Welcome to Scribd, the world's digital library. Read, publish, and share books and documents. See more
Download
Standard view
Full view
of .
Save to My Library
Look up keyword
Like this
5Activity
0 of .
Results for:
No results containing your search query
P. 1
As is Cinquenta Plantas-2

As is Cinquenta Plantas-2

Ratings: (0)|Views: 186 |Likes:
Published by Hornygoat

More info:

Published by: Hornygoat on Apr 21, 2011
Copyright:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as TXT, PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

03/28/2013

pdf

text

original

 
As sensacionais cinquenta plantas<11>Prefácio O professor Lobo Franco tem uma lida extensa dentro da medicina popular e com ostratamentos alternativos, sobre os quais dinamiza conhecimento, seja através dos seusbastante ouvidos programas de rádio e televisão, pelas palestras que faz no Brasil todo, ou aoministrar aulas.Conheci o seu primeiro volume destas plantas mágicas, muito bem ilustrado e que serviude fonte de consulta para muitos buscadores da ciência e arte milenar da fitoterapia.Agora em 5° edição, será complementado por este volume II, nas mesmas linhas doprimeiro, e que certamente também será sucesso.Temos mais cinqüenta plantas diferentes, mas não menos curativas que as precedentes.<12>O professor Lelington, fruto de sua busca por conhecer plantas e seu afã por trazê-las aocotidiano, presta um serviço exemplar de orientação didática àqueles que sabem que asplantas medicinais são complementos indispensáveis ao bom curador.Temos certeza que este livro ocupará lugar de destaque nas prateleiras e será manual dosque sabidamente se utilizam das ervas para auxiliar no minoramento das dores e males destesofrido mundo.Dr. Luiz Carlos Leme FrancoMédico e Professor de fitologia.<13>IntroduçãoHoje, a maioria da população mundial, orientada pela Organização Mundial de Saúde,órgão ligado à ONU (OMS/ ONU), está procurando nas diversas plantas medicinais, umcaminho que leve a conhecer da melhor maneira, a fitoterapia.As plantas medicinais apresentam princípios ativos diferenciados, eficientes para ajudar aevitar ou mesmo bloquear certas doenças degenerativas. Nós, pesquisadores da áreafitoquímica, estamos no rumo certo, procurando conhecer melhor as plantas, o solo,a épocacorreta do plantio, da colheita, isolando os princípios ativos e usando em diversasenfermidades, testando com aplicações em cobaias e aguardando com paciência o resultadoem seres humanos (no caso do câncer e diabetes, por exemplo), que muitas vezes nosdeixamanimados.A maioria das plantas medicinais curam doenças comuns do dia-a-dia. Porém, a maioriados usos, deve ser orientada por um fitologista (químico, biólogo, farmacêutico, médico), eacompanhado por um médico da área fitoquímica.<15>Neste segundo volume, você conhecerá plantas extraordinárias como kava-kava, a
 
equinácea, as algas como a chlorella e outras, que os ajudarão a melhorar a imunidade e asaúde.Prof. Lelington Lobo FrancoQuímico, fitologista, fitoperapeuta, especialista em medicina natural.Endereço do autor:Rua Des. Isaias Bevilaqua, 103
Ap 51
MercêsCEP. 80430-040
Curitiba
PRE-mail: iscina@iscina.com.br <17>AmoraNome científico: Morus nigraSinonímia: Maulbeerbanin, moral-negroFamília: MoraceaePartes usadas: Frutos, folhas, raízes e cascas.Características: É uma árvore de copa ampla, que atinge 5 a 20 metros de altura. Suasfolhas grossas e ásperas em forma de coração, constituem o alimento do bicho-da-seda.Asflores desabrocham em cachos e os frutos, ovalados e negros, são comestíveis e de saboragridoce.Habitat: É uma árvore originária do Oriente, perfeitamente aclimatada em nosso país, sendo bastante parecida com a amoreira branca (Morus alba), embora esta possua folhas maisdelicadas e seus frutos sejam brancorosados.Propriedades químicas: Contém grande quantidade de açúcar, sais, ácidos, peptona e goma.Propriedades terapêuticas: Suas folhas, raízes e cascas são laxativas, expectorantes,emolientes, calmantes e diuréticas. É antiinflamatória, anti-reumática, anti-séptica,adstringente, depurativa, gota, vermífuga, cicatrizante, purgativa.Indicações: tosses, prisão-de-ventre, pressão sangüínea alta, vermes, gota, diabetes,edade cabelos, artrite, obstipação intestinal, aftas, gengivite, infecções (faringe, laringe,amígdalas).<18>Modo de usar:Para infecções febris: suco diluído em água, tomar 1 copo diversas vezes ao dia.Para dores ósseas, em ligação com inflamações e diabetes (nesse caso acrescentar alhoecebola): chá por infusão - 1 xícara 3 a 5 vezes ao dia.Para antiinflamatório, diarréia, disenteria, tosse, gargarejos para dor de garganta: xarope.Para diabetes: fruto in natura.Para afecções renais e diuréticas: chá por infusão das flores frescas; tomar 3 a 5 vezes aodia, adoçado com mel.Para eliminar vermes e solitária: 30 a 50 gramas para 1 litro de água.Para ferimentos e úlceras: suco das folhas, passar 3 vezes ao dia, nos lugaresafetados.Para ação anti-diabética e anti-queda dos cabelos: Chá por infusão das folhas - 1 xíca, 4 a6 vezes ao dia.
 
