Welcome to Scribd, the world's digital library. Read, publish, and share books and documents. See more
Download
Standard view
Full view
of .
Save to My Library
Look up keyword
Like this
12Activity
0 of .
Results for:
No results containing your search query
P. 1
técnicas básicas de microbiologia

técnicas básicas de microbiologia

Ratings: (0)|Views: 1,458 |Likes:
Published by Mari

More info:

Published by: Mari on May 04, 2011
Copyright:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as DOC, PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

12/17/2012

pdf

text

original

 
1. Título
Técnicas básicas de Microbiologia Prática
2. Introdução
De todos os organismos vivos, os microrganismos são os mais versáteis e diversificados em suasexigências nutricionais. Alguns podem crescer com algumas poucas substâncias inorgânicascomo sua única exigência nutricional, enquanto outros assemelham-se aos organismos superioresna sua necessidade de compostos orgânicos complexos. A água, também, é extremamenteimportante para os microrganismos, porque a maioria deles pode absorver nutrientes somentequando as substâncias químicas estão dissolvidas nela. Estas exigências químicas, aliadas àcondições físicas adequadas (pH, pressão osmótica, grau de umidade, temperatura, atmosferagasosa, dentre outras) devem ser fornecidas pelo meio onde o organismo se encontra, permitindoassim o seu desenvolvimento.O cultivo de microrganismos requer meio de cultura apropriados. Os meios são preparações denutrientes utilizados com a finalidade decultivar emanter microrganismos viáveis no laboratório. Esses meios devem fornecer os princípios nutritivos indispensáveis ao seu crescimento. Asexigências nutritivas estão relacionadas a uma fonte de carbono, de nitrogênio, de energia e desais minerais. Alguns microrganismos também necessitam de fatores de crescimento que sãosubstâncias que eles não podem sintetizar, tais como vitaminas, aminoácidos, etc.Os meios de cultura podem ser quimicamente definidos, nos quais se conhece a composiçãoexata e assim, pode-se saber se determinado constituinte é essencial para o crescimento de certomicrorganismo; pode ser complexo, utilizado mais comumente em laboratório, esses meios têmfunção de simular, até mesmo melhorar o ambiente natural dos microrganismos que estão sendoestudados (geralmente, incluem extratos de carne, peptonas, extrato de levedura, sangue, soro,leite, extrato de solo e fluido de rúmen de bovino); ou podem ser ainda de cultura de células invitro, nos quais culturas de células animais e de plantas desenvolvidas são utilizadas para cultivar vírus in vitro, uma vez que sua replicação ocorre somente dentro de células hospedeiras vivas.
Departamento Acadêmico de Química
Curso Técnico Integrado
Disciplina: Microbiologia Industrial
Relatório de Aulas Práticas
Alunos:
Maria Luiza Andrade AquinoMariana Gabriela de Oliveira
 
Ruslam Romaine Eleutério
Subturma:
T3
Professora:
Fernanda Badotti
 
 
Os meios de cultura podem ser classificados quanto ao estado que se encontram:- Meio líquido: no qual os nutrientes estão dissolvidos em uma solução aquosa;- Meio semi-sólido: apresenta em sua composão nutrientes e ágar em uma pequenaporcentagem.- Meio sólido: apresenta em sua composição nutrientes e cerca de 15 g de Agar/1000 mL de águadestilada.O ágar é um polissacarídeo complexo extraído de uma alga marinha. Ele apresenta muitaspropriedades que o tornam um agente solidificante ideal: funde-se em torno do ponto de ebuliçãoda água (100 ºC), formando uma solução transparente, e então permanece no estado líquido atéem torno de 40 ºC. Como a maioria dos microrganismos não são mortos a 45 ºC, eles podem ser adicionados a um meio contendo ágar liquefeito antes que o meio seja solidificado em tubos ouplacas de Petri. O meio contendo ágar, após se solidificar e resfriar, permanece solidificado atemperaturas de incubação e pode ser inoculado com microrganismos.Existem centenas de meios diferentes disponíveis:- Meio de enriquecimento: aquele que permite o crescimento de microrganismos exigentes quenecessitam de fatores de crescimento, mas não inibem o crescimento de outrso.- Meio seletivo: aquele que permite o crescimento de um tipo particular de microrganismo e/ousuprimem o crescimento de outro.- Meio de manutenção: aquele que oferece a manutenção adequada da viabilidade e dascaracterísticas fisiológicas de uma cultura.- Meio diferencial: possui substâncias que evidenciam uma característica que permite separar umgrupo ou uma espécie de microrganismo.Quando se prepara meios de cultura é necessário atentar para seu tempo de uso, pois não sepode deixar uma solução não estéril por mais de uma hora, devido à possibilidade de evaporaçãoda água e do crescimento microbiano; não podem também ser mantidas em altas temperaturasantes de serem esterilizadas, uma vez que haverá degradação de vários reagentes do meio.
3. Objetivos
Dominar as técnicas apresentadas e compreender sua importância.
 
4. Materiais necessários
4.1 Reagentes:
Água;
Ágar nutriente;
Caldo Lactosado.
4.2 Materiais
Placa de Petri;
Tubos de ensaio com tampa (de rosca e de algodão hidrofóbico);
Tubo de Durham;
Erlenmeyer.
4.3 Equipamentos
Alça de Drigalsky;
Alça de platina;
Barbante;
Papel Kraft;
Suporte para tubo de ensaio;
Papel alumínio;
Fita de autoclave;
Ponteira de plástico;
Fita crepe;
Autoclave;
Bico de Bunsen;
Capela de fluxo laminar;
Balança analítica;
Contador de colônia;

Activity (12)

You've already reviewed this. Edit your review.
1 hundred reads
1 thousand reads
evaldovadinho liked this
Rute Silva liked this
Bárbara Rios liked this
Elissa Delaqua liked this

You're Reading a Free Preview

Download
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->