Welcome to Scribd, the world's digital library. Read, publish, and share books and documents. See more
Download
Standard view
Full view
of .
Save to My Library
Look up keyword
Like this
12Activity
0 of .
Results for:
No results containing your search query
P. 1
Moraes, Vinicius de (O caminho para a distância) [Livro]

Moraes, Vinicius de (O caminho para a distância) [Livro]

Ratings:

4.4

(5)
|Views: 7,865 |Likes:
Published by anon-68620

More info:

Published by: anon-68620 on Sep 04, 2008
Copyright:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as DOC, PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

07/17/2013

pdf

text

original

 
Vinicius de MoraesO caminho para a distância
1
 
Místico
O ar está cheio de murmúrios misteriososE na névoa clara das coisas há um vago sentido de espiritualização… Tudo está cheio de ruídos sonolentosQue vêm do céu, que vêm do chãoE que esmagam o infinito do meu desespero.Através do tenuíssimo de névoa que o céu cobreEu sinto a luz desesperadamenteBater no fosco da bruma que a suspende.As grandes nuvens brancas e paradas – Suspensas e paradasComo aves solícitas de luz – Ritmam interiormente o movimento da luz:Dão ao lago do céuA beleza plácida dos grandes blocos de gelo.No olhar aberto que eu ponho nas coisas do altoHá todo um amor à divindade.No coração aberto que eu tenho para as coisas do altoHá todo um amor ao mundo.No espírito que eu tenho embebido das coisas do altoHá toda uma compreensão.Almas que povoais o caminho de luzQue, longas, passeais nas noites lindasQue andais suspensas a caminhar no sentido da luzO que buscais, almas irmãs da minha?Por que vos arrastais dentro da noite murmurosaCom os vossos braços longos em atitude de êxtase?Vedes alguma coisaQue esta luz que me ofusca esconde à minha visão?Sentis alguma coisaQue eu não sinta talvez?Por que as vossas mãos de nuvem e névoaSe espalmam na suprema adoração?É o castigo, talvez?Eu já de há muito tempo vos espioNa vossa estranha caminhada.Como quisera estar entre o vosso cortejoPara viver entre vós a minha vida humana... Talvez, unido a vós, solto por entre vósEu pudesse quebrar os grilhões que vos prendem...Sou bem melhor que vós, almas acorrentadasPorque eu também estou acorrentadoE nem vos passa, talvez, a idéia do auxílio.
2
 
Eu estou acorrentado à noite murmurosaE não me libertais...Sou bem melhor que vós, almas cheias de humildade.Solta ao mundo, a minha alma jamais irá viver convosco.Eu sei que ela já tem o seu lugarBem junto ao trono da divindadePara a verdadeira adoração. Tem o lugar dos escolhidosDos que sofreram, dos que viveram e dos que compreenderam.
Rio de Janeiro, 1933 
O terceiro filho
Em busca dos irmãos que tinham idoEu parti com pouco ouro e muita bênçãoSob o olhar dos pais aflitos.Eu encontrei os meus irmãosQue a ira do Senhor transformou em pedraMas ainda não encontrei o velho mendigoQue ficava na encruzilhada do bom e do mau caminhoE que se parecia com Jesus de Nazaré...
Rio de Janeiro, 1933 
O único caminho
No tempo em que o Espírito habitava a terraE em que os homens sentiam na carne a beleza da arteEu ainda não tinha aparecido.Naquele tempo as pombas brincavam com as criançasE os homens morriam na guerra cobertos de sangue.Naquele tempo as mulheres davam de dia o trabalho da palha e da lãE davam de noite, ao homem cansado, a volúpia amorosa do corpo.Eu ainda não tinha aparecido.No tempo que vinham mudando os seres e as coisasChegavam também os primeiros gritos da vinda do homem novo
3

Activity (12)

You've already reviewed this. Edit your review.
1 hundred reads
1 thousand reads
Raquel liked this
Ynis Thaciane liked this
Raynara Yusk liked this
Raynara Yusk liked this
Lirane Novais liked this

You're Reading a Free Preview

Download
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->