Welcome to Scribd, the world's digital library. Read, publish, and share books and documents. See more
Download
Standard view
Full view
of .
Save to My Library
Look up keyword
Like this
41Activity
0 of .
Results for:
No results containing your search query
P. 1
Histologia resumo

Histologia resumo

Ratings:

4.0

(1)
|Views: 7,669 |Likes:
Published by Ton Andrade

More info:

Published by: Ton Andrade on Apr 29, 2011
Copyright:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

09/19/2013

pdf

text

original

 
NÚCLEO DE APRENDIZAGEM BIOLOGIA - 43
 
HISTOLOGIA ANIMAL
Histologia é a parte da Biologia que estuda os tecidos.
Tecidos são agrupa-mentos de células semelhantes e/ou que possuem função semelhante, tomadasem conjunto com a substância intercelular 
. Animais possuem quatro tipos detecidos: epitelial, conjuntivo, muscular e nervoso.
TECIDO EPITELIAL
Os epitélios originam-se embriologicamente de qualquer folheto embrionário,respeitando-se a origem do órgão em questão. Exemplificando, o epitélioencontrado na pele é de origem ectodérmica, o epitélio que reveste o estômagoé endodérmico e o epitélio dos túbulos renais origina-se do mesoderma.Basicamente, os tecidos epiteliais possuem duas funções:
revestimento
e
produção de secreção
. Da função de revestimento podem derivar outrasfunções como proteção (pele), absorção de substâncias (intestino delgado) ouprodução de gametas (epitélio germinativo).Os tecidos epiteliais têm três características básicas:
 
Apresentam células de formato geométrico (poliédricas);
 
As células são justapostas com pouco material intercelular;
 
Não possuem irrigação sanguínea própria (avascularizados).
LBLPCE
 CE = célula epitelial, LB = lâmina basal, LP = lâmina própriaAlém dessas características observamos que um tecido epitelial sempre encon-tra-se sobre uma
lâmina basal
(glicoproteica) e uma
lâmina própria
(deconjuntivo frouxo). A lâmina própria, por possuir vasos sanguíneos, tem afunção de nutrir as células epiteliais por difusão.
TECIDO EPITELIAL DE REVESTIMENTO
Os epitélios de revestimento classificam-se, em princípio, a partir de doiscritérios: número de camadas celulares e formato das células.De acordo com o número de camadas celulares o epitélio pode ser 
simples
 (uma camada celular, com todas as células tocando a lâmina basal) ou
estratificado
(mais de uma camada celular).Conforme o formato das células temos as
pavimentosas
,
cúbicas
e
prismáticas
(cilíndricas ou colunares).A classificação dos epitélios pode referir-se a outras estruturas como
cílios
,
microvilosidades
(borda estriada),
células caliciformes
(produtoras de muco)ou
queratina
.
TECIDOS EPITELIAIS DE REVESTIMENTO SIMPLES
PAVIMENTOSO- vasos sanguíneos (endotélio), alvéolospulmonares, membranas serosas(mesotélio): pleura, pericárdio eperitônioCÚBICO- superfície do ovário, túbulos renais,ductos de glândulas...PRISMÁTICO- estômago- intestino:
com borda estriada e célulascaliciformes
 - tuba uterina:
com cílios e células calicifor-mes
 - traquéia, brônquios e fossas nasais:
pseudoestratificado, ciliado, com célulascaliciformes
 
TECIDOS EPITELIAIS DE REVESTIMENTO ESTRATIFICADOS
PAVIMENTOSO- NÃO-QUERATINIZADOfaringe, boca, esôfago, vagina- QUERATINIZADOpele (epiderme)
LBLPCE
 
PRISMÁTICO: conjuntiva ocular DE TRANSIÇÃO- bexiga e início das vias urinárias- as células deste tecido mudam deforma. Ficam globosas quando abexiga está vazia. Tornam-se finas edistendidas quando a bexiga estácheia de urina.
TECIDO EPITELIAL GLANDULAR
Os epitélios glandulares (ou glândulas) são responsáveis pela produção desubstâncias úteis ao organismo (secreções). De acordo com o destino dassecreções temos dois tipos fundamentais de tecidos glandulares:
exócrino
e
endócrino
.
 
