Welcome to Scribd, the world's digital library. Read, publish, and share books and documents. See more
Download
Standard view
Full view
of .
Save to My Library
Look up keyword
Like this
7Activity
0 of .
Results for:
No results containing your search query
P. 1
IMPLEMENTAÇÃO DA LEI DE TERRAS EM MOÇAMBIQUE

IMPLEMENTAÇÃO DA LEI DE TERRAS EM MOÇAMBIQUE

Ratings: (0)|Views: 703 |Likes:
Published by Haje Pedreiro

More info:

Published by: Haje Pedreiro on May 09, 2011
Copyright:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

08/12/2013

pdf

text

original

 
 
UNIVERSIDADE EDUARDO MONDLANEFACULDADE DE DIREITO
 “IMPLICAÇÕES JURIDICAS DO DEBATE SOBRE A IMPLEMENTAÇÃO DALEGISLAÇÃO DE TERRAS” 
Mestre Eduardo CHIZIANE Assistente Universitário FD-UEMeduardochiziane@uem.mz eduardochiziane@hotmail.com
Maputo, Outubro 2007
 
 
2
 “IMPLICAÇÕES JURIDICAS DO DEBATE SOBRE A IMPLEMENTAÇÃO DALEGISLAÇÃO DE TERRAS” 
1
 
PLANO
 
INTRODUÇÃOPARTE I: UM BREVE OLHAR DOS 10 ANOS DE IMPLEMENTAÇÃO DALEGISLAÇÃO SOBRE TERRAS.
 A.
 
O significado da locução “Legislação sobre terras” B.
 
Objectivos e princípios fundamentais da Politica Nacional de Terras (PNT)C.
 
Os sucessos alcançados durante os 10 anos de implementação daLegislação sobre terrasD.
 
Os principais constrangimentos jurídicos na implementação daLegislação sobre terras
PARTE II: IMPLICAÇÕES JURIDICAS DAS PROPOSTAS E POSIÇÕES AVANÇADAS NO DEBATE SOBRE A LEGISLAÇÃO DE TERRAS. UMANOVA POLITICA OU ALTERAÇÕES LIGEIRAS?
 A.
 
Soluções jurídicas ou extra-jurídicas que não impliquem nem alteraçãopontual, nem uma revisão da Legislação sobre terras. Melhorar aimplementação da legislação.B.
 
Situações que implicam a elaboração de pontuais alterações sobre alegislação sobre terrasC.
 
Será necessário uma reforma profunda sobre a legislação de terras?
CONCLUSÃO
1
Comunicação apresentada na Conferência Comemorativa dos 10 anos da Lei de Terras, 17-19de Outubro de 2007, em Maputo. Esta conferência foi co-organizada pelo Centro de FormaçãoJurídica e Judiciária, Cruzeiro do Sul, União Nacional dos Camponeses, ORAM e pela Faculdadede Direito da Universidade Eduardo MONDLANE.
 
 
 
3
INTRODUÇÃO
O programa da conferência comemorativa dos 10 anos da Lei de Terrasprévia a realização de uma síntese sobre os aspectos jurídicos decorrentes dodebate. Coube-me a grande honra de realizar a referida tarefa. É nestecontexto, que o titulo da nossa sintese é “
implicações jurídicas do debatesobre a implementação da legislação de terras” 
. Emprestando o primeiroprocedimento estabelecido pelo método de ensino e aprendizagem “ProblemBasic Leaning” 
2
, dominante na UCM, impôs se nos a clarificação dos termoschaves do titulo, que não sejam claros ou bem conhecidos. Incluiremos ostermos afins ligados ao titulo. A palavra “implicações”, merece uma clarificação. Trata-se segundo odicionário de língua portuguesa “ter como consequência” 
3
. A opção pelalocução “legislação sobre terras” tem haver com o facto da nossa síntese olharpara os diferentes diplomas legais ligados a Terra e não se reduzir apenas a Leide Terras de 1997.Os termos processo, politica e reforma merecem alguma clarificação,pois estam intimamente ligados ao tema da nossa síntese.Segundo o Dicionário de Lingua Portuguesa Processo
4
corrensponde “aoacto de processar, maneira de operar, de agir, método, sistema, seguimento,decurso, acção judicial”. Segundo o Dicionário jurídico processo
5
“em sentidolatíssimo é uma sequência de fenómenos que se dirige a certo resultado ousentido especial técnico é a sequência de actos destinados à justa composiçãode um litígio mediante a intervenção de um órgão imparcial de autoridade, o
2
Vide UCM “Problem Based Learning – Aprendizagem Baseada em Problemas”, Beira, 2007, p.7.
 
3
Vide Universal “Dicionário de Língua Portuguesa”, Moçambique Editora, Maputo, 2005, p. 850
 
4
Vide Universal “Dicionário de Língua Portuguesa”, Moçambique Editora, Maputo, 2005, p.1212.
 
5
Vide Franco, J; e Martins H. “Dicionário de conceitos e princípios jurídicos”, Almedina.Coimbra, p. 698.
 

You're Reading a Free Preview

Download
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->