Welcome to Scribd, the world's digital library. Read, publish, and share books and documents. See more
Download
Standard view
Full view
of .
Look up keyword
Like this
17Activity
0 of .
Results for:
No results containing your search query
P. 1
O QUE E VISUAL BASIC

O QUE E VISUAL BASIC

Ratings:

4.5

(4)
|Views: 2,175 |Likes:
Published by Elisa Gomes
Resumo sobre o que é a linguagem Visual Basic.
Resumo sobre o que é a linguagem Visual Basic.

More info:

Published by: Elisa Gomes on Sep 05, 2008
Copyright:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

01/14/2013

pdf

text

original

 
 
Faculdades Integradas de JacarepaguáAluna: Elisa Gomes de Oliveira de MoraisMatrícula: 940365-1Tecnologia em Processamento de Dados (6° período)Linguagem de Programação 2 (VB)Professor: Maurício Reis
O que é Visual Basic?
O
Visual Basic
é uma linguagem de programação produzida pela empresaMicrosoft,e éparte integrante do pacoteMicrosoft Visual Studio.Sua versão mais recente faz parte do pacoteVisual Studio.NET,voltada paraaplicações.Net. Sua versão anterior fez parte do Microsoft Visual Studio 6.0, ainda muito utilizado atualmente.Antes do Visual Basic, todas as linguagens de programação eram parecidas do ponto de vistaconceitual. Havia diferenças de sintaxe, é claro, bem como diferenças importantes de paradigmas.Entretanto, a metodologia da programação em C, por exemplo, era a mesma da programação emPascal, Cobol ou Fortran.Um aperfeiçoamento doBASIC,a linguagem é dirigida por eventos (event driven), e possuitambém um ambiente de desenvolvimento integrado (IDE - Integrated Development Environment)totalmente gráfico, facilitando enormemente a construção da interface das aplicações(GUI -Graphical User Interface
 
), daí o nome "Visual". Em suas primeiras versões, o Visual Basic nãopermitia acesso abancos de dados,sendo, portanto voltado apenas para iniciantes, mas devido aosucesso entre as empresas - que faziam uso de componentes adicionais fabricados por terceiros paraacesso a dados - a linguagem logo adotou tecnologias comoDAO, RDO,eADO,também da Microsoft, permitindo fácil acesso abases de dados.Mais tarde foi adicionada também apossibilidade de criação de controlesActiveX,e, com a chegada do Visual Studio .NET, o VisualBasic se tornou uma linguagem totalmente orientada a objetos.O Visual Basic introduziu uma estratégia radicalmente nova de programação. O fato é que,com o passar do tempo, escrever programas passou a ser cada vez mais difícil especialmenteprogramas que exigem interface gráfica. Entretanto, alguns programadores perceberam que muitascoisas que eram difíceis de ser feitas, como construir janelas, menus ou botões, podiam ser feitassempre da mesma forma. Estes programadores, que já tinham o hábito de colecionar sub-rotinas deutilização geral, passaram a encapsular algumas destas rotinas em uma espécie de "objeto" prontopara ser usado. A idéia final, que deu origem ao Visual Basic, foi a percepção de que vários destesobjetos podiam simplesmente ser desenhados na tela como se desenha um retângulo ou outra figuraqualquer.O Visual Basic surgiu no começo da década de 90 e deu início a uma profusão de linguagensvisuais, tais como Delphi, Visual C, Visual Fox Pro, etc. Entretanto, devido a estar mais tempo nomercado, o Visual Basic apresenta certas vantagens sobre os concorrentes. De fato, o VB (comochamaremos esta linguagem daqui para frente) é o pacote de programação que apresenta o maior
 