ExócrinaEndócrinaCordonalEndócrinaFolicularepitelialCapilaresDuctoSuperfície
 
 
Glândulas Exócrinas
: Lançam as secreções numa superfície interna ouexterna do corpo através de um ducto. Suas porções secretoras podem ser chamadas de adenômeros. Exemplos: Glândulas sudoríparas, sebáceas,mamárias, lacrimais, salivares, etc...
Classificação:
 
De acordo com a forma do adenômero ou porção secretora:- Acinosa (ou alveolar): adenômero arredondado.- Tubulosa: adenômero alongado.- Tubulo-acinosa: adenômeros dos dois tipos.
 
De acordo com a ramificação do ducto:- Simples: o ducto não se ramifica.- Composta: o ducto ramifica.
simplestubulosasimplesacinosasimplestubulosaenoveladacompostacompostatubulosatubulo-acinosa
 
 
NÚCLEO DE APRENDIZAGEM BIOLOGIA - 44
 
 
De acordo com o modo de eliminar a secreção:-
Merócrina
: elimina apenas o conteúdo do grão-de-secreção.Ex. glândula salivar -
Apócrina
: elimina o ápice da célula junto com a secreção.Ex. glândula mamária-
Holócrina
: ocorre ruptura da célula e eliminação de todo o material.Ex.: glândula sebácea
 
De acordo com a natureza da secreção:- Serosa: secreção fluida, rica em água e proteínas.- Mucosa: secreção viscosa, rica em glicoproteínas.
 
Glândulas Endócrinas
: Lançam as secreções (
hormônios
) no interior devasos sanguíneos. Não possuem ducto.
Classificação:
 
Glândula endócrina vesicular ou folicular 
: a porção secretora tem aforma de uma vesícula ou folículo. Apenas a Tireóide.
 
Glândula endócrina cordonal
: a porção secretora é formada por cordões celulares. Hipófise, paratireóides e supra-renais.
 
As
células intersticiais dos testículos
(células de Leydig) sãoconsideradas como um outro tipo de tecido glandular endócrino, o de
células esparsas
. Essas células, localizadas entre os túbulosseminíferos, produzem testosterona.
 
