Welcome to Scribd, the world's digital library. Read, publish, and share books and documents. See more
Download
Standard view
Full view
of .
Save to My Library
Look up keyword
Like this
26Activity
0 of .
Results for:
No results containing your search query
P. 1
Resumo 4 - Filosofia Medieval

Resumo 4 - Filosofia Medieval

Ratings: (0)|Views: 21,438|Likes:
Published by Mayara Ferreira

More info:

Categories:Types, Research, Law
Published by: Mayara Ferreira on Apr 30, 2011
Copyright:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as DOCX, PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

08/12/2013

pdf

text

original

 
Monitoria de Filosofia Geral e do Direito
*FILOSOFIA MEDIEVAL*
 A Idade Média compreende o período que vai da queda do ImpérioRomano, no século V até a tomada de Constantinopla pelos turcos no século XV.Nessa época a Igreja Católica surge como força espiritual e política. A culturaera dominada pela igreja, a igreja monopolizava a cultura medieval. A Idade Média foi dividida em ALTA e BAIXA, e a Filosofia foi divididaem
PATRÍSTICA 
e
ESCOLÁSTICA 
. A grande questão discutida pelos intelectuais da Idade Média era:
FÉ X RAZÃOFILOSOFIA X TEOLOGIA 
Nessa época predominava uma concepção negativa sobre o Estado. Havendo,portanto, duas instâncias de poder:
ESTADO
: secular, temporal, voltado para as necessidades mundanas e suaatuação se caracterizava pelo exercício da força física.
IGREJA 
: natureza espiritual, voltada para a salvação da alma e deveencaminhar o rebanho para a religião por meio da educação e da persuasão.Nesse período houve muitos conflitos entre reis e papas.
*APOLOGETAS*
 Antes da divisão da Filosofia Medieval em Patrística e Escolásticaexistiram os
 APOLOGETAS
, primeiros cristãos que defendiam o cristianismoquando ele ainda era proibido, eles escreviam defesas ao Imperador tentandoconvencê-lo que o cristianismo era uma religião legítima e que não poderia serperseguida.O cristianismo começou a se expandir pela Grécia e os primeiros Apologetas eram gregos. A principal contribuição dos Apologetas foi
CRISTIANIZAR OPENSAMENTO GREGO
.O mais famoso dos Apologetas foi
TERTULIANO,
segundo ele, a
IdadeMédia
estava para a
, bem como, a
Grécia
estava para a
razão
. E
e
razão
são
opostas,
contudo, ele era contra a cristianização do pensamentogrego, pois o grego usa a razão demasiadamente.Segundo ele, a religião era manipuladora, a fé pode ser instrumento dedominação quando é colocada contra a razão.
“CREIO PORQUE É ABSURDO.”
Monitoria de Filosofia – Mayara FerreiraPágina 1
 
Monitoria de Filosofia Geral e do Direito
Depois dos Apologetas a igreja começou a se consolidar.
ETAPAS DO CRISTIANISMO:
*PATRÍSTICA*
Pensamento dos primeiros padres e consolidação da doutrina. Houvetambém o esforço de combater os pagãos e combate às heresias. Há a aliançaentre fé e razão, a qual se estende por toda Idade Média: razão é auxilias da fé ea ela se subordina.
O PRINCIPAL REPRESENTANTE DA PATRÍSTICA FOI SANTO AGOSTINHO.
#SANTO AGOSTINHO
Santo Agostinho era africano, filho de um casamento misturado, pai judeu e mãe cristã, teve uma juventude conturbada, quando jovem foimaniqueísta (havia um lado bom e um lado ruim para tudo, era uma heresia),teve um filho chamado Adeodato (dado para Deus) que morreu aos 19 anos, emseguida teve um encontro com Deus e converte-se.Depois de convertido ao cristianismo, Agostinho combateu as heresias etornou-se bispo em Hipona, cidade do norte da África, e em seguida Santo.Suas principais obras foram: A principal contribuição de Santo Agostinho foi
CRISTIANIZAR OPENSAMENTO DE PLATÃO. Agostinho retoma a dicotomia platônica:
Mundo sensível e mundo das ideias (mito da caverna), porém substitui o mundodas ideias pelo mundo das ideias divinas. Esta é a interpretação teológica domito da caverna.
Teoria da Iluminação
Recebemos de Deus o conhecimento das verdades eternas: tal como o Sol, Deusilumina a razão e torna possível o pensar correto.
Ética de Agostinho
 Ame e faça o que quiser. Porém, tem que amar a Deus. Quando o homem ama,ele está mais perto de Deus, O amor é o que o homem tem de mais parecido comDeus.
Monitoria de Filosofia – Mayara FerreiraPágina 2
 
Monitoria de Filosofia Geral e do Direito
*ESCOLÁSTICA*
Na Escolástica era diferente da Patrística porque a igreja já estava maisque consolidada. A preocupação dos escolásticos era lapidar o pensamentomedieval, recapitular a doutrina. Pensamento das primeiras universidades.Consolidaram a doutrina cristã que já estava construída. Seu representante foiSão Tomás de Aquino.O pensamento aristotélico era visto com desconfiança, ainda mais porqueos árabes traduziram a obra de Aristóteles e teriam feito interpretaçõesperigosas para a fé, os textos de Aristóteles foram, portanto, proibidos pelaigreja nas Universidades, mas mesmo assim eram utilizados. A partir do século XIII, São Tomás de Aquino utiliza traduções de Aristóteles feitas diretamente do grego e faz a síntese mais fecunda daEscolástica, conhecida como filosofia aristotélico-tomista. São Tomás de Aquinopassa a escrever suas obras adotando a lógica aristotélica do silogismo.Em São Tomás de Aquino, fé e razão se complementam. A principal contribuição de São Tomás de Aquino para a Filosofia Medieval foi
CRISTIANIZAR O PENSAMENTO DE ARISTÓTELES.
*FINAL DE IDADE MÉDIA*
#FRANCISCANOS INGLESES
Tiveram muitas dificuldades por questões financeiras. Pregavam pobrezatotal. Foram precursores do empirismo inglês (a Inglaterra tornou-se o centrodo empirismo). Tiveram preocupação com o pensamento natural, osFranciscanos começaram a desenvolver o estudo do conhecimento com anatureza. Alta ligação com a natureza. Muitos Franciscanos foram perseguidospelo Vaticano.Seu principal representante foi
GUILHERME DE OCKHAM
. Quedesenvolveu um método chamado de
Navalha de Ockham
– se há duasteorias para explicar um fenômeno, a mais simples é a verdadeira.Ockham foi o precursor da separação de religião e ciência.
#MÍSTICOS MEDIEVAIS
 Para os Místicos Medievais é possível o contato direto com Deus, comisso a igreja se sente ameaçada. A Mística foi mais forte na Alemanha, e depois culminou na ReformaProtestante e a causa de ter sido muito forte na Alemanha foi a criação daimprensa. Outra manifestação da Mística foi na Espanha, mas não deu muitocerto.
Monitoria de Filosofia – Mayara FerreiraPágina 3

Activity (26)

You've already reviewed this. Edit your review.
1 hundred reads
1 thousand reads
jvelten liked this
Eduardo Santos liked this
Edyellija Silva liked this
Diana Gomes liked this

You're Reading a Free Preview

Download
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->