 
Faculdades Integradas de JacarepaguáAluna: Elisa Gomes de Oliveira de MoraisMatrícula: 940365-1Tecnologia em Processamento de Dados (6° período)Linguagem de Programação 2 (VB)Professor: Maurício Reis
número de controles no mercado, os quais o programador pode adquirir, muitas vezes sem ônus(como é o caso dos controles à disposição na Internet ou daqueles que vêem com alguns livros deprogramação). É claro que a linguagem por traz do VB é o Basic, mas esta linguagem nada tem a vercom aquele velho Basic interpretado dos primeiros computadores pessoais. Nos últimos anos o Basicse sofisticou e se transformou em uma linguagem estruturada que nada fica a dever ao Pascal, porexemplo. Ainda assim, trata-se de uma linguagem de alto nível e não de uma linguagem "quebradorade bits", como o C.Existem várias linguagens derivadas, entre as quais:VBScripté a linguagem default (por definição) paraActive Server Pagese pode ser usada no scripting (programação) deWindowse de páginas daInternet.  Visual Basic .NETé a nova versão do Visual Basic, que é parte integrante da plataformaMicrosoft .NET.Essa versão não é totalmente compatível com as versões anteriores, masexiste a possibilidade de converter códigos antigos, que após uma revisão podem ser usadosno Visual Basic. NET. Para fins de comparação, essa linguagem usa o paradigma deOrientação a Objetoe você encontrará muita semelhança com oJava.  Visual Basic for Applications(VBA) permite a criação demacros,e está integrado em todos os produtos da família de produtosMicrosoft Office,e também em outros produtos deterceiros tais comoVisio(agora pertencente à Microsoft) eWordPerfect Office 2002.  A principal característica de programas DOS é que a interface é construída em torno do código. Édifícil separar o código de geração de menus, construção de botões, etc. do código que realmenteexecuta as ações. Por exemplo, se você quisesse escrever um programa para seleção de itens demenus com o mouse, os seguintes passos seriam necessários:1.
 
Exibir o texto do menu, provavelmente com o auxílio de algum arquivo-texto;2.
 
Consultar o drive do mouse para verificar se ocorreu algum clique;3.
 
Se sim, ir para o passo 4. Se não, voltar ao passo 2;4.
 
Obter, com auxílio do drive do mouse, as coordenadas da tela onde ocorreu o clique;5.
 
Verificar se algum item do menu coincide com as coordenadas onde ocorreu o clique;6.
 
Se não, voltar para o passo 2. Se sim, executar o trecho de código associado com o item demenu.
 
 
Faculdades Integradas de JacarepaguáAluna: Elisa Gomes de Oliveira de MoraisMatrícula: 940365-1Tecnologia em Processamento de Dados (6° período)Linguagem de Programação 2 (VB)Professor: Maurício Reis
Assim, a manipulação de eventos em DOS é linear e opera apenas um evento de cada vez. Alémdisso, coisas mais complicadas de se fazer, como menus flutuantes (pop-up), exigem a manipulaçãode interrupções do processador, que devem ser feitas em Assembler. Outra dificuldade é que aseqüência de execução do programa é determinada pelo programador e não pelo usuário.O Visual Basic, por outro lado, é um pacote de ferramentas de programação concebido paraprogramação em Windows. Os objetos são desenhados na tela de forma visual, com auxílio domouse, e não por meio de programação. A programação, por outro lado, é orientada a eventos. Ocoração dos recursos de detecção de eventos do Windows é a sua arquitetura de mensagens. Quandoum evento ocorre, tal como uma tecla pressionada ou um clique de mouse, uma mensagem é enviadapara a fila de mensagens do Windows. A mensagem estará disponível para todos os aplicativos queestiverem rodando, mas apenas aquele interessado no evento responderá à mensagem. Tudo que ousuário precisa fazer é detectar o evento e mandar que um trecho de código seja executado quandoisto acontecer. O VB torna esta tarefa fantasticamente fácil, como veremos.Do que foi visto, fica claro que o VB não é somente uma linguagem de programação no sentidoconvencional, mas sim um
pacote de programação
que inclui:Uma linguagem de programação estruturada, baseada no Quick Basic;Um conjunto de ferramentas de programação;Uma interface com o API (Applications Program Interface) do Windows.É verdade que existem algumas coisas que o VB não pode fazer sozinho. Contudo, um programa
em VB pode acessar diretamente os recursos do API. Além disso, é possível escrever DLL’s em
outras linguagens, tais como C ou Pascal, de modo a agilizar a execução de trechos de código quesejam muito pesados para o Basic original.
Sintaxe Modificada
A partir de 2003 a sintaxe do Visual Basic mudou em vários aspectos, apesar de ter o mesmopadrão, em vários objetos métodos e funções como, por exemplo, a maneira de acesso a arquivosficou voltada as linguagens recentes da Microsoft como ASP, ASP.NET.

Activity (17)

You've already reviewed this. Edit your review.
1 hundred reads
1 thousand reads
Victor Marta liked this
Andre Vaz liked this
Jever Dias liked this
Jever Dias liked this
Jever Dias liked this
Sandra Duarte liked this
Sandra Duarte liked this

You're Reading a Free Preview

Download
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->