atual, e calcular os 60% que é para pagar os salários dos professo-
res em efetivo exercício em sala de aula. Calculou? É isso mesmo, agora estamos falando a
mesma língua, vamos para a luta:
“NOVO PISO PARA O PROFESSOR LADARENSE JÁ!!!”
.
“Pacote moralizador”
A
cuado diante de uma série de escândalos envolvendo os deputados federais, o Presi-dente de a Câmara Federal, Michel Temer, decidiu se reunir com líderes partidáriose alguns integrantes da Mesa Diretora da Casa. O objetivo era discutir medidas paradebelar a crise ética, que se abateu sobre o Legislativo, e vender a idéia de que um "pacotemoralizador" estaria sendo adotado. O plano é colocar na internet todas as despesas compassagens; reforma administrativa, para tentar reduzir os gastos da Casa; restringir a emissãode passagens aéreas. A tendência é que os bilhetes só possam ser utilizados pelo deputado,e para viagens a trabalho. Aumentar o salário dos 513 integrantes da Casa de R$ 16,5 milpara R$ 24,5 mil, equiparando a cifra recebida pelos ministros do Supremo Tribunal Federal.Também seria mantida a verba indenizatória mensal de R$ 15 mil para cada deputado, com
a nalidade de serem para nos Estados. Entendi, hummmmmmm!
A MOEDA PERDIDA
T
odos nós já perdemos alguma coisa no decor- rer da vida. A Bíbliaregistra a parábola da mulher que perdeu uma das suas moedas de prata, tal moedafazia parte do seu dote e erausada para enfeitar o seu penteado; o que equivale hoje ao anel de noivado ou de casamento cravejado de bri- lhantes. A perda de um desses brilhantes causaria tristeza,constrangimento, preocupa- ção e ansiedade. A mulher sabia que ninguém haviaroubado a sua moeda, ela teriase soltado e caído dentro dasua própria casa. Com a luz de uma lamparina iluminou a casae varreu cuidadosamente cadalugar onde a moeda poderiaestar, até que avistou o brilho do metal ou ouviu o tilintar damoeda no chão duro. A mulher dessa parábola foi tomada de alegria quando encontrou asua moeda. Na vida perdemos muitas moedas: a moeda da
paz, da delidade, da com 
preensão, do diálogo, do amor,
do crescimento prossional e 
intelectual. Caro leitor ninguém roubou a tua moeda, ela se desprendeu e caiu e você não percebeu, olhe para dentro de você mesmo e com a ajudade Deus encontre a moeda
perdida, não que chorando 
a perda, inicie a busca e sejafeliz.
Professor!!! Lute pelos seusdireitos!!! 

You're Reading a Free Preview

Download
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->