Glândulas mistas ou anfícrinas:
possuem tecido endócrino e exócrino. Oexemplo mais importante é o pâncreas que apresenta os
ácinospancreáticos
(produtores de suco pancreático - secreção exócrina) e as
ilhotas pancreáticas
ou
ilhotas de Langerhans
(produtoras de insulina eglucagon - secreção endócrina). Os testículos e ovários também podem ser considerados glândulas anfícrinas pois produzem hormônios sexuais eoutros tipos de secreções que são eliminadas junto com os gametas.
TECIDO CONJUNTIVO
Também chamado de tecido conectivo, tem origem exclusivamente no meso-derma embrionário ou mesênquima (conjuntivo do embrião). Possui diversasfunções como de
preenchimento
,
sustentação
, armazenamento desubstâncias (tecido adiposo), defesa (apresenta células de defesa) e transporte(sangue). Caracteriza-se por possuir uma
variedade de células
,
muitasubstância intercelular 
e ser 
vascularizado
.
ESTUDO DA SUBSTÂNCIA INTERCELULAR
O conjuntivo apresenta uma substância intercelular abundante. Este material éformado basicamente de
uma Substância Fundamental Amorfa
(SFA) e
fibras proteicas
.A SFA é constituída de água, íons, pequenas moléculas e alguns polissacarí-deos como o ácido hialurônico e polissacarídeos sulfatados como condroitin-sulfato, dermatan-sulfato e outros. Os polissacarídeos conferem umaconsistência viscosa à SFA.As fibras proteicas agrupam-se em três tipos fundamentais, conforme o quadro:
Colágenas
Conhecidas como "fibras brancas do conjuntivo", são espessas ebastante resistentes a trações. São encontradas com abundânciana
derme
e nos
tendões
.
Elásticas
Conhecidas como "fibras amarelas do conjuntivo", são dotadasde grande elasticidade, distendendo-se quando tracionadas evoltando ao normal após a tração. São encontradasprincipalmente no
pulmão
e na
origem das grandes artérias
.
Reticulares
São as fibras mais delicadas. Apresentam-se bastanteramificadas e, na verdade, são formadas por um tipo especial decolágeno. Formam uma malha em torno de algumas células,mantendo-as em posições definidas no interior de alguns órgãos,como os
rins
e o
fígado
.
CÉLULAS TÍPICAS DO TECIDO CONJUNTIVO
CÉLULA MESENQUIMAL INDIFERENCIADA
: É uma célula rica emprolongamentos. Possui características embrionárias e
pode sofrer diferenciação originando as demais células conjuntivas
.
FIBROBLASTO
: Também apresenta muitos prolongamentos. Seu citoplasmapossui retículo rugoso e Complexo de Golgi muito desenvolvidos, evidenciandosua função de síntese de substâncias. É o principal responsável pela
produçãodo material intercelular 
(SFA e fibras). Quando torna-se maduro (fibrócito)perde a maioria dos prolongamentos e diminui a capacidade de síntese,podendo recuperá-la nos processos de cicatrização.
MACRÓFAGO
: Origina-se dos monócitos do sangue que passam para oconjuntivo por 
diapedese
. Possui grande capacidade de
fagocitose
edestruição de micróbios invasores. Seu citoplasma é rico em lisossomos.
PLASMÓCITO
: Também é de origem sanguínea (derivado do linfócito B). Oplasmócito participa da defesa de forma diferente do macrófago. É suaresponsabilidade a
produção de anticorpos
. Seu núcleo apresenta a forma deuma "roda-de-carroça" devido a disposição da heterocromatina.
MASTÓCITO
: Célula ovalada que possui o citoplasma repleto de numerososgrânulos contendo substâncias que interferem no
 
processo inflamatório
.Reações inflamatórias ocorrem quando o organismo sofre uma agressão comouma picada de abelha, nos ataques de asma ou ainda nas regiões em torno deferimentos. A
histamina
(substância
vasodilatadora
e
broncoconstritora
) éresponsável pelas principais características do processo inflamatório (rubor,calor, tumor e dor) e também pelos quadros mais complicados queacompanham o choque anafilático (broncoconstrição com dificuldaderespiratória, como nos ataques de asma). A
heparina
, também liberada noprocesso inflamatório, tem função anticoagulante, impedindo o sangue decoagular no local da inflamação. Mastócitos também liberam outras substânciascomo a
bradicinina
, responsável pela dor no local da inflamação.
ADIPÓCITO
: Responsável pelo
armazenamento de gordura
que se dispõeem uma grande gota central. Os adipócitos podem distender-se muito devido aoacúmulo de gordura.
TECIDO CONJUNTIVO PROPRIAMENTE DITO (TCPD)
O TCPD é o
conjuntivo onde não ocorre predomínio de nenhum componente(células ou material intercelular) ou onde predominam as fibras colágenas
. Noprimeiro caso temos o TCPD frouxo. Caso predominem as fibras colágenastemos o TCPD denso.
O TCPD frouxo é o componente da lâmina própria.TCPD froux
. Observe a existência de todos os tipos celulares (
ibroblasto,
acró
ago,
lasmócito,
astócito e
A
dipócito) e os componentes fibrosos.
As numerosas fibras colágenas do TCPD podem estar dispostas de formaparalela (TCPD denso ordenado), como o encontrado nos tendões. As fibrascolágenas também podem se dispor em todas as direções (como o encontradona derme), sendo o TCPD chamado de não-ordenado.
TCPD DENSO NÃO-ORDENADO TCPD DENSO ORDENADO
 