<21>AveiaNome científico: Avena sativa L.Partes usadas: grãos, folhas, caules secos e palhas.Família: GramineaeCaracterísticas: plantas com até um metro de altura, colmos (caule das gramíneas)eretos,nodosos, folhas lineares e ásperas. Suas flores, dispõem-se em pequenas espigas, formandopanículas piramidais. Os frutos, com pericarpo esbranquiçado ou negro, são roliços e desaboradocicado. Existem 16 espécies de aveia diferentes. Dá num período de 4 meses.Habitat: originária do sul da Europa, se adapta a quase todos os climas. No Brasil, o cultivoé mais favorável na região sul. É cultivada no mundo todo devido à sua importânciaeconômica. É o terceiro cereal mais cultivado do mundo, sendo primeiro o trigo, e segundo omilho.Propriedades químicas: amido, glicídios, proteínas, lipídios, lecitina, vitamina A,E, B 1, B2, B 3 e B 5, ácidos pantotênico, enzimas, minerais: enxofre, cobre, zinco, iodo, ferro, cálcio,fósforo, potássio, magnésio, e manganês, contém também albumina, açúcares, gomas,alcalóide trigomeline, pectina, ácido silícico e linóico, avenamina, substâncias hidrogenadas,aminoácidos, alcalóides: trigolina, histamina, ergothioneína, hordenina.Propriedades terapêuticas: antidepressiva (reconstituinte do sistema nervoso) éindicadopara casos de esgotamento físico e mental, anti-stress, diurética, antidiabética, redutora docolesterol, indicada nos casos de desnutrição, gota, hemorróidas, artrite, nevralgias, avitaminoses, arterioclerose, ansiedade, diarréia, afecções do sistema urinário e hepático,males da pele, dispepsias e insônia.<22>Indicações: em geral, se destina à alimentação humana, e chega pré-cozida ao consumido sem a película que a reveste, e sob a forma de farinha ou flocos, o que permite oseu preparoinstantâneo.Implica num processamento industrial em que, quase nada se perde, ao contráriodo arrozbranco, por exemplo, que deixa nas máquinas de beneficiamento, as suas vitaminas e minerais. A industrialização da aveia não lhe tira os germes, fato raro entre os grãos.Possui propriedades reconstituintes tanto da pele, como do sistema nervoso (além deestimulá-lo), é indicada para casos de nervosismo e de esgotamento físico e mental. É anti-hemorróica, diurética e emoliente. Atua também na formação óssea e sangüínea, estimula aenergia física e psíquica, bem como a capacidade de concentração. Atua como preventiva noscasos de arteriosclerose, devido à sua gordura (ácido linóico) poliinsaturada, não aumentandoo colesterol no sangue. É reguladora dos intestinos, suas fibras auxiliam na digestão, agemsobre a diarréia e infecções nas mucosas intestinais eliminando as toxinas, inclusivesubstâncias cancerígenas presentes no intestino.

You're Reading a Free Preview

Download
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->