Welcome to Scribd, the world's digital library. Read, publish, and share books and documents. See more ➡
Download
Standard view
Full view
of .
Add note
Save to My Library
Sync to mobile
Look up keyword
Like this
88Activity
×
0 of .
Results for:
No results containing your search query
P. 1
TESTOSTERONA

TESTOSTERONA

Ratings:

3.0

(2)
|Views: 167,820|Likes:
Published by Rafael Pestano

More info:

Published by: Rafael Pestano on Sep 05, 2008
Copyright:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as PDF, DOC, TXT or read online from Scribd
See More
See less

04/05/2013

pdf

text

original

 
Testosterona
Testosterona é um/a hormônio/hormona esteróide produzido, nos indivíduos do sexomasculino, pelos testículos (os quais também produzem espermatozóides e uma série deoutros hormônios que controlam o desenvolvimento normal e funcionamento), nosindivíduos do sexo feminino, pelos ovários, e, em pequena quantidade em ambos, também pelas glândulas supra-renais. Vale ressaltar que a síntese da testosterona é estimulada pelaação do LH (hormônio luteinizante), que por sua vez é produzido pela pituitária anterior (adenohipófise ou simplesmente hipófise).A testosterona é responsável pelo desenvolvimento e manutenção das característicasmasculinas normais, sendo também importante para a função sexual normal e odesempenho sexual. Apesar de ser encontrada em ambos os sexos, em média, o organismode um adulto do sexo masculino produz cerca de vinte a trinta vezes mais a quantidade detestosterona que o organismo de um adulto do sexo feminino, tendo assim um papeldeterminante na diferenciação dos sexos na espécie humana.Para que serve a testosterona ? Ela simplesmente faz você ficar maior, com menos gordura,mais inteligente, mais energético e é a base dos esteroides anabolizantes. Que tal maximizar a sua produção natural de testosterona ?O hormônio testosterona é o pai da construção muscular, porque promove a síntese protéica. Independente do objetivo do seu treino, se é ficar maior, mais explosivo, maismagro ou forte, a testosterona é o esteroide que pode fazer um mundo de diferença nos seusresultados. Com um pouco de testosterona você não chega a lugar nenhum, e comexcesso(esteroides) pode acabar tendo sofrendo de graves efeitos colaterais.O corpo humano odeia qualquer tipo de excesso, principalmente de Testosterona. Mas sevocê maximizar a produção do mesmo naturalmente, você pode perceber um aumento demassa muscular e queima de gordura considerável em um curto período de tempo.Conquistar biceps gigantes e supinar com cargas monstruosas não é a única função dotestosterona. Quando os níveis de testo estão altos, você pode presenciar um aumento noapetite sexual(libido), na energia e ainda se proteger contra a osteoporose. O cérebro amatestosterona também: funções como memória e atenção aumentam consideravelmente.E obviamente quando os níveis deste hormônio estão baixos, você vai sentir um declíniogrande em várias funções do corpo. Não preciso fazer muito esforço para convencer vocêda importância da maximização da produção da testosterona não é mesmo ?Segue abaixo, cinco dicas para maximizar este poderoso hormônio:1. Treine com exercícios compostosA alteração mais simples que você pode fazer ao seu treinamento para aumentar atestosterona é dar preferência a exercícios compostos, como supino reto, agachamento livree levantamento terra. Exercícios compostos recrutam muito mais músculos para realizar somente um movimento, isto leva a um aumento considerável no estresse metabólico: a
 
fórmula perfeita para liberar mais testosterona.Você não precisa fazer uma série inteira somente com exercícios compostos, mascertifique-se de que em todos os grupos musculares os exercícios compostos estão presentes.Pesquisas feitas por vários cientistas mostraram que movimentos compostos são maisefetivos na liberação de testosterona comparados com exercícios isolados. Quando vocêexecuta exercícios isoladores por exemplo, é recomendado que faça somente depois de ter feito um exercício composto. Com a liberação de testosterona devido aos exercícioscompostos, você pode ter ganhos superiores com os isoladores.Resumo: Sempre comece o treino com um exercício composto, somente depois vá para osisoladores.2. Treine com volume! Não adianta fazer exercícios compostos se você não utilizar volume. Você precisa de umaquantidade de séries suficiente para maximizar a produção de testosterona sem queimar massa muscular.Resumo: Faça de 4 a 5 séries com até 6 repetições em exercícios compostos como: supino,agachamento livre e terra.3. Treine com Alta Intensidade Nós já discutimos quais exercícios são bons e a necessidade de volume no treino, mas nãose esqueça que você tem que suar a camisa, ficar batendo papo e fazer social dentro daacademia pode prejudicar seriamente os seus ganhos. Se o seu treino tiver uma intensidade baixa, o mesmo vai ser para a liberação de testosterona. Respeite a relação entre volume eintensidade. Isto não é uma recomendação para você buscar a falha em toda série(HIT),mantenha o volume e tente descansar o mínimo possível entre as séries.4. Consumir obrigatóriamente um shake pós-treino com carboidratos e proteínas. Nada melhor do que um shake com carboidratos de alto índice glicêmico(dextrose) comuma proteína de rápida absorção(whey) para cortar a ação dos hormônios catabólicos(quequebram o tecido muscular e usam como fonte de energia, ocasionando perda de massa) eativar os hormônios anabólicos.5. Consuma ColesterolTestosterona é um derivado do colesterol. E o corpo não produz naturalmente, ou seja, vocêtem que ingerir. Ninguém está dizendo para você fazer a dieta do palhaço(McDonalds) e virar umhipertenso. Uma dieta típica carnívora já contem a quantidade necessária de colesterol para promover a produção natural de testosterona. Não tire a carne vermelha e ovos inteiros dasua dieta, “não exagere e não evite”. Como falamos no início do artigo, o corpo odeiaqualquer tipo de excesso.
 
Palavras FinasFique ligado aos sintomas de baixo nível de testosterona tais como: libido baixa, problemasde atenção, falta de energia, perda de massa muscular e facilidade para acumular gordura.Vá ao médico e peça um exame de sangue para checar o seu testosterona total. Otestosterona de um adulto deve estar pelo menos em 800ng/dL.A testosterona é um hormônio produzido naturalmente pelo nosso organismo e é o principalhormônio ligado ao ganho de massa muscular e a diminuição da gordura corporal.Ela ainda estimula o metabolismo que faz com que o corpo use a gordura acumulada comofonte de energia. De forma contrária, a deficiência desse hormônio está associado à perdade massa muscular, perda de força, acúmulo de gordura corporal, sintomas de cansaço,indisposição e perda do desejo sexual.A quantidade de testosterona no corpo é um fator limitante para o ganho de massa muscular  porque não é possível ganhar mais músculos se os níveis de testosterona não estãoequilibrados. A testosterona apesar de ser um “hormônio masculino” é encontrado tanto emhomens como em mulheres, ainda que a quantidade de testosterona no corpo das mulheresseja muito menor.Em homens o comportamento sexual é muito dependente da testosterona. Estudos indicamque ela é a responsável pelo aumento no desejo sexual. Foi descrito que o aumento dosníveis de testosterona nos homens heterossexuais fez com que o seu interesse pelo sexooposto aumentasse, e o aumento dos níveis de testosterona para homossexuais intensificouo seu desejo homossexual - ela não converteu um homossexual em um heterossexual, comose acreditou no início.Homens que perderam seu interesse sexual e a capacidade de ter ereção reverteram essequadro com tratamentos de reposição de testosterona e voltaram a ter desejo sexual.A testosterona é um hormônio produzido naturalmente pelo nosso organismo e um dos principais hormônios ligado ao ganho de massa muscular e a diminuição da gorduracorporal.Estudos mostram que níveis ideais de testosterona na corrente sanguínea levam a umaumento na velocidade de ganho de massa muscular através do aumento da síntese de proteínas.A testosterona é ainda a responsável pelas variações no desejo sexual. Estudos mostraramainda que homens que perderam seu interesse sexual e a capacidade de ter ereçãoreverteram esse quadro com o equilíbrio nos níveis de testosterona.A testosterona, apesar de ser um “hormônio masculino”, é encontrado tanto em homenscomo em mulheres, ainda que a quantidade de testosterona no corpo das mulheres sejamuito menor.A testosterona também tem se mostrado um importante aliado das mulheres que sofrem defalta de desejo sexual associado à menopausa.

Activity (88)

You've already reviewed this. Edit your review.
1 hundred reads
1 thousand reads
1 hundred thousand reads
shaianigil liked this
Gra Ciela liked this
Raissa Cruvinel liked this
Fabiana Oliveira liked this

You're Reading a Free Preview

Download
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->