NÚCLEO DE APRENDIZAGEM BIOLOGIA - 45
 
TECIDOS CONJUNTIVOS DE PROPRIEDADES ESPECIAIS
Tecido Mucoso
: Apresenta um predomínio absoluto de SFA. É encontrado nocordão umbilical e na polpa dentária em formação.
Tecido Elástico
: Predominam fibras elásticas. Presente em órgãos de grandevariação de volume (pulmão e o início das grandes artérias: aorta e pulmonar).
Tecido Adiposo
: Rico em adipócitos. Apresenta-se principalmente na camadainferior da pele (hipoderme) onde pode ser chamado de panículo adiposo ou telasubcutânea.
Tecido Hematopoiético
: É o tecido formador de células do sangue. Apresenta-se em duas formas fundamentais.
 
Tecido Mielóide
: No interior dos ossos formando a
medula ósseavermelha
e a
medula óssea amarela
.
Produz todos os tipos de células dosangue
. A medula óssea vermelha é mais ativa em produção de células. Àmedida que o indivíduo vai envelhecendo, ocorre deposição de tecidoadiposo, formando a medula óssea amarela que tem pouca atividadehematopoiética. Nos ossos longos dos adultos, a medula óssea vermelha éencontrada apenas nas epífises ósseas e a medula óssea amarela, nadiáfise. As clavículas, o esterno e os ossos do quadril apresentam medulaóssea vermelha durante toda a vida do indivíduo.
epífiseepífise
diáfise
discoepifisáriodiscoepifisário
 
 
Tecido Linfóide
: Encontrado em órgãos linfóides (linfonodos, baço, timo,apêndice, amígdalas, etc). Está relacionado principalmente com a produçãode alguns tipos de glóbulos brancos (linfócitos e monócitos).
SANGUE
Trata-se de um tecido de características muito especiais onde existem diversostipos celulares (hemácias, glóbulos brancos e plaquetas) e uma substânciaintercelular denominada plasma.
O volume total de sangue de uma pessoacorresponde a 8% de seu peso corporal
.
PLASMA:
O plasma é formado por uma grande quantidade de água onde seencontram dissolvidos íons, glicose, aminoácidos, vitaminas, hormônios e umasérie de proteínas importantes (enzimas, anticorpos e substâncias queparticipam da coagulação como o
fibrinogênio
). Constitui cerca de 55% dovolume de sangue de um indivíduo normal.
ELEMENTOS FIGURADOS:
Correspondem às células presentes no sangue,ou seja, hemácias, glóbulos brancos e plaquetas.
 
Hemácias
(Glóbulos Vermelhos ou Eritrócitos):
Estão relacionadasespecialmente com o transporte de gases respiratórios (oxigênio e gáscarbônico).
São células numerosas no sangue humano (4.500.000/ mm
3
namulher e 5.000.000/ mm
3
no homem). Pessoas que moram em locais muitoacima do nível do mar apresentam uma quantidade maior de hemácias paracompensar a menor concentração de oxigênio no ar. São
anucleadas
nosmamíferos e apresentam uma forma de
disco bicôncavo
. Em seu interior não é encontrado nenhum tipo de organela, apenas uma grande quantidadede
hemoglobina
- pigmento responsável pelo transporte de oxigênio e quecontém
ferro
em sua estrutura. São produzidas na medula óssea peloeritroblasto, que após produzir muita hemoglobina perde o núcleo e asorganelas. Vivem cerca de 120 dias. Hemácias velhas são destruídas pelobaço no processo de
hemocaterese.
 Hemácias aomicroscópioeletrônico devarredura.Observe aforma de discobicôncavo.
 
Glóbulos Brancos
(Leucócitos): São células relacionadas com a defesa doorganismo. São muito menos numerosos do que as hemácias (cerca de8.000/ mm
3
). Classificam-se de acordo com a presença ou ausência de grãosno citoplasma em
granulócitos
e
agranulócitos
, respectivamente.
LEUCÓCITOS GRANULÓCITOSNeutrófilo
: É o mais abundante no sangue humano (cercade 65%). Apresenta, quando maduro, o núcleo dividido emvários lóbulos. Exerce grande atividade de defesa pela
fagocitose
quando migra para o conjuntivo. Nas mulheres évisível a cromatina sexual (corpúsculo de Barr).
Eosinófilo
: Cerca de 3% dos glóbulos brancos
. Participa ati-vamente nos processos alérgicos
onde fagocita oscomplexos Ag-Ac. Seu número pode se elevar muito emdoenças que têm componente alérgico como a rinite e al-gumas verminoses. Também chamado de acidófilo.
Basófilo
: O mais raro de todos (0 a 0,5%). Tem funçãopouco conhecida. Suspeita-se que ele participe
de processosinflamatórios (hipersensibilidade imediata ou choque anafilá-tico)
uma vez que contém grânulos de histamina e heparina.
LEUCÓCITOS AGRANULÓCITOSLinfócito
: O agranulócito mais comum (cerca de 25% dototal de leucócitos). Existem dois tipos: o
B
que origina oplasmócito (
defesa humoral
) e o
T
que produz linfocinas(
defesa celular 
).
Monócito
: Constitui cerca de 10% dos leucócitos. Temgrande atividade de defesa fagocitária. Dá origem aomacrófago. Também origina outras células fagocitárias emoutros tecidos (como os osteoclastos do tecido ósseo emicrogliócitos do tecido nervoso).
 
Plaquetas
(trombócitos): Participam do processo de
coagulação do sangue
.
São encontradas numa quantidade em torno de 200.000/mm
3
. Originam-sena medula óssea a partir da fragmentação de células denominadas
megacariócitos
. Não possuem núcleo e apresentam algumas organelascomo retículo endoplasmático, mitocôndrias e vesículas contendo umasubstância denominada tromboplastina (tromboquinase), essencial para acoagulação do sangue. A sequência de eventos que ocorrem na coagulaçãodo sangue está esquematizada a seguir. A formação da rede de fibrinaestanca a hemorragia por reter as células sanguíneas.
Plaqueta
Tromboplastinaíons Ca
++
Protrombina
Trombina
Fibrinogênio
Rede de Fibrina
 
A coagulação do sangue depende de 13 fatores. A falta dos fatores VIII ou IXprovoca a
hemofilia
caracterizada pela incapacidade de formar a rede defibrina. A protrombina é formada no fígado por ação da vitamina K.
TECIDOS CONJUNTIVOS DE SUSTENTAÇÃO
TECIDO CARTILAGINOSO
: O tecido cartilaginoso é um conjuntivo
avascularizado
que se encontra envolvido por uma camada de TCPD densodenominada
pericôndrio
. Próximo ao pericôndrio estão os
condroblastos
,células muito ativas na produção da
matriz intercelular 
. A matriz é formadaprincipalmente por ácido hialurônico e fibras colágenas. Em algumas cartilagens(na orelha, por exemplo) existe abundância de fibras elásticas. Enquanto vãoproduzindo a matriz os condroblastos vão sendo envolvidos por ela. Logo estãodistantes do pericôndrio e passam a ser denominados
condrócitos
. Oscondrócitos ainda possuem capacidade de síntese. Os condrócitos ficamrestritos a lacunas do tecido cartilaginoso (condroplastos) onde se reproduzemoriginando os ninhos de condrócitos ou grupos isógenos.
 
PericôndrioNinho de condrócitosCondroblastos
 

Activity (41)

You've already reviewed this. Edit your review.
Keite Lorrana Rodrigues added this note
keite
1 hundred reads
1 thousand reads
Caroline Alencar liked this
Matheus Barbieri liked this
LopesMax liked this

You're Reading a Free Preview

Download
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->