Welcome to Scribd, the world's digital library. Read, publish, and share books and documents. See more
Download
Standard view
Full view
of .
Save to My Library
Look up keyword
Like this
29Activity
0 of .
Results for:
No results containing your search query
P. 1
Gases Ideais

Gases Ideais

Ratings: (0)|Views: 2,903 |Likes:
Published by Guilherme Altéia

More info:

Categories:Types, Research
Published by: Guilherme Altéia on May 03, 2011
Copyright:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

06/26/2013

pdf

text

original

 
1
GÁS IDEALGás ideal
ou
perfeito
é um gás cujas moléculas são representadas por pequenas esferas (sem volumepróprio), onde o volume ocupado pelo gás corres
ponde aos “vazios” entre estas moléculas. Outra característica
do gás ideal é a inexistência de forças entre suas moléculas.Um gás real tem um comportamento que se aproxima do modelo ideal, quando rarefeito (poucas moléculaspor unidade de volume) em altas temperaturas.
EQUAÇÃO DE CLAPEYRON (EQUAÇÃO DE ESTADO DE UM GÁS IDEAL)
 A pressão
, o volume
e a temperatura absoluta
(
Kelvin 
) de uma dada massa gasosa, contendo
molsdo gás, estão relacionados pela equação.
P.V = n.R.T
Onde:
é a constante universal dos gases perfeitos (independe do gás).O valor de
depende apenas das unidades usadas nas medidas de
P e 
 
.p(atm) P(N/m
2
)V (I)
V(m
3
)
 T (K) T(K)n =
Mm
 m: massa molecular [g]M: massa molar [g/mol]Um gás está em condições normais de temperatura e pressão quando:Temperatura: 0ºC = 273KPressão 1atm = 10
5
N/m
2
Na CNTP, um mol de gás ocupa um volume de 22,4
.
 
EXERCÍCIOS RESOLVIDOS
01. Temos 3,0 mols lacrados num recipiente cujo volume de 4,1 l e a temperatura de 127
o
C. Qual é a pressãoexercida pelo gás perfeito nas paredes do recipiente?
Resolução
 
São dados: n = 3,0 mols, V = 4,1 l,
= 127
o
C (
Atenção: 
no estudo de gases, devemos utilizar atemperatura absoluta (
Kelvin 
))T =
+ 273
T = 127 + 273
T = 400 Kportanto, substituindo os dados na equação de Clapeyron, temosP.V = n.R.T
p.4,1 = 3,0.0,082.400
p.4,1 = 98,4
p =
1,44,98
 
 
p = 24 atm
K.moll.atm082,0=R K.molJ31,8=R
CNTP
 
EQUAÇÃO DE CLAPEYRON
 
2
02. Certa massa de um gás ocupa o volume de 49,2 litros sob pressão de 3 atmosferas e temperatura de 27
o
C.
    
K.moll.atm082,0R
. Determine:a) o número de mols
do gás;b) a massa do gás, sendo a molécula-grama M = 28 g;c) o volume de um mol (volume molar) desse gás nas condições de pressão e temperatura consideradas.
Resolução
 
a) Na equação de Clapeyron p.V = n.R.T são dados,p = 3 atmV = 49,2 l
K.moll.atm082,0=R
 T = 27 + 273 = 300 K
Portanto:
a) p.V = n.R.T
3.49,2 = n.0,082.300
n =
6,246,147
 
 
n = 6 mols
b) O número de mols pode ser expresso por n = m/M. Assim, m = n.M, onde n = 6 mols e M = 28 g. Então,m = 6.28
 
m = 168 g
 c) Na equação de Clapeyron,p.V = n.R.T
3.V = 1.0,082.300
 
36,24V
 
 
V = 8,2 lLeitura do Livro Recomendado: pg 234, 239, 240 e 241.Exercícios de aprendizagem: Pg. 241 (ex. 100; 101; 103 e 105),Exercícios complementares: Pg. 241 (ex. 102 e 104),Pg. 242 (ex. 106; 107 e 108).
 
3
LEI GERAL DOS GASES PERFEITOS
A equação P.V = n.R.T pode ser escrita na forma
 RnP
..
 Portanto, para uma dada massa gasosa (
n = constante
), e como R também é constante, concluímos que
(P.V/T) = constante
. Assim, se a massa gasosa passar de um estado (1), caracterizado por P
1
, V
1
e T
1
, paraoutro estado (2) definido por P
2
, V
2
e T
2
, podemos relacionar estes dois estados pela equação:
222111
PP
 Quando há mistura de dois (ou mais) gases, sem que haja reação química entre eles, a lei geral dosgases perfeitos pode ser generalizada na forma:n = n
A
+ n
B
+
...
 
...
 B B B A A A
PPPV 
 
TRANSFORMAÇÕES GASOSAS
Um gás sofre uma transformação de estado quando se modificam ao menos duas das variáveis deestado (P, V e T). Vamos estudar as transformações em que variam duas delas, mantendo-se a outra constante.
 
TRANSFORMAÇÃO ISOCÓRICA (ISOMÉTRICA, ISOVOLUMÉTRICA)
 
VOLUME CONSTANTE
Na lei geral dos gases perfeitos
222111
PP
, sendo o volume constante (V
1
= V
2
), a expressão anterior sereduz a:
2211
PP
 
 
TRANSFORMAÇÃO ISOBÁRICA
PRESSÃO CONSTANTE
Na lei geral dos gases perfeitos
222111
PP
, sendo a pressão constante (P
1
= P
2
), a expressão anterior sereduz a:
2211
TVTV
 
 
TRANSFORMAÇÃO ISOTÉRMICA
TEMPERATURA CONSTANTE
Na lei geral dos gases perfeitos
222111
PP
, sendo a temperatura constante (T
1
= T
2
), a expressão anteriorse reduz a:
2211
PP
 
LEI GERAL DOS GASES PERFEITOS

Activity (29)

You've already reviewed this. Edit your review.
1 hundred reads
1 thousand reads
vaskit liked this
Isabela Andrade liked this
fagrodrigues8950 liked this
jerusaf liked this
Filipe Lorenzon liked this

You're Reading a Free Preview

Download